A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017

(pt) [Argentina] Buenos Aires: Pichações contra a IIRSA By A.N.A.

Date Wed, 22 Feb 2017 09:39:06 +0200


Debaixo do Cimento... ---- (Pela Semana de Agitação e Propaganda Anárquica Contra a IIRSA) ---- A luta não é só no campo, nos bosques, nos rios, na montanha, no monte, na selva ou nos mares. Ainda que o reconheçamos: a luta direta pela Terra, mais efetiva, está aí. Mas nossa luta não se limita. ---- A expansão da exploração e o extrativismo - a devastação da Terra - tem uma origem e uma base que o impulsiona. Uma base de cimento cinza e monótono. E uma origem dominadora e conquistadora. ---- As cidades-contêineres sepultam a vida, qual cemitério que lhe espera. Porque debaixo do cimento está a terra. Terra que será fertilizada com os defensores e impulsionadores da devastação quando estes sejam enterrados para logo colher rebeldia. ---- O que o inimigo chama natureza para nós somos nós. ---- Porque não nos afastamos nem queremos separar-nos daquilo que somos. O defendemos, nos defendemos e atacamos como seja e com o que seja, ainda que seja pouco ou não seja muito.

Com carinho e rebeldia aos que lutam diretamente, cara a cara, pela Terra e a Vida contra o Capitalismo e a alienante Civilização onde seja.

Hoje, nesta selva de cimento, paredes que cairão ao menos dizem:

NÃO À IIRSA

NÃO À EXPLORAÇÃO

Pichações anárquicas em alguma parte de Buenos Aires.

Tradução > Sol de Abril
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt