A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe

Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017

Contribuir para a-infos

A VISÃO de A-INFOS

SUBSCREVA!
Notícias em português

OU


Descubra as Opções OPTIONS
um serviço de notícias multilingue de, para e sobre anarquistas **

Propusemo-nos
ser os escribas do povo.
Do outro lado da história
a história começou.
E terá novos autores....
Esperneia!
Também nós esperneamos


Descubra as Opções disponíveis.
Há diversas listas por idiomas, listas de diferentes projetos e várias formas de entrega.
Dê uma olhada a Mailman a central automática de e-mail de A-Infos...

Na luta por uma sociedade livre, distribuímos notícias e artigos em várias linguas, cobrindo uma vasta área temática.
Que vai desde as lutas laborais, ambientais e anti-imperialistas até ao combate ao racismo, sexismo e homofobia. .

lots of work to do

A-INFOS-ORG

As listas de A-Infos são autogeridas democraticamente por um coletivo organizado internacionalmente. Saiba como participar. Incentivamos especialmente as mulheres, pessoas de lingua não-inglesa e aqueles que vivem fora da Europa e da América do Norte. Veja a lista das nossas atuais diretrizes.

A VISÃO de A-INFOS

O projecto A-Infos é coordenado por um colectivo internacional de activistas revolucionários, anti-autoritários, anti-capitalistas, envolvidos na luta de classes, que entendem como uma luta social total.

São pessoas que se consideram a si próprias anarquistas revolucionários, anarco-comunistas, comunistas libertários e outros que defendem opiniões semelhantes embora usem outros nomes.

A-Infos está organizado por pessoas que assumem o anarquismo como teoria social; que uma revolução é necessária para obtermos uma nova ordem social, sem classes, a qual só poderá ser levada a cabo pela grande maioria dos trabalhadores.

O tipo específico de anarquismo ao qual nos referimos e que promovemos é o anarquismo dos companheiros de Haymarket e dos que foram perseguidos por Carlos Marx durante a Primeira Internacional por criticarem o seu autoritarismo e elitismo, o seu desprezo vanguardista pelas massas assalariadas.

NÃO apoiamos o tipo de anarquismo proposto por alguns pseudo-modernistas e pseudo-"revolucionários" que consideram ser a actividade simbólica substituto das lutas das gentes, do povo; nem o anarquismo de "humanistas" que dão igual ou maior importância a outras tarefas que não à da abolição do sistema capitalista.

O trabalho de A-Infos não está baseado no egoísmo e no egocentrismo, no individualismo, primitivismo, no "capitalismo livre sem estado" ou num estado sem capitalismo livre -- os quais são contra a ordem capitalista vigente mas não oferecem uma nova ordem social de liberdade, de igualdade e de solidariedade.

Não basta que os indivíduos e grupos usem a etiqueta anarquista para que seus textos sejam distribuídos por A-Infos.

Na luta pela sociedade livre, nós distribuímos notícias e artigos em várias línguas, cubrindo um largo espectro de áreas de luta. Isto inclui frentes de trabalho e focos de luta como a batalha contra o racismo, o sexismo e a homofobia.

A-Infos também distribui notícias sobre indígenas anti-colonialistas em luta contra os colonizadores, contra a ocupação e marginalização, assim como também de anti-nacionalistas e de anti-regionalistas separatistas, pois os trabalhadores não têm país, o mundo é um só e NÃO têm exércitos.

A-Infos é uma agência noticiosa especializada, ao serviço do movimento revolucionário de activistas anti-capitalistas envolvidos nos diversos tipos de lutas sociais contra as classes capitalistas e este sistema social.

A-Infos não é um serviço "liberal", aberto, que distribui qualquer coisa que nos seja simpática -- A-Infos não é Indymedia. È o primeiro utensílio de distribuição livre para informar ácerca de colectivos anarquistas (e de outros anti-autoritários revolucionários) que participam na luta.

Os apoiantes e trabalhadores de A-Infos NÃO pensam que são os únicos que decidem quem, no campo do anarquismo social, é um anarquista "real" ou não é. Porém, como os recursos são limitados, temos o direito e a obrigação de escolher (autonomamente) o que distribuímos, o que achamos melhor de entre as várias contribuições e contribuídores.

A liberdade de associação do Colectivo A-Infos está baseada no reconhecimento de que ela não significa nada sem a liberdade de não se associarem, se os trabalhadores e colaboradores assim o entenderem.

A-Infos tem um papel a desempenhar no movimento anarquista mundial. Informação é fortalecimento. A-Infos contribuí para criar um entendimento no movimento internacional. A-Infos é uma extensão das poucas ferramentas organizadoras internacionais do movimento de modo e com a finalidade de lhe ser útil e não um serviço noticioso gratuito para todos.

A-Infos não se limita a ser uma ferramenta interna do movimento. Tal como o FAQ anarquista, também o apresenta ao público em geral e a uma nova geração, tratando de instruí-los sobre os aspectos internacionais do movimento.

A-Infos é uma agência de notícias anarquista autónoma e não é caixa de ressonância de determinado movimento social. Mesmo quando autoproclamados anarquistas (e mesmo que o sejam realmente) estão envolvidos, não existe garantia de que A-Infos distribuirá as suas contribuições. Mesmo que simpatizemos com os movimentos, isso não garante que os artigos sejam colocados.

A-Infos distribui as notícias e as análises que os trabalhadores querem partilhar com a comunidade mundial de activistas anti-autoritários -- principalmente notícias enviadas por colectivos anti-autoritários e relatos àcerca da acção directa na luta social quer por acivistas, quer por outras pessoas que lutam nas suas vidas diárias.

Quem não esteja satisfeito com o serviço que fornecemos, use os serviços de outros ou construa os seus meios próprios.

A-Infos é um instrumento de organização e de informação do movimento -- não é apenas "notícias por, para e ácerca de anarquistas".

Search ainfos with Google.com

we


Últimos títulos:

(pt) [Espanha] A CNT ante o atentado de Barcelona By A.N.A. (en)
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Aug 22 04:38:48 GMT 2017

Desde a Confederação Nacional do Trabalho, mostramos a nossa mais absoluta tristeza, indignação, confusão e dor ante o atentado na tarde desta quinta-feira (17) em Barcelona. ---- Mais uma vez foi o povo, a população civil, os transeuntes, que sofreram as consequências de guerras que não são suas. Mais uma vez o povo volta a sentir o sofrimento e os mortos. ---- Desta vez mudou a localização, mudou o local. Desta vez foi atingido o coração de Barcelona. Mas, novamente, o objetivo foi o mesmo: os civis desarmados e inocentes. ---- Seja no Iraque, Afeganistão, Síria, Iêmen, Londres, Paris, Berlim, no Mediterrâneo ou nas cercas de Melilla, mais uma vez nos convertemos em bodes expiatórios, em danos colaterais de uma guerra entre facções que desconhecemos, que não medem os meios ou limites para alcançar seus objetivos, que não conhecem o significado da palavra "amor". ...


(pt) sindivarios araxa: FORA TODOS! II.
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Aug 22 04:37:33 GMT 2017

Estamos cansados de trabalhar para sustentar parasitas, estamos cansados de enfrentar o desemprego para garantir o lucro dos empresários. É hora de lutar, fora todos eles, sem mais parasitas; ocupar ruas, praças e locais de trabalho, promover assembleias e exigir oque é nosso. Não somos massa de manobra daqueles sindicalistas pelegos que no poder negociaram com os patrões e desorganizaram a classe trabalhadora. Organize-se para se defender, para defender seus companhe

http://sindivariosaraxa.blogspot.co.il/2017/08/fora-todos_17.html
_________________________________________
...



(pt) [México] Concentração pela liberdade de Luís Fernando Bárcenas Castillo, preso anarquista By A.N.A. (en)
a-infos-pt@ainfos.ca
Tue Aug 22 04:37:23 GMT 2017

Segunda-feira, 21 de agosto, a partir das 11 horas, em frente da sede do Governo de Zócalo, na Cidade do México. ---- Estudante do CCH Vallejo, Luís Fernando Bárcenas Castillo foi detido em dezembro de 2013 no contexto dos protestos contra o aumento da tarifa do metrô, posteriormente condenado a 6 anos de prisão, dos quais mais da metade já foram cumpridos, motivo pelo qual iniciou os procedimentos legais para obter uma libertação antecipada, pois cumpre todos os requisitos para isso. ---- No entanto, tal benefício lhe foi negado, sob falsos argumentos de não cumprir os requisitos de soltura. Um recurso já foi apresentado, aguardando resolução. ---- Sua mãe, juntamente com companheiros e companheiras, iniciaram uma coleta de assinaturas via internet e física para enviar uma petição ao governo da Cidade do México. E como esse é o último recurso ...


(pt) Chamada e convite para a 8ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre, 28 e 29 de outubro de 2017 By A.N.A.
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Aug 21 06:40:32 GMT 2017

Convidamos a todas e todos que compartilham, vivenciam ou gostariam de conhecer mais das ideias e práticas anarquistas para construir a 8ª Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre, que acontecerá nos dias 28 e 29 de outubro de 2017. ---- Você ama a liberdade e quer se ver livre das amarras desse sistema? Participe! Traga sua banca, suas publicações e ideias, organize uma roda de conversa, uma exibição de vídeo uma oficina ou outra atividade! ---- As Feiras do Livro Anarquistas acontecem ao redor do mundo e são tradicionais pontos de encontro, confraternização, reflexão, debates e organização. Elas reúnem pessoas de diversas tendências que buscam a anarquia e novas formas de viver e se relacionar, livres de opressão e hierarquias. A Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre, junto com a de São Paulo, é das mais antigas nos territórios ocupados pelo Estado ...


(pt) rusga libertaria EVENTO - AGOSTO DE 2015: A COMUNA DE PARIS E SEU LEGADO HISTÓRICO PARA AS LUTAS SOCIAIS DE HOJE
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Aug 21 06:39:59 GMT 2017

Evento realizado no dia 14 de agosto de 2015.

Nossa militante faz abertura lendo uma carta de Louise Michel sobre a luta durante a Comuna de Paris.
A atividade teve como intenção debater a experiência histórica de luta e organização das/os envolvidas/os na Comuna de Paris, ocorrida no século XIX.

https://rusgalibertaria.noblogs.org/arquivos/941
_________________________________________
...



(pt) [CAB] MARCO TEMPORAL NÃO! CONTRA OS ATAQUES DO ESTADO E DOS LATIFUNDIÁRIOS!
a-infos-pt@ainfos.ca
Mon Aug 21 06:39:51 GMT 2017

SOLIDARIEDADE, LUTA E RESISTÊNCIA COM OS POVOS ORIGINÁRIOS E QUILOMBOLAS! ---- É na carne do povo que o andar de cima corta para garantir seus privilégios. Assim foi com a reforma trabalhista, com a PEC que congelou investimentos públicos por 20 anos e assim é com as demarcações das terras indígenas e quilombolas, agravado agora com a pressão da bancada ruralista sobre o STF para o uso do Marco Temporal para as demarcações de Terras radicionais. ---- A situação se agrava nesse momento porque para garantir a permanência na cadeira presidencial, Temer jogou com a vida dos Povos Originários e Quilombolas. Para acobertar seus crimes de corrupção, ele barganhou o apoio da bancada ruralista no congresso com a assinatura do parecer da AGU que limita as demarcações de terras indígenas e quilombolas apenas para áreas ocupadas antes a promulgação da Constituição Federal de ...


(pt) Coordenação Anarquista Brasileira Luta Social #2 - OS MASSACRES CONTINUAM! -- LUTA E REPRESSÃO NO CAMPO
a-infos-pt@ainfos.ca
Sun Aug 20 05:52:19 GMT 2017

19 de abril de 2017: na semana em que se completam 21 anos de Massacre de Eldorados dos Carajás, no sudeste paraense, nove trabalhadores rurais são assassinados por um grupo conhecido como "os encapuzados", em Colniza/Mato Grosso - MT. A região é cobiçada há tempos pelos fazendeiros que contratavam capangas para expulsarem as famílias, matar quem encontrasse no caminho e, assim, invadir suas terras. ---- 20 de abril de 2017: Indígenas e entidades de diversas regiões do país reúnem-se na Praça do Compromisso em Brasília-DF, em um ato inter-religioso de memória e homenagem a um lutador que fora tombado há exatamente 20 anos atrás; Galdino Pataxó Hã-Hã-Hãe, originário da Terra Indígena Caramuru Catarina Paraguassu no sul da Bahia. ---- O episódio de crueldade constituiu uma verdadeira atrocidade que apenas um Estado racista e conivente explica e se justifica. ...


(pt) log, Um comunista libertário em YPG # 10: " Dois soldados aterrorizados Daech" por redac (en, it, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Sun Aug 20 05:52:06 GMT 2017

" Quem eram eles ? Os voluntários estrangeiros ? Sírios ? O que os havia trazido para se juntar ?" ---- Libertaire alternativa reproduzido entradas de blog Curdistão-autogestão-revolução , diário de viagem de um camarada que se dedicam à YPG. ---- Ao longo das semanas, ele vai refletir a vida nos combates milícias discussões que levam a ele e experimentar a Confederalismo democrática nas zonas libertadas. ---- Frente Oriental Raqqa, 16 de agosto de 2017 ---- Após meu post anterior. ---- A tarde de 27 de maio, desci do telhado em que eu estava de serviço, olhando para a cidade de Mansoura, e eu fui para a cozinha da casa onde minha Tabur tinha tomado posição. ---- A sede queimou minha garganta e eu comecei a beber avidamente da torneira (que raramente é uma boa idéia para o estômago Ocidente, tão impotente contra os poderosos bactérias do Oriente Médio). ...


(pt) [Alemanha] Solidariedade com os detidos durante os protestos anti-G20 em Hamburgo By A.N.A.
a-infos-pt@ainfos.ca
Sun Aug 20 05:51:57 GMT 2017

Após um mês da realização da reunião dos líderes do G20 em Hamburgo, é essencial recordar as pessoas que foram detidas durante as manifestações anti-G20, que estão sob investigação e/ou enjauladas pelo Estado alemão. Atualmente 35 pessoas se encontram encarceradas na cidade de Hamburgo. ---- Agora é o momento de organizar eventos de solidariedade, manifestações em embaixadas ou consulados alemães, reforçar as doações e expressar todo o tipo de apoio com os presos e presas, como por exemplo, escrevendo cartas e divulgando as direções de contato. ---- Sejamos solidários com todas os detidos durante o G20 e atualizemos a situação de cada um através das redes de contrainformação. Que saibam que não estão sozinhos. Mais ações, mais pressão sobre as autoridades, os meios de comunicação e o seu mundo. ...


(pt) Catalunia, embat: Mãos fora de Venezuela. (ca, en, it, fr) [traduccion automatica]
a-infos-pt@ainfos.ca
Sat Aug 19 05:40:02 GMT 2017

Antes e depois do referendo para a Assembléia Constituinte na Venezuela, o país latino-americano vem ocupando páginas dos jornais e as actas das notícias na Catalunha e em toda a Espanha. É difícil no nosso país que é alguém que você não receber informações sobre Venezuela. Com a esmagadora enorme maquinaria de desinformação, com todos os principais meios de atacar o processo venezuelano, tentamos apresentar uma Venezuela governada por um governo tirânico que vive no caos, os habitantes dos quais necessitam de intervenção urgente dos braços humanitárias Nato. ---- O ataque, também aqui por terra, mar e ar contra o processo venezuelano pretende disciplinar uma peça incontrolável de bordo e do mundo latino-americano, e disciplina todas as pessoas que querem caminhar por si mesmos. Venezuela tornou-se o desemprego tampa, a corrupção, a insegurança de nossas ...


@

Last updated: Tue Aug 22 06:38:51 2017