A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe

Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009

Contribuir para a-infos

A VISÃO de A-INFOS

SUBSCREVA!
Notícias em português

OU


Descubra as Opções OPTIONS
um serviço de notícias multilingue de, para e sobre anarquistas **

Propusemo-nos
ser os escribas do povo.
Do outro lado da história
a história começou.
E terá novos autores....
Esperneia!
Também nós esperneamos


Descubra as Opções disponíveis.
Há diversas listas por idiomas, listas de diferentes projetos e várias formas de entrega.
Dê uma olhada a Mailman a central automática de e-mail de A-Infos...

Na luta por uma sociedade livre, distribuímos notícias e artigos em várias linguas, cobrindo uma vasta área temática.
Que vai desde as lutas laborais, ambientais e anti-imperialistas até ao combate ao racismo, sexismo e homofobia. .

lots of work to do

A-INFOS-ORG

As listas de A-Infos são autogeridas democraticamente por um coletivo organizado internacionalmente. Saiba como participar. Incentivamos especialmente as mulheres, pessoas de lingua não-inglesa e aqueles que vivem fora da Europa e da América do Norte. Veja a lista das nossas atuais diretrizes.

A VISÃO de A-INFOS

O projecto A-Infos é coordenado por um colectivo internacional de activistas revolucionários, anti-autoritários, anti-capitalistas, envolvidos na luta de classes, que entendem como uma luta social total.

São pessoas que se consideram a si próprias anarquistas revolucionários, anarco-comunistas, comunistas libertários e outros que defendem opiniões semelhantes embora usem outros nomes.

A-Infos está organizado por pessoas que assumem o anarquismo como teoria social; que uma revolução é necessária para obtermos uma nova ordem social, sem classes, a qual só poderá ser levada a cabo pela grande maioria dos trabalhadores.

O tipo específico de anarquismo ao qual nos referimos e que promovemos é o anarquismo dos companheiros de Haymarket e dos que foram perseguidos por Carlos Marx durante a Primeira Internacional por criticarem o seu autoritarismo e elitismo, o seu desprezo vanguardista pelas massas assalariadas.

NÃO apoiamos o tipo de anarquismo proposto por alguns pseudo-modernistas e pseudo-"revolucionários" que consideram ser a actividade simbólica substituto das lutas das gentes, do povo; nem o anarquismo de "humanistas" que dão igual ou maior importância a outras tarefas que não à da abolição do sistema capitalista.

O trabalho de A-Infos não está baseado no egoísmo e no egocentrismo, no individualismo, primitivismo, no "capitalismo livre sem estado" ou num estado sem capitalismo livre -- os quais são contra a ordem capitalista vigente mas não oferecem uma nova ordem social de liberdade, de igualdade e de solidariedade.

Não basta que os indivíduos e grupos usem a etiqueta anarquista para que seus textos sejam distribuídos por A-Infos.

Na luta pela sociedade livre, nós distribuímos notícias e artigos em várias línguas, cubrindo um largo espectro de áreas de luta. Isto inclui frentes de trabalho e focos de luta como a batalha contra o racismo, o sexismo e a homofobia.

A-Infos também distribui notícias sobre indígenas anti-colonialistas em luta contra os colonizadores, contra a ocupação e marginalização, assim como também de anti-nacionalistas e de anti-regionalistas separatistas, pois os trabalhadores não têm país, o mundo é um só e NÃO têm exércitos.

A-Infos é uma agência noticiosa especializada, ao serviço do movimento revolucionário de activistas anti-capitalistas envolvidos nos diversos tipos de lutas sociais contra as classes capitalistas e este sistema social.

A-Infos não é um serviço "liberal", aberto, que distribui qualquer coisa que nos seja simpática -- A-Infos não é Indymedia. È o primeiro utensílio de distribuição livre para informar ácerca de colectivos anarquistas (e de outros anti-autoritários revolucionários) que participam na luta.

Os apoiantes e trabalhadores de A-Infos NÃO pensam que são os únicos que decidem quem, no campo do anarquismo social, é um anarquista "real" ou não é. Porém, como os recursos são limitados, temos o direito e a obrigação de escolher (autonomamente) o que distribuímos, o que achamos melhor de entre as várias contribuições e contribuídores.

A liberdade de associação do Colectivo A-Infos está baseada no reconhecimento de que ela não significa nada sem a liberdade de não se associarem, se os trabalhadores e colaboradores assim o entenderem.

A-Infos tem um papel a desempenhar no movimento anarquista mundial. Informação é fortalecimento. A-Infos contribuí para criar um entendimento no movimento internacional. A-Infos é uma extensão das poucas ferramentas organizadoras internacionais do movimento de modo e com a finalidade de lhe ser útil e não um serviço noticioso gratuito para todos.

A-Infos não se limita a ser uma ferramenta interna do movimento. Tal como o FAQ anarquista, também o apresenta ao público em geral e a uma nova geração, tratando de instruí-los sobre os aspectos internacionais do movimento.

A-Infos é uma agência de notícias anarquista autónoma e não é caixa de ressonância de determinado movimento social. Mesmo quando autoproclamados anarquistas (e mesmo que o sejam realmente) estão envolvidos, não existe garantia de que A-Infos distribuirá as suas contribuições. Mesmo que simpatizemos com os movimentos, isso não garante que os artigos sejam colocados.

A-Infos distribui as notícias e as análises que os trabalhadores querem partilhar com a comunidade mundial de activistas anti-autoritários -- principalmente notícias enviadas por colectivos anti-autoritários e relatos àcerca da acção directa na luta social quer por acivistas, quer por outras pessoas que lutam nas suas vidas diárias.

Quem não esteja satisfeito com o serviço que fornecemos, use os serviços de outros ou construa os seus meios próprios.

A-Infos é um instrumento de organização e de informação do movimento -- não é apenas "notícias por, para e ácerca de anarquistas".

Search ainfos with Google.com

we


Últimos títulos:

(pt) France, Alternative Libertaire AL - Internacional, "O Estado Islâmico já perdeu a batalha Kobanê" (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Wed Oct 22 08:36:23 GMT 2014

Em um determinado 17 de outubro o turco-curdo jornal entrevista Özgür Gündem , e reproduzida pelo site Inglês Rojava adiamento , Mehmud Berxwedan, o comando geral do YPG, explica por que o Estado Islâmico (Daech), de acordo com ele, "já perdeu " a batalha de Kobanê. ---- Mehmud Berxwedan é um oficial das Unidades de Proteção Popular (YPG) , próximo ao PKK, defendendo Kobanê rosto Daech. ---- No contexto de um dado entrevista a um jornal simpatizante, ele certamente não é parecer pessimista, então você tem que ter cuidado com algumas de suas declarações triunfalistas. No entanto, uma série de análises são interessantes, e reforçam a idéia de que nem tudo está perdido Kobanê. ---- Suas declarações refletem também o pragmatismo necessário de lutar contra a parede, pronto para aceitar qualquer ajuda de qualquer lugar, incluindo potências imperialistas árabe-ocidental. ...


(pt) Coletivo Quebrando Muros - A Fagulha Ano 4 #8 outubro 2014 - Content + A palavra de Ordem é Greve!
a-infos-pt@ainfos.ca
Wed Oct 22 08:35:17 GMT 2014

Content --- A palavra de Ordem é Greve! (pág 2) --- O Impasse do Passe Livre (pág 4) ---- Não há socialismo sem feminismo (pág 5) ---- EBSERH (pág 6) ---- A Outra Campanha (pág 7) ---- A palavra de Ordem é Greve! -- Solidariedade de classe! ---- Apalavra 'Greve' voltou ao vocabulário do povo. Garis em greve. ---- Motoristas em greve. Metroviários em greve. Professores em greve. Servidores e técnicos das universidades em greve. Parece que a cada dia que abrimos um jornal, tem uma greve. Não é à toa. Desde 1996 não haviam tantas greves ocorrendo no Brasil. Mais do que isso, tantas greves radicalizadas, conquistando direitos para as pessoas trabalhadoras. As greves estão tomando as ruas novamente! ---- Mas porque fazemos greve? ---- Fazemos greve porque precisamos. Lutamos para garantir nosso acesso às necessidades básicas, como moradia e alimentação. De acordo com o DIEESE, 41% das greves ...


(pt) France, Alternative Libertaire AL #244 - Obituário, Hasta siempre, Agustin Gomez Acosta! (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Wed Oct 22 08:34:51 GMT 2014

Domingo, 13 de outubro à noite, a notícia quebrou. Agustin Gomez, disse Agus, sessenta, recentemente aposentado do ensino, militante anarco-sindicalista da CGT espanhola, foi derrubado por um relâmpago. Terrível notícia para aqueles que o conheceram, gostei, adorei. Primeiro sua namorada Milouda. ---- Agustin foi um dos militantes "históricos" da CGT espanhola. Ele havia conhecido o split com a CNT no final dos anos 70, e foi um dos arquitetos do prédio da CGT, na Andaluzia. ---- Como muitos ativistas desta geração, ele gostava de me repetir, retornando para sua carreira: "O projeto CGT é falho, o caminho percorrido pode ser um pouco diferente do que tinha originalmente definido . No entanto, estamos es orgulhoso do que temos construído." ---- Uma visão crítica: embora cheio de contradições e lacunas, projeto união natural quando a massa está sendo construído e ...


(pt) Organização Anarquista Terra e Liberdade O(A)TL - Militante da OATL perseguido consegue liminar da justiça para retornar ao trabalho por Piotr
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Oct 21 10:00:33 GMT 2014

A Justiça, no dia 17 de Outubro, concedeu liminar que garante a volta ao trabalho do professor, militante do GEP e da OATL, Filipe Proença. Nosso companheiro foi um dos 23 presos políticos encarcerados no 12 de julho, antes do ato da final da Copa do Mundo. Recebeu o habeas corpus que no entanto o impedia de sair da cidade sem autorização judicial. Como trabalha na cidade de Magé a SEEDUC se aproveitou desse fato para processá-lo administrativamente por abandono de cargo, ao invés de alocá-lo no Rio de Janeiro ou aguardar a autorização judicial para o deslocamento. Em virtude desse processo, desde então, o professor estava impossibilitado de trabalhar e com seu salário cortado. Após a liberação da 27 vara criminal, para que Filipe saísse da comarca do Rio para trabalhar, e agora com a liminar que obriga a SEEDUC a devolver suas turmas e seu ...


(pt) France, Alternative Libertaire AL - Trato AL, 16 de outubro e depois? Unindo o campo operado es para limpar Holanda! (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Oct 21 09:39:02 GMT 2014

Holanda tem seguido os passos de Sarkozy: guerra contra os pobres, imigrantes, trabalhadores de guerra de guerra, guerras neocoloniais. Esta política faz com que o acesso FN ao poder. Livrar-se do governo de emergência e à Assembleia Nacional as suas ordens. ---- Austeridade e War: PS obrigado! ---- As medidas contra os trabalhadores acumulam ao longo de uma única lógica para destruir o serviço público, destrua as proteções sociais e transferir ainda mais riqueza para os patrões e acionistas apostadores. ---- Algumas de suas eleições derrotar o SP líderes estão escolhendo a ser servos fiéis do capitalismo. Trabalhadores odiado, eles esperam que, pelo menos, os chefes de manter um pouco de reconhecimento pelo trabalho sujo. Os poucos membros "lançadores", que estão preocupados com a sua reeleição estão tão preocupados que eles se recusam a ...


(pt) Coletivo Quebrando Muros - [RP - Alagoas] ABAIXO A FARSA DO PNE! - POR UMA EDUCAÇÃO LIBERTADORA, FEITA PELO POVO E PARA O POVO!
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Oct 21 09:38:29 GMT 2014

Acompanhamos no início deste ano a reformulação e atualização do plano plurianual denominado Plano Nacional de Educação. Este plano que, visa apresentar metas e propostas de melhoria para a educação em todos seus níveis e modalidades, apresenta um discurso de "democracia participativa" do qual o governo do PT se utiliza para camuflar e mascarar suas ações neoliberais, com um cunho dito "popular". ---- Infelizmente alguns movimentos sociais, muitos com ligações estreitas ao governo federal apoiam o PNE e sua participação no processo deu uma maquiagem mais democrática, mas na verdade o projeto se alinha as políticas orientadas pelos organismos financeiros internacionais e sua concepção e finalidade está longe de ter um caráter popular positivo.
...



(pt) France, Alternative Libertaire AL - Internacional, Kobanê não deve cair! Protesto em 18 de outubro (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Oct 20 09:03:55 GMT 2014

Solidariedade Nacional de Coordenação do Curdistão, que é partido libertário Alternativa, chamado para uma manifestação em Paris sábado 18 outubro às 15h, a Place de la Bastille à Place de la Nation. ---- Vamos mobilizar para apoiar a resistência contra Kobanê Daech! ---- Desde 15 de setembro , as quadrilhas do Estado Islâmico (EI ou Daech árabes) lançamento ofensiva em três frentes contra Township Kobanê no Curdistão da Síria, usando armas pesadas apreendidas no Iraque e na Síria, e apoiada por Turquia que o fornecimento de uma ampla ajuda militar político e logístico. ---- Durante quase um mês, as forças de autodefesa curdos (YPG-yPJ) resistiu teimosamente, mas não têm armas suficientes para deter o avanço desta organização sobre-armados. As hordas bárbaras estão agora em Kobanê. O massacre de milhares de civis a temer. ...


(pt) Coletivo Quebrando Muros - [CURITIBA] 22 de outubro: Ato em defesa de Nicolas Pacheco! Lutar não é crime!
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Oct 20 09:02:06 GMT 2014

O Comitê Lutar Não é Crime está realizando uma campanha em defesa do estudante Nicolas Pacheco e contra a criminalização dos movimentos sociais. O próximo passo da luta será a realização de um Ato no dia 22 de outubro (quarta-feira), às 11 horas, no Pátio da Reitoria da UFPR. ---- O militante e estudante de História foi preso de forma ilegal no dia 28 de agosto, durante a manifestação contra a privatização do Hospital de Clínicas. Permaneceu detido ilegalmente no interior da Reitoria da UFPR e depois foi transferido para a superintendência da Polícia Federal. Durante o dia, não teve o direito de ser assistido por advogados. Só foi libertado mediante pagamento de fiança na madrugada do dia seguinte. Agora, Nicolas responde em liberdade, mas ainda corre o risco de ser preso ou condenado por "crimes" que não cometeu. ...


(pt) France, Alternative Libertaire AL #242 - Leia: Sarah Kaminsky, "Adolfo Kaminsky, um falsificador de vida" (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Oct 20 08:59:54 GMT 2014

Adolfo Kaminsky iniciou suas operações falsificador cometidos durante a Segunda Guerra Mundial. Ele foi deportado pela primeira vez como um judeu em um "campo de exploração" em Drancy, mas graças à sua argentino, restam apenas alguns meses e por isso tem a chance de ser liberado. ---- Kaminsky aprendi com um farmacêutico em sua aldeia de infância bases em química, material que o fascinava. E o topo de seus 17 anos, então ele voltou para as redes da Resistência para fazer documentos falsos para resistente, as famílias devem ser deportados, aqueles em perigo. Além de seu tempo: "Fique acordado. O maior tempo possível. Luta contra o sono. O cálculo é simples. Dentro de uma hora, faço trinta documentos falsos. Se eu dormir uma hora, trinta pessoas vão morrer ...".
...



(pt) France, Alternative Libertaire AL #242 - Leia-se: "Irmãos da costa. Defesa dos piratas somalis" (en, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Sun Oct 19 08:37:07 GMT 2014

Esqueceu-se ou que parecem distantes, paradoxalmente, as causas líquido, não são muitos. A causa dos "piratas" da Somália é um deles. Eles eram pescadores antes. Antes do Oceano Índico, onde eles estavam pescando é esvaziada de peixe por arrastões franceses e espanhóis. Antes de suas costas contra a poluição pelo despejo de materiais tóxicos em recipientes de todos os tipos para 30 anos (veja a história Somália Toxic sobre a questão), incluindo fabricantes de uma epidemia de malformações urogenitais entre crianças somalis. Antes de estas águas são patrulhadas por armada formidável (Estados Unidos ao Irã ...!) Para punir esses mendigos desrespeitosas. Antes de chegar a Hollywood com nabo Captain Philips cuja crítica dos Cahiers du cinema Lepastier Joachim coloca: "Esta é uma missão de rotina de recrutamento filme em forma para o capitão Hanks [ator], mas quase ...


@

Last updated: Wed Oct 22 10:36:25 2014