A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018

(pt) [Bangladesh] Primeiro de Maio em Sylhet: "Nossa luta é para erradicar todos os tipos de autoritarismo!" By A.N.A. (en)

Date Sun, 6 May 2018 10:12:24 +0300


A Federação Anarco-Sindicalista de Bangladesh (BASF) organizou um ato (passeata, comício e debates) na manhã desta terça-feira (01/05) para marcar o Primeiro de Maio, o evento contou com a participação de outras organizações afiliadas. A manifestação aconteceu em Sylhet, nas áreas de plantação de chá. Um grande número de mulheres trabalhadoras, homens e jovens, participaram com entusiasmo. Falaram no debate Moni Sankar Das, Ranjit Das, Jugal Das, Srikant Das, Amulya Das, Ananda Das, Anjan Das, Sanjeev Karmi, Nishi Das, Janoni Das, Bobby Das e Shunita Das. Fundador e secretário da BASF, o advogado AKM Shihab teve papel como facilitador do evento. ---- AKM Shihab fez um discurso de boas-vindas no início do encontro. Ele disse, entre coisas: "A nova base anarquista é a união de trabalhadores e o método de ação é a luta trabalhista"; "O sindicato não é apenas uma ferramenta para lutar, pode ser a estrutura para a sociedade futura"; "Socialistas usaram os sindicatos da classe trabalhadora por muito tempo, como trampolim, para ocupar o poder de Estado, mas não deram certo"; Marx e seus seguidores também não vêem outro papel para os sindicatos"; "Somos contrárixs a este princípio"; "O objetivo de nossa luta não é conquistar qualquer poder, queremos todxs nos livrar do autoritarismo. Não apenas queremos acabar com a exploração, mas abolir os dominantes. Acreditamos que nenhum ser humano pode se tornar senhor de outro. As pessoas não podem dominar outros seres humanos. O povo irá coletivamente governar a si mesmo por meio de ações criativas entre si".

As pessoas presentes também falaram e expressaram sua homenagem aos mártires de Chicago. Estimularam o fortalecimento do trabalho de organização e federação sob a luz dos ideais do anarco-sindicalismo e do respeito a auto-iniciativas como forma de obter direitos iguais para todo o povo trabalhador, incluindo todos os tipos de trabalhadorxs, especialmente da produção de chá, borracha, construção, transporte, etc.

Tradução > Imprensa Marginal
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt