A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017

(pt) [Espanha] CGT ante a criminalização midiática do antifascismo By A.N.A. (en)

Date Mon, 25 Dec 2017 16:42:54 +0200


Ao amparo do referendo na Catalunha têm se vivido em todo o Estado uma deterioração das liberdades e direitos civis dos presos políticos, com um aumento da repressão e auge da tolerância do fascismo em todos os âmbitos. ---- Com o recente acontecimento da rua Heroísmo, tratado de maneira muito parcial pelos meios de comunicação que julgou e condenou a um dos detidos antes inclusive de conhecer o atestado policial e a declaração de dita pessoa, a situação em Zaragoza se agravou; os meios de comunicação criminalizou todo o movimentos social alternativo da cidade, em especial o movimento antifascista e o movimento okupa, assinalando lugares e espaços concretos como o CSO Kike Mur[Centro Social Okupado]e diversos locais da Madalena. Com esta atitude irresponsável dos meios de comunicação se colocou no ponto de mira de grupos neonazis violentos a determinados espaços, como se pode comprovar este mesmo sábado; onde uma vintena de neonazis se concentrou, sem as permissões pertinentes, ante o CSO Kike Mur. Por sorte não houve incidentes e os neonazis tiveram que abandonar o bairro escoltados pela polícia ante os gritos e vaias dos moradores de Torrero.

O ocorrido destes dias em Zaragoza não é fruto da casualidade, a pressão midiática em torno do conflito catalão levou a um auge do fascismo, onde grupos de extrema-direita como Falange convocaram diversas manifestações nas ruas de nossa cidade, onde perseguem políticos, cidadãos e cidadãs, com ameaças constantes. Atitude que desde o Estado se tem tolerado e apoiado com medidas repressivas.

A CGT lamenta e condena a perseguição e criminalização dos movimentos sociais. A CGT é uma organização anarcossindicalista, antifascista e feminista que luta por uma mudança social necessária, ainda mais nestes dias. Desde a CGT felicitamos as moradoras e os moradores dos bairros da Madalena e Torrero que estão sofrendo a perseguição midiática estes dias e estão respondendo com integridade, saindo às ruas e enfrentando o fascismo.

Fonte: https://www.cgtaragon.org/cgt-ante-la-criminalizacion

Tradução > Sol de Abril
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt