A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017

(pt) O Coletivo Quebrando Muros apoia a luta das trabalhadoras e dos trabalhadores terceirzad@s da UFPR!

Date Tue, 24 Oct 2017 10:39:58 +0300


Os trabalhadores e as trabalhadoras da cozinha dos Restaurantes Universitários (RUs) da UFPR, em Curitiba, estão se mobilizando contra a injusta retirada de R$ 150,00 do Vale Alimentação (de R$ 330,00 para R$ 180,00) e a exploração geral que sofrem em seus ambientes de trabalho. Terceirizadas da limpeza relatam sofrer descontos absurdos e frequentes de seus salários, bem como atrasos e erros nos pagamentos de insalubridade. Os descontos não são explicados, e os/as trabalhadores/as seguem sendo explorados e tendo que encarar situações de assédio moral. Enquanto isso as empresas continuam lucrando, a Reitoria da Universidade segue conivente, e o sindicato se abstém do cumprimento de seu papel de representar os interesses das e dos trabalhadores.

Cabe dizer que na audiência que aconteceu nesta quinta-feira (19), em que estavam presentes o sindicato, os trabalhadores, a empresa e a reitoria, esta última se posicionou contra o acordo e a conquista das pautas dos terceirizados, fazendo com que estes permaneçam em greve e mobilizados contra a exploração que sofrem. Assim, a UFPR se mantém conivente com as condições de trabalho dos terceirizados e seus salários, que têm chegado a R$ 600.

A mobilização d@s terceirizad@s é justa e necessária, por isso nos colocamos ao lado deles e reconhecemos a importância dos estudantes apoiarem a luta e somarem nas ações!

https://www.facebook.com/ColetivoQuebrandoMuros/?hc_ref=ARR_Wz7ZpCRWp4TxljO072QbboriQUQ_UWaQJbfDLVkVuztKfiIsNScrdtDH3kI4c38&fref=nf
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt