A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018

(pt) France, Alternative Libertaire AL - AL retirada do coletivo Com a revolução síria (en, fr, pt) [traduccion automatica]

Date Fri, 9 Feb 2018 08:17:42 +0200


Em 24 de janeiro de 2018, a Alternativa Libertária optou por retirar-se do coletivo com a Revolução da Síria e explicou-a em uma carta aos animadores do coletivo. ---- Queridos camaradas, ---- Nós informamos que você deseja que a alternativa libertária se retire do coletivo com a revolução da Síria. ---- A principal causa desta retirada é prática: AL já não consegue seguir seriamente as atividades do coletivo. ---- Em 2011-2012, a Alternative Libertaire participou das demonstrações de apoio que, em Paris, Marselha e outros lugares, reuniram centenas de tunisianos, egípcios, sírios e líbios em apoio a Primavera árabe. A organização também prestou parte do serviço de ordem em uma reunião da esquerda síria no exílio na Bolsa de Trabalho de Paris, para dissuadir os bandidos de Bachar de atacar esses camaradas.

Por conseguinte, é bastante natural que, em 2013, a Alternative Libertaire se juntou ao coletivo Com a Revolução Síria (ARS) ao lado de Cedetim, a tendência sindical Emancipação, Juntos, o Fórum de Cidadania da Palestina, o NPA, a UJFP e a Union syndicale Solidaires.

Este coletivo está fazendo um trabalho útil: continua, vale a pena, lançar luz sobre a dinâmica revolucionária ou, pelo menos, sobre os cidadãos, que persistem na Síria, apesar da degeneração do ASL e do confisco da revolução por grupos de Islamistas de extrema-direita, muitas vezes não guiados por poderes estrangeiros.

Não devemos acreditar que o apoio crítico que AL trouxe aos curdos deixados na guerra civil síria desde o final de 2014 leva-nos a ignorar essas dinâmicas dos cidadãos.

Mas devemos reconhecer isso por muitos meses, por falta de tempo, não seguimos a notícia de ARS em linha pontilhada.

Portanto, preferimos ter a honestidade de retirar, ao mesmo tempo em que asseguramos aos camaradas do ARS nossa disponibilidade para divulgar suas iniciativas caso a caso.

Atenciosamente,

A Secretaria Federal da AL, 24 de janeiro de 2018

http://www.alternativelibertaire.org/?Retrait-d-AL-du-collectif-Avec-la-revolution-syrienne
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt