A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019 | of 2020

(pt) Organização Anarquista Socialismo Libertário - OASL: R$ 4,40 NÃO! NENHUM AUMENTO A MAIS NO CUSTO DE VIDA DO POVO!

Date Sun, 12 Jan 2020 09:44:23 +0200


Entramos em 2020 com mais um aumento nas tarifas de ônibus, trens e metrô em São Paulo. Depois de cogitarem manter os preços, por conta das revoltas que sacudiram alguns países da América Latina, prefeitura e governo estadual combinaram um aumento de dez centavos na tarifa comum, além de aumentos nas outras modalidades de passagem, para alegria dos barões do transporte. ---- Mais revoltante é a certeza de que a tarifa subiu, enquanto a qualidade do transporte ficou pior. O sistema de ônibus de São Paulo vem sendo precarizado a cada ano, com menos veículos nas ruas, corte de linhas, e demissão de cobradores. No metrô e trens, já são décadas de cartéis que superfaturaram as licitações, fazendo as obras custarem muito mais do que deveriam, um verdadeiro roubo a todos nós. A demora na entrega de estações e a privatização de linhas são outros sérios problemas, que só pioram e encarecem ainda mais o serviço. Por isso, é necessário o máximo de solidariedade e apoio à luta dos trabalhadores do transporte público.

Todo aumento é injusto, porque a tarifa é injusta! Pior é um aumento nesse contexto, de desemprego alto e trabalho ainda mais precarizado. A Reforma Trabalhista, em 2017, e a Reforma da Previdência, em 2019, só pioraram a qualidade dos empregos (quando tem emprego!) e diminuíram a aposentadoria que todos nós vamos receber no final da vida (se conseguirmos nos aposentar!). O desemprego chega a 12 milhões no Brasil. Só na Grande São Paulo, são quase 2 milhões de pessoas sem qualquer trabalho remunerado, e cada vez mais gente trabalhando sem carteira assinada, suando pra garantir o pão de cada dia. Como é possível subir a tarifa do transporte com essa situação tão ruim pro povo?

Está difícil suportar tudo mais caro! Transporte, moradia e alimentação são os principais gastos das famílias trabalhadoras, e qualquer aumento é pior para os mais pobres. O fim de 2019 foi bem amargo nesse sentido, com o aumento do preço da carne, que tirou comida do nosso prato, enquanto os pecuaristas ganham milhões vendendo carne pra China. É essencial apoiar a luta dos sem-terra, para que possamos ter alimentos baratos e de qualidade. O aluguel, o botijão de gás e a conta de luz também aumentaram bastante, apertando cada vez mais nosso orçamento.

Essa tarifa mais cara também tem origem no aumento no preço dos combustíveis, por uma política do governo para que a Petrobras se preocupe somente com o lucro, em vez de servir ao povo. Aumentos que impactam o preço de todos os produtos, e pioram o rendimento de quem tira o sustento da estrada, como os caminhoneiros, que seguem amargando dificuldades. Também são prejudicados motoristas de aplicativo e motoboys, que para conseguir o mínimo para sobreviver, muitas vezes trabalham pelo menos dez horas por dia, de segunda a segunda, sem nenhuma proteção caso algum problema aconteça.

A luta popular é a saída!

Não dá pra gente esperar de braços cruzados que os políticos ou empresários poderosos resolvam nossos problemas: eles não se preocupam com a gente. Com esse cenário de fome, precarização e aumento do custo de vida, só por meio da luta popular podemos conquistar uma vida digna, com saúde e educação de qualidades, com empregos decentes e comida na mesa. Enquanto organização política revolucionária, acreditamos que só a ação direta organizada, com democracia de base e combatividade, têm condições de fazer os poderosos recuarem, e superar a exploração.

Barrar o aumento da tarifa! R$ 4,40 não!
Contra o aumento do custo de vida e da pobreza!
Democracia direta com povo forte nas ruas!

Organização Anarquista Socialismo Libertário
Janeiro de 2020

https://anarquismosp.wordpress.com/2020/01/06/r-440-nao-nenhum-aumento-a-mais-no-custo-de-vida-do-povo/
facebook.com/anarquismosp/posts/1370723156447654:0
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt