A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020

(pt) France, Union Communiste Libertaire UCL - Retorno de inseticidas neonicotinóides: poder a mando de multinacionais (de, en, fr, it)[traduccion automatica]

Date Thu, 8 Oct 2020 08:19:40 +0300


Em junho de 2020, seguindo a convenção do clima, o Chefe de Estado anunciou a redução do uso de agrotóxicos em 50% até 2025 e atingir 50% das fazendas em agroecologias em 2040. ---- Mais uma vez as coisas começaram bem: "No dia 6 de agosto, o governo anunciou que queria conceder a partir do próximo ano uma isenção da proibição dos inseticidas neonicotinóides para o cultivo da beterraba." ---- São inseticidas muito perigosos e persistentes que contaminam todo o meio ambiente por vários anos após seu uso, impactando gravemente o meio ambiente e os polinizadores. Eles foram proibidos de todo uso fitossanitário em setembro de 2018. ---- Paralelamente, a Ministra da Ecologia, Bárbara Pompili, assina a petição "o apelo das papoulas" para o banimento dos pesticidas sintéticos: pensamos estar a sonhar face a tanta hipocrisia.

Para quem pensa que a ecologia deve ser apolítica, pois deve ser da conta de todos, o retorno à realidade é difícil. Um poder adquirido para a causa do capitalismo nunca escolherá se opor ao agronegócio e aos vários lobbies pró-pesticidas.

Mais uma vez, o Estado dá lugar de destaque à agroindústria e aos lobbies do açúcar, sempre destruindo um pouco mais o nosso ecossistema, ao escravizar um pouco mais os camponeses tornados dependentes de certos produtos para garantir rendimentos industriais e preços e rendimentos mais baixos. Tudo isso para produzir açúcar de menor qualidade, utilizado na fabricação de alimentos responsáveis por diversos males à saúde e sociais.

Para a UCL, afirmamos que nossa ecologia, nossa agricultura e nossa alimentação devem ser anticapitalistas, uma vez que só podemos mudar as coisas em questões ambientais lutando frontalmente contra os interesses capitalistas.

O grupo de trabalho agrícola da Union Communistes Libertaires

https://www.unioncommunistelibertaire.org/?Retour-des-insecticides-neonicotinoides-le-pouvoir-aux-ordres-des
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt