A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [México] Femstival: Mulheres Libertárias e ?Las Ciru ja Cirujanas?

Date Sat, 10 Apr 2010 08:25:38 +0200



México, Cidade Monstro, três dias de trabalho contínuo, onde não havia a
oportunidade de testemunhar as muitas atividades que foram realizadas
simultaneamente. Três dias de Femstival organizado pelo grupo "Las
Cirujanas" e Mulheres Libertárias, que se reuniram no Auditório Che
Guevara, na Universidade Nacional, em 26, 27 e 28 de março deste ano de
2010.
Um grande centro de exposições e um lugar para compartilhar o avanço na
longa luta das mulheres por seus direitos e sua dignidade. Uma variedade
de resistências que apareceram para abrir caminho com um discurso de
gênero, de mulheres, mas procurando a liberdade de todas e todos.
Ao contrário de eventos patrocinados pelo Estado e pelas autoridades, este
foi autônomo, de coletivos independentes, desta forma não se legitimou um
sistema de coisas, nem um corpo de funcionários que dizem realizar um 8 de
março montado sobre o trabalho dos outros, para dizer que a democracia
funciona, e assim lavar suas mãos, com políticas misóginas que exploram,
humilham e roubam. Que reprimem a população em todos os níveis do governo,
com salários de fome, com o aumento do custo dos serviços e produtos
básicos e políticas econômicas, que aviltam a saúde e a vida em geral de
meninas e meninos, avós e avôs, homens e mulheres.

Durante estes 3 dias foram realizadas mesas e oficinas: de debates sobre o
discurso patriarcal na música, da poesia de gênero, de auto-defesa
feminista, falas sobre a medicina a base de ervas, massagens, reiki,
acupuntura, calendário lunar, de toalhas femininas higiênicas
auto-gestionadas, de um aparelho para urinar paradas, as Diva Cup ou a
copa menstrual ecológica e econômica, das propostas de editoras de todos
os gêneros, tênis autogestionados, de nutrição, de proteção dos seres
vivos, de "La Chica Sedenta", uma cerveja autônoma feita pelas mulheres,
de oficinas de serigrafia, de gravura, de reciclagem, de auto-estima,
stands de vídeos, vestuário, medicina alternativa, folhetos, exposições de
fotografia, desenho e design, projeções de vídeos sobre a violência e o
feminicídio em Ciudad Juarez, dos trabalhos de outros grupos que gravaram
seus projetos.



Um Femstival que tem sua força na conversa de corredor, em conhecer a
outra e o outro cara a cara, que têm como ponto comum o seu trabalho para
as mulheres e para a liberdade. Mulheres construindo resistência desde
baixo, sabendo-se dignas da sua condição de pessoas críticas e ativas.
Tudo isso acompanhado de suas habilidades artísticas e estéticas, como a
dança tradicional regional, a performance, o teatro, a poesia atuante, e,
em particular, na música.
Três dias de guitarras poderosas, bateria, baixo e outros instrumentos que
se estremeciam com as notas do punk, hard core, cross e rock pesado de
variados gêneros, de companheiras que vieram de vários estados da
República, como é o caso do estado de Monterrey, de onde participou um
grupo do gênero cross que anunciou a organização do sexto Lady Fest, um
festival de música de mulheres acompanhadas de oficinas e stands a ser
realizado num par de meses no norte do país.
Certamente, a realidade mostra suas duas caras, por um lado, uma crescente
degradação da sociedade, com um duplo peso para a mulher, que o dinheiro e
a ignorância afirmam ser minoria, como os indígenas, ou os jovens.
Com a chegada da extrema-direita ao poder há duas administrações, as
provas da sua intolerância moral e retorcida resultou na aprovação em mais
de 20 estados da lei anti-aborto, que castiga o direito de decisão da
mulher sobre seu corpo e sua vida. Assim como o número de feminicídios não
só em Ciudad Juarez, mas em mais de 15 estados, e que estão a aumentar
como os milhares de mortos deixados pela "Guerra" do governo contra as
drogas, que o mesmo governo e suas forças armadas administram, onde as
mulheres são os espólios de Guerra, como no crime de Estado realizado em
Atenco, Oaxaca, Zongolica, Guerrero, Chiapas, Sonora, etc.
Por outro lado, cresce o número de mulheres que se juntam a não ficar
esperando que caia do céu, onde dizem os padres pedófilos que se encontra
Deus, um pouco de justiça para tanta humilhação e tristeza, ou ainda que
caia do céu um pão para elas e seu faminto povo, tampouco acreditam mais
nas promessas de qualquer politiqueiro dos partidos e do mau governo,
porque, como o pior dos parasitas, vivem sugando a riqueza das pessoas,
causando todos os males e danos, com seus discursos mentirosos.
Muitas delas decidiram construir com suas próprias mãos, aqui e agora,
seus sonhos, suas possibilidades reais, mesmo presas no monstro
capitalista. Apesar de tudo e contra tudo, contra o sistema que nega e que
vai na direção contrária à justiça e à liberdade. Elas, como muitas outras
resistências de abaixo e à esquerda, alimentam a esperança de que o
pesadelo capitalista possa acabar.
Fotos: http://www.flickr.com/photos/nokallez/sets/72157623612623963/show/
Áudio1: http://www.archive.org/details/FemstivalAudio12010
Áudio 2: http://www.archive.org/details/FemstivalAudio22010
Áudio 3: http://www.archive.org/details/FemstivalAudio32010
agência de notícias anarquistas-ana_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center