A - I n f o s

uma agência de notícias multilínguas de, por e para anarquistas **
Notícias em todos os idiomas
Últimas 30 mensagens (Portal) Mensagens das últimas duas semanas Nossos arquivos de mensagens antigas

As últimas cem mensagens, por idiomas em
Castellano_ Català_ Chinês_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Grego_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

Primeiras Linhas Das Dez últimas Mensagens
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe


Primeiras linhas de todas as mensagens das últimas 24 horas
Indices das primeiras linhas de todas as mensagens dos últimos 30 dias | de 2002 | de 2003
| de 2004 | de 2005 | de 2006 | de 2007 | de 2008 | de 2009

(pt) [Polônia] Varsóvia: Resumo da manifestação anarquista do 1˚ de Maio

Date Tue, 8 May 2012 12:07:17 +0200


Neste 1˚ de Maio, anarquistas e anarcosindicalistas fizeram uma manifestação na
capital polonesa, Varsóvia. Durante a marcha, foi falado sobre a deterioração da
situação da classe trabalhadora, a padronização dos contratos de merda, o aumento da
idade da aposentadoria e o ataque capitalista sobre os direitos dos trabalhadores
conquistados no século passado. A manifestação crítica se opôs aos sindicatos
pelegos, que constantemente pactam com os patrões e se recusam a convocar greves,
mesmo agora que enfrentamos a pior das situações.
As faixas da união anarcosindicalista ZSP diziam: "Chega de pactos", "A guerra de
classes continua" e "Não quero morrer trabalhando". Os textos distribuídos
criticavam aos pseudo-esquerdistas que também foram às ruas nesta data, e em
particular a formação neoliberal RP (Ruch Poparcia, liderada por Janusz Palikot),
que também incorpora em seu discurso questões relacionadas com o estilo de vida
liberal e se apresenta como partido da esquerda, vota a favor do aumento da idade da
aposentadoria. Antes da manifestação, também havia um comentário que os
nacionalistas tentariam aproveitar o 1˚ de Maio e se infiltrar no movimento
operário.

Quando a manifestação passou pelas cafeterias que estavam abertas para lucrar, foi
dito aos que estavam sentados que os empregados recebem por hora menos do que custa
o seu café, e que eles não só tem que trabalhar no 1˚ de Maio, mas que tampouco
terão férias remunerada.

Na marcha, que atraiu o interesse tanto dos transeuntes como dos meios de
comunicação, participaram além dos anarcosindicalistas da ZSP e da Federação
Anarquista, muitas individualidades anarquistas, alguns do grupo dos indignados e
esquerdistas radicais que aderiram à marcha anticapitalista.

http://www.zsp.net.pl/


agência de notícias anarquistas-ana
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt