A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe

Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020 | of 2021 | of 2022

Contribuir para a-infos

A VISÃO de A-INFOS

SUBSCREVA!
Notícias em português

OU


Descubra as Opções OPTIONS
um serviço de notícias multilingue de, para e sobre anarquistas **

Propusemo-nos
ser os escribas do povo.
Do outro lado da história
a história começou.
E terá novos autores....
Esperneia!
Também nós esperneamos


Descubra as Opções disponíveis.
Há diversas listas por idiomas, listas de diferentes projetos e várias formas de entrega.
Dê uma olhada a Mailman a central automática de e-mail de A-Infos...

Na luta por uma sociedade livre, distribuímos notícias e artigos em várias linguas, cobrindo uma vasta área temática.
Que vai desde as lutas laborais, ambientais e anti-imperialistas até ao combate ao racismo, sexismo e homofobia. .

lots of work to do

A-INFOS-ORG

As listas de A-Infos são autogeridas democraticamente por um coletivo organizado internacionalmente. Saiba como participar. Incentivamos especialmente as mulheres, pessoas de lingua não-inglesa e aqueles que vivem fora da Europa e da América do Norte. Veja a lista das nossas atuais diretrizes.

A VISÃO de A-INFOS

O projecto A-Infos é coordenado por um colectivo internacional de activistas revolucionários, anti-autoritários, anti-capitalistas, envolvidos na luta de classes, que entendem como uma luta social total.

São pessoas que se consideram a si próprias anarquistas revolucionários, anarco-comunistas, comunistas libertários e outros que defendem opiniões semelhantes embora usem outros nomes.

A-Infos está organizado por pessoas que assumem o anarquismo como teoria social; que uma revolução é necessária para obtermos uma nova ordem social, sem classes, a qual só poderá ser levada a cabo pela grande maioria dos trabalhadores.

O tipo específico de anarquismo ao qual nos referimos e que promovemos é o anarquismo dos companheiros de Haymarket e dos que foram perseguidos por Carlos Marx durante a Primeira Internacional por criticarem o seu autoritarismo e elitismo, o seu desprezo vanguardista pelas massas assalariadas.

NÃO apoiamos o tipo de anarquismo proposto por alguns pseudo-modernistas e pseudo-"revolucionários" que consideram ser a actividade simbólica substituto das lutas das gentes, do povo; nem o anarquismo de "humanistas" que dão igual ou maior importância a outras tarefas que não à da abolição do sistema capitalista.

O trabalho de A-Infos não está baseado no egoísmo e no egocentrismo, no individualismo, primitivismo, no "capitalismo livre sem estado" ou num estado sem capitalismo livre -- os quais são contra a ordem capitalista vigente mas não oferecem uma nova ordem social de liberdade, de igualdade e de solidariedade.

Não basta que os indivíduos e grupos usem a etiqueta anarquista para que seus textos sejam distribuídos por A-Infos.

Na luta pela sociedade livre, nós distribuímos notícias e artigos em várias línguas, cubrindo um largo espectro de áreas de luta. Isto inclui frentes de trabalho e focos de luta como a batalha contra o racismo, o sexismo e a homofobia.

A-Infos também distribui notícias sobre indígenas anti-colonialistas em luta contra os colonizadores, contra a ocupação e marginalização, assim como também de anti-nacionalistas e de anti-regionalistas separatistas, pois os trabalhadores não têm país, o mundo é um só e NÃO têm exércitos.

A-Infos é uma agência noticiosa especializada, ao serviço do movimento revolucionário de activistas anti-capitalistas envolvidos nos diversos tipos de lutas sociais contra as classes capitalistas e este sistema social.

A-Infos não é um serviço "liberal", aberto, que distribui qualquer coisa que nos seja simpática -- A-Infos não é Indymedia. È o primeiro utensílio de distribuição livre para informar ácerca de colectivos anarquistas (e de outros anti-autoritários revolucionários) que participam na luta.

Os apoiantes e trabalhadores de A-Infos NÃO pensam que são os únicos que decidem quem, no campo do anarquismo social, é um anarquista "real" ou não é. Porém, como os recursos são limitados, temos o direito e a obrigação de escolher (autonomamente) o que distribuímos, o que achamos melhor de entre as várias contribuições e contribuídores.

A liberdade de associação do Colectivo A-Infos está baseada no reconhecimento de que ela não significa nada sem a liberdade de não se associarem, se os trabalhadores e colaboradores assim o entenderem.

A-Infos tem um papel a desempenhar no movimento anarquista mundial. Informação é fortalecimento. A-Infos contribuí para criar um entendimento no movimento internacional. A-Infos é uma extensão das poucas ferramentas organizadoras internacionais do movimento de modo e com a finalidade de lhe ser útil e não um serviço noticioso gratuito para todos.

A-Infos não se limita a ser uma ferramenta interna do movimento. Tal como o FAQ anarquista, também o apresenta ao público em geral e a uma nova geração, tratando de instruí-los sobre os aspectos internacionais do movimento.

A-Infos é uma agência de notícias anarquista autónoma e não é caixa de ressonância de determinado movimento social. Mesmo quando autoproclamados anarquistas (e mesmo que o sejam realmente) estão envolvidos, não existe garantia de que A-Infos distribuirá as suas contribuições. Mesmo que simpatizemos com os movimentos, isso não garante que os artigos sejam colocados.

A-Infos distribui as notícias e as análises que os trabalhadores querem partilhar com a comunidade mundial de activistas anti-autoritários -- principalmente notícias enviadas por colectivos anti-autoritários e relatos àcerca da acção directa na luta social quer por acivistas, quer por outras pessoas que lutam nas suas vidas diárias.

Quem não esteja satisfeito com o serviço que fornecemos, use os serviços de outros ou construa os seus meios próprios.

A-Infos é um instrumento de organização e de informação do movimento -- não é apenas "notícias por, para e ácerca de anarquistas".

Search ainfos with Google.com

we


Últimos títulos:

(pt) France, Comunicado de imprensa da UCL - Ressaca para o LREM e derrota ao sabor da vitória para o RN (ca, de, en, fr, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Fri Jul 01 05:42:23 GMT 2022

Este é o banho frio para o acampamento presidencial. Se o LREM e seus satélites conseguiram evitar o cenário de coabitação com o NUPES que os tornava um pesadelo, não conseguiram obter maioria absoluta com sua coalizão. A primeira na história da V República desde a transição para o quinquênio e a reversão do calendário eleitoral em 2002! Embora estejam enfraquecidos por essa desautorização que ocorreu logo após sua reeleição, é provável que o presidente Macron e seu partido procurem inventar uma farra com a direita mais tradicional ou mesmo com a extrema direita para salvar seu mandato de cinco anos e barrar o caminho para a esquerda social-democrata. Então lá vamos nós de novo para cinco anos de violência social e policial, destruição ecológica, desprezo pelas ...


(pt) Canada, Collectif Emma Goldman - Rivière-du-loup: Oposição ao megaprojeto imobiliário do Grupo Medway (ca, de, en, fr, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Fri Jul 01 05:41:06 GMT 2022

O complexo de 9 andares composto por lojas, 400 vagas de estacionamento e condomínios está causando muita revolta na cidade de Rivière-du-loup, em Bas-du-Fleuve, onde os inquilinos já tinham dificuldade em encontrar apartamentos. Muitos tiveram a desagradável surpresa de saber que suas casas seriam destruídas para dar lugar à torre que está quebrando a tranquilidade de sua rua. Outros estão, com razão, alertas para possíveis aumentos de aluguel. A Câmara Municipal apressou-se a dar a sua aprovação ao megaprojeto apesar da oposição de vários cidadãos da cidade. ---- Um cartaz muito bonito floresceu nas últimas horas nos pólos do centro de Rivière-du-loup, onde você pode ver um dinossauro com a cabeça de Yan Boudreau, presidente do Grupo Medway. O projeto é ...


(pt) UK, AFED, organise magazine: APOIE A GREVE DOS TRABALHADORES FERROVIÁRIOS! -- EVENTOS ATUAIS (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Fri Jul 01 05:39:54 GMT 2022

Com os chefes? Nunca. Com os representantes sindicais? As vezes. Com a classificação e arquivo? Sempre! ---- Nós da Organize damos todo o nosso apoio aos grevistas da RMT. Aqui estamos publicando um artigo explicando os reais motivos por trás da ação, de um amigo e camarada que deseja permanecer anônimo. ---- Sou um trabalhador ferroviário típico baseado em Bristol, trabalho na ferrovia há mais de 3 anos, tendo começado pouco menos de um ano antes da pandemia de Covid-19. Trabalhei durante a pandemia normalmente, assim como todos os meus colegas. Entendemos que nosso trabalho era manter o país passando por momentos difíceis. Arriscamos nossa saúde para entrar e fazer nosso trabalho, infelizmente muitos de nossos colegas não conseguiram e sinto muita falta deles. ...


(pt) Colombia, Vía Libre: Análise do segundo turno das eleições presidenciais de 2022 (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Fri Jul 01 05:38:55 GMT 2022

Neste texto apresentamos uma análise dos resultados do segundo turno das eleições presidenciais de 2022 na Colômbia sob a perspectiva do Grupo Libertario Vía Libre. Para tanto, analisamos o aumento da participação eleitoral, a histórica vitória do centro-esquerda, as profundas limitações do programa do acordo nacional e do capitalismo democrático, bem como algumas perspectivas anarquistas de mudança social. ---- Aumento do número de eleitores ---- De acordo com o boletim 63 da pré-contagem do Registro Nacional do Estado Civil, com 99,99% das mesas apuradas, esses votos registraram um aumento relativo de participação nessas eleições: 22.658.694 votos e 58,09% do total de eleitores. Isso representa um aumento de 1.217.089 votos e um aumento de 3,1% em relação ao primeiro turno; ...


(pt) France, UCL AL #328 - Cultura, Leia: Roumier e Mahieux "Poder, política, movimentos sociais", Les Utopiques n°19, março de 2022 (ca, de, en, fr, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Fri Jul 01 05:37:30 GMT 2022

Reabrir um debate antigo nunca é fácil. As relações entre os órgãos do poder, a política, os sindicatos e os movimentos sociais são complexas, e as interpenetrações múltiplas. Por trás dessas questões está uma questão essencial: a da autonomia do movimento social, da busca de uma saída política para as lutas. ---- Independência, autonomia ou subserviência do movimento sindical aos partidos políticos : essas questões perpassam os movimentos sociais e continuam a polarizar os debates entre aqueles que querem mudar a sociedade.
Este novo número da revista Les Utopiques nos oferece, como de costume, visões, sensibilidades, experiências cruzadas e reflexões mais voltadas para a política em torno da Carta de Amiens (que, votada pela CGT em 1906, atribui ao ...



(pt) France, UCL AL #328 - Holofote, Debate: Libertários diante do neorreformismo (ca, de, en, fr, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Thu Jun 30 05:39:26 GMT 2022

A eleição presidencial de abril de 2022 consagrou o surgimento de um polo neorreformista com vocação governamental em torno da França rebelde. Por que falar de " neo-reformismo"? Além das promessas, o que esse governo poderia fazer em termos concretos? O que esse novo fenômeno muda para as lutas coletivas? E como os revolucionários libertários devem se posicionar diante desse fenômeno? ---- A eleição presidencial de 2022 recompôs o cenário político. À esquerda foi formada, em vista das eleições legislativas, a Nova União Popular Ecológica e Social (Nupes), reunindo La France insoumise (LFI, hegemônica), EELV e PCF (a reboque) e o PS (em processo de de implosão).
...



(pt) Czech, AFED: Cuidado com os idiotas anti-imperialismo! - Revisão da brochura "Nós avisamos" sobre a perspectiva síria da guerra na Ucrânia (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Thu Jun 30 05:39:14 GMT 2022

Uma das publicações preparadas para o Anarchist Book Festival (AFK) deste ano foi uma brochura amarelo-azulada, editada pela Salé Distribution, que, mesmo após o desaparecimento da loja de informação Salé, está activamente envolvida na divulgação (não só) de livros anarquistas e outras publicações. A brochura We Told You This é uma grande contribuição para o debate sobre a guerra na Ucrânia. Ele o vê na perspectiva de um coletivo, dois autores e dois autores na perspectiva da revolução síria contra o ditador Bashar al-Assad. Revela a natureza sangrenta fascista do regime de Putin, a hipocrisia do Ocidente, que há anos "olha para outro lugar", bem como a idiotice da parte da esquerda que se aprisionou no prisma do imperialismo euro-atlântico. ...


(pt) Australia, ac meanjin: Quando lutamos, podemos vencer: como impedimos um despejo por Iswed Tiggjan (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Thu Jun 30 05:39:12 GMT 2022

Como delegado de membros do Sindicato de Locatários do Sudeste de Queensland, conheci David em uma palestra que o sindicato realizou em Moorooka. Eu não tive muita chance de falar com David então, mas meus camaradas sim. Tudo o que me lembro realmente é da mulher com quem ele estava nos dizendo durante as perguntas e respostas que David precisava de apoio do sindicato. ---- David informou a um de meus colegas delegados que ele era um aposentado por invalidez que vivia em habitação pública e que estava no meio de uma longa batalha com o Departamento de Habitação, que parecia determinado a despejá-lo. David veio à nossa próxima reunião e nos contou o que estava acontecendo. Sobre sua longa disputa com o departamento e sua aparente determinação de mandá-lo de volta aos sem-teto. Uma ...


(pt) Czech, AFED: Como ajudar anarquistas na Rússia e na Ucrânia (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Thu Jun 30 05:39:08 GMT 2022

Visão geral continuamente atualizada das opções de suporte para atividades significativas fora da estrutura oficial. ---- Na atual Guerra de Putin, os anarquistas, tanto na Ucrânia quanto na própria Rússia, não ficam de fora. É claro que sua capacidade de obter apoio material e financeiro por meio de canais oficiais é limitada, por isso gostaríamos de acompanhar as iniciativas de base credíveis que você pode apoiar.. ---- Se você conhece outras opções ou tem informações atualizadas sobre as existentes, não hesite em nos contatar .. ---- A operação ucraniana Operação Solidariedade escreve sobre si mesma:. ---- Somos defensores da sociedade horizontal, solidariedade e cooperação de várias cidades da Ucrânia. Hoje, unimos forças no projeto voluntário "Operação Solidariedade" ...


(pt) Spaine, CGT volta às ruas junto com sindicalismo alternativo "contra as reformas que precarizam a classe trabalhadora" (ca, de, en, it, tr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Thu Jun 30 05:39:05 GMT 2022

Em 25 de junho, a Confederação Geral do Trabalho (CGT) volta às ruas de Valência com um apelo conjunto ao sindicalismo alternativo na Plaza del Temple "contra as reformas que tornam a classe trabalhadora mais precária". ---- A CGT junto com o sindicalismo alternativo de Valência (CNT, COS e Intersindical Valenciana) pede uma manifestação na Plaza del Temple em 25 de junho "contra as reformas que tornam a classe trabalhadora precária" e enfatiza três demandas como " a completa revogação das reformas trabalhistas de 2010 e 2012, contra o custo de vida e o aumento geral dos preços e a oposição ao pacto de renda que visa conter os aumentos salariais e previdenciários."
...



@

Last updated: Fri Jul 01 07:42:23 2022