A - I n f o s

a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **
News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts Our archives of old posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Catalan_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Francais_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkurkish_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_
First few lines of all posts of last 24 hours

Links to indexes of first few lines of all posts of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020 | of 2021 | of 2022

Syndication Of A-Infos - including RDF - How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups

(pt) Spain, FAI: Espanha, FAI: Consequências do militarismo e da guerra (ca, de, en, it, tr)[traduccion automatica]

Date Wed, 29 Jun 2022 10:03:31 +0300


O militarismo e a guerra levam à tortura e assassinato sistemáticos de milhares de civis, à fuga de milhares de pessoas, ao desenraizamento social, ao racismo, à repressão e à rejeição por parte da população do país de acolhimento de refugiados. Significam a destruição sistemática do patrimônio histórico-artístico e a destruição dos ambientes naturais, da flora e da fauna. Envolve a morte de centenas de milhares de combatentes dos lados em guerra, a maioria filhos de trabalhadores e pobres com poucos recursos, cuja entrada no exército lhes permite fugir da miséria e os transforma em bucha de canhão.
O militarismo e a guerra significam que a indústria bélica lucra armando os lados em guerra. Eles supõem que as empresas, empresários e outros gerentes de quem dependem ganham bilhões de euros fornecendo material de guerra para estados em guerra, bem como para outros estados e alianças militares. Eles implicam que os lobbies da indústria de armas gastam dinheiro para que o poder político legisla em seu benefício.

O militarismo e a guerra implicam priorizar o financiamento para pesquisa e desenvolvimento de tecnologia aplicada à guerra e à morte, em detrimento de outros tipos de pesquisas científicas que possam ter como objetivo a erradicação de doenças, a autogestão energética, a compreensão e proteção dos ecossistemas do planeta ou a pesquisa social para o benefício material da sociedade como um todo, etc.

O militarismo e a guerra implicam que os Estados aumentem os gastos com armas em detrimento dos gastos com bem-estar social, saúde e educação. São um ataque frontal à sua ideia de «estado de bem-estar», conduzem a um aumento da precariedade e da incapacidade do Estado de cobrir as necessidades do povo. Implicam a privatização e gentrificação de serviços elementares em benefício de lobbies privados de saúde e educação, e o conseqüente aumento da agitação social. Supõem o cerceamento de direitos e liberdades, a exacerbação do autoritarismo pela máquina coercitiva do Estado (exército e polícia) e o exercício do medo e da repressão.

O militarismo e a guerra implicam o aumento do preço dos produtos básicos e da energia e, portanto, o aumento do custo de vida. Querem dizer que somos os trabalhadores que vão ter que pagar mais por menos, que o poder econômico vai nos espremer ainda mais para que não os afete, e que a desigualdade vai aumentar e se acentuar. Envolvem alimentar o medo do poço sem fundo da exclusão social para manter os trabalhadores submissos e calados.

O militarismo e a guerra envolvem a destruição sistemática de comunidades e sociedades e sua riqueza cultural e social. Significa estender a hegemonia globalizante do capitalismo, roubando e mercantilizando as terras e os recursos naturais dessas comunidades, obrigando-as a permanecer desenraizadas, a fazer parte das engrenagens do capitalismo, tanto como mão de obra barata quanto como bucha de canhão em guerras e conflitos armados.

É por isso que nós anarquistas defendemos a desmilitarização e a dissolução dos exércitos. Acreditamos na prática da solidariedade e apoio mútuo com todos aqueles que são explorados e despossuídos, e em uma sociedade horizontal de livre federação de produtores e consumidores baseada no trabalho associado e cooperativo. Por isso denunciaremos as barbaridades causadas pelas fronteiras, Estados, poderes econômicos e políticos, e as guerras que tanto os beneficiam.

Nem a OTAN, nem o imperialismo dos EUA ou da Rússia
Contra a indústria da guerra e da morte
Contra a paz social, pela solidariedade e apoio mútuo entre todos os trabalhadores

Grupo Terra

https://federacionanarquistaiberica.wordpress.com/2022/06/20/consecuencias-del-militarismo-y-la-guerra/
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe https://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center