A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Grécia] «Εstamos em guerra. Prisões política s e terrorismo de Estado»

Date Mon, 6 Dec 2010 04:16:08 +0100



Um dia antes do aniversário do assassinato de Alexandros Grigoropoulos, 6
de dezembro, a ditadura democrática grega, de uma maneira tragicômica
decidiu ativar os seus aparatos repressivos, afim de evitar a rebelião
social. Todos os funcionários do regime estão em alerta para manipular a
opinião pública e aterrorizar os segmentos da sociedade que estão
resistindo.--- Ontem à noite, 4 de dezembro, os bastardos da Brigada
Antiterrorista passaram a invadir casas e centros sociais em Atenas,
Pireus, Tessalônica, Agrinio, Chalcis e Creta, argumentando que detectaram
armas e explosivos. Os bem pagos fantoches dos meios de comunicação
estavam festejando "o sucesso da polícia grega contra o terrorismo",
gerando um clima de histeria e terror. Após 24 horas, foi anunciado que as
armas encontradas em Atenas e Pireus não foram usadas em "ataques
terroristas".
Depois de um dia inteiro de ocultação deliberada de informações, na tarde
deste domingo, 5 de dezembro, os milicos publicaram os nomes e fotografias
de seis pessoas presas em Atenas, Pireus e Creta, solicitando informações
adicionais para os cidadãos... Para duas das pessoas presas havia mandados
de prisão pelo caso "Conspiração das Células de Fogo".
Em Tessalônica, na mesma noite de sábado, foi realizado por agentes
secretos e encapuzados uma invasão no espaço ocupado anti-autoritário
"Nadir", que está localizado em uma residência estudantil da Universidade
de Tessalônica. Eles confiscaram materiais impressos e computadores, e
ainda espancaram muitas pessoas, efetuando 11 prisões e um número
desconhecido de detenções preventivas. Dezenas de pessoas se reuniram em
solidariedade aos detidos fora da área. A invasão dos milicos ao espaço
ocupado foi precedida após um ataque a um posto de guarda da empresa de
segurança privada do campus da universidade.
Além disso, os milicos bloquearam algumas ruas na cidade de Agrinio,
próximas do local anarquista da cidade. A eletricidade do imóvel foi
cortada sob o pretexto de invasão do "esconderijo".
As autoridades proibiram um dos direitos básicos dos reféns e presos, que
eles mantivessem contato com seus familiares e advogados por mais de 24
horas.

A seguir a declaração do advogado de um dos suspeitos presos:

"Até este momento o que foi com certeza desarticulado foram os direitos
processuais dos presos e sua capacidade de se comunicar com suas famílias
e advogados. A proibição absoluta do exercício dos direitos fundamentais,
ao completar quase 24 horas após sua detenção e negação da confirmação dos
nomes dos detidos, beira o rapto. O desprezo é complementado pelo método
usual de vazamento seletivo de ?informação? e a manipulação comunicativa
da opinião pública. E tudo está acontecendo com o consentimento do
Ministério Público, confirmando a coincidência dos mecanismos de
repressão, não na proteção, mas na abolição da ordem jurídica e
constitucionais.
Um dia antes de cumprir o segundo aniversário do assassinato de Alexis
Grigoropoulos, e quando toda a sociedade está em crise e está se
preparando para as mobilizações, o Estado, sente a evidente necessidade
para a consternação, para mostrar algum sucesso e, sobretudo, para
legitimar o autoritarismo que está sendo preparado para o aniversário
amanhã, 6 de dezembro.
Nenhuma tolerância! Nenhuma intenção política e comunicativa se sobrepõe
aos direitos e liberdades!"
Atens, 5 de dezembro 2010,12h
Kostas Papadakis
O advogado de defesa de um dos suspeitos presos

Além das invasões, detenções e prisões ontem, o Estado passou a um outro
movimento preventivo (!), que proíbe a circulação de veículos em todo o
centro de Atenas (!), com vista as manifestações de amanhã. Em concreto, a
circulação estará proibida a partir das 10h desta segunda até às 7h da
terça-feira, 7 de dezembro, enquanto estará proibida a parada e o
estacionamento de veículos a partir das 6h de segunda até às 7h da
terça-feira em ruas do centro.
A Coordenadoria de Resistência de Iniciativas de Estudantes e muitas
coletividades anarquistas/anti-autoritárias e de extrema-esquerda chamaram
manifestações para 6 de dezembro, no Propileos da velha Universidade, no
centro de Atenas. Convocações de manifestações e passeatas foram
realizadas em mais de 20 cidades de toda a Grécia.
Solidariedade com os presos políticos!
Estamos em guerra!

http://contrainfo.espiv.net/

agência de notícias anarquistas-ana


_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center