A - I n f o s

a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **
News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts Our archives of old posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Catalan_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_
First few lines of all posts of last 24 hours

Links to indexes of first few lines of all posts of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012

Syndication Of A-Infos - including RDF - How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups

(pt) FARJ* LIBERA #155 - Notícias Libertárias

Date Sun, 16 Dec 2012 12:58:15 +0200


Aniversário do CALC: No dia 31 de outubro o Coletivo Anarquista Luta
de Classe (CALC-PR) completará dois anos de vida.Apesar de enfrentar to-
dos os limites possíveis que uma primeira experiência organizativa costuma
ter, nossos companheiros e companheiras de Curitiba seguem firme conso-
lidando a organização política local, participando na Coordenação Anarquis-
ta Brasileira (CAB) e desenvolvendo trabalho e inserção social junto aos
compas do Coletivo Quebrando Muros. Seguimos organizados em torno
das lutas comunitárias e estudantis que acontecem na cidade de Curitiba,
mais especificamente na UFPR e na Vila Torres. Também se mantém na co-
ordenação do Círculo de Estudos Libertários (CEL), na edição do jornal No
Batente e com a banca de livros na Reitoria da UFPR.

Pensando sobre um balanço do esforço coletivo de nossos companheiros
e companheiras nesses dois últimos anos, consideramos a iniciativa como
extremamente positiva. Em que pese à necessidade de amadurecimento co-
letivo e as dificuldades naturais enfrentadas por quem faz política a partir da
realidade, nossos co-irmãos e irmãs das terras paranaenses são aqui sauda-
dos por sua coragem, responsabilidade, coerência e humildade, fazendo aos
poucos o anarquismo voltar à cena das lutas sociais e da política local. Vida
Longa ao Coletivo Anarquista Luta de Classe.

Saudamos o primeiro ano do CABN: No 01 de setembro de 2012 foi
festejado o primeiro aniversário do Coletivo Anarquista Bandeira Negra. A
atividade comemorativa aconteceu no Centro de Direitos Humanos Maria
da Graça Bráz, na cidade de Joinville, norte de Santa Catarina, e contou
com a participação de uma animada “plenária”, além da revenda de livros
da Livraria 36. Há pouco mais de um ano, no dia 27/08/11, foi fundado o
CABN, resultado de algumas iniciativas da militância local e do esforço de
uma jovem e comprometida companheirada, agora organizada nas frentes
comunitária e de movimentos sociais, atuando nos núcleos Jonville, Chapecó
e Florianópolis.

A comemoração foi aberta por um dos companheiros do CABN. Em se-
guida foi feita a leitura das saudações enviadas pelas demais organizações
políticas que compõem a CAB, a Coordenação Anarquista Brasileira. Após a
leitura das saudações a companheira Eliete da Federação Anarquista Gaúcha
(FAG-RS) apresentou um histórico do FAO, o companheiro Wili do Coletivo
Anarquista Luta de Classe (CALC-PR) abordou a questão dos diferentes
níveis de organização e o companheiro Maikon (CABN) traçou uma breve
trajetória do anarquismo organizado em Santa Catarina, abrindo assim os
temas para debate junto à plenária.

Nós da FARJ torcemos para que os companheiros e companheiras catari-
nenses tenham êxito na consolidação da organização política e na prática
de um anarquismo imerso na lutas sociais, que se preocupa, sobretudo, em
servir aos explorados como ferramenta de transformação social.Vida longa
ao Coletivo Anarquista Bandeira Negra.

Outra Campanha: Em tempos de eleições, grupos e movimentos sociais
de vários estados trabalharam ativamente na construção de um povo for-
te através da Outra Campanha. Essa experiência é inspirada na prática dos
zapatistas no México que, ao invés de escutarem um candidato ou “mártir”
nas eleições, fizeram uma caravana escutando as comunidades para formular
coletivamente um programa e projeto popular. Foram realizadas atividades
da Outra Campanha no Paraná, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, São Paulo
(interior e capital), Pernambuco,Alagoas, etc. No Rio de Janeiro a Outra Cam-
panha partiu da experiência de diversos grupos e movimentos sociais, circu-
lando em várias comunidades, ocupações e espaços de militância dos envol-
vidos. No nosso estado, tivemos como reforço, os chamados “Congressos
Municipais”, experiência histórica de democracia direta e poder popular do
Movimento das Comunidades Populares (MCP). Um congresso reunindo mais
de 20 comunidades, com as sínteses dos problemas e soluções discutidos
coletivamente nas bases de atuação dos diferentes grupos, foi realizado com
sucesso na sede do SINDPETRO-RJ. O trabalho não se esgota no calendário
eleitoral.A Outra Campanha é permanente, pois é permanente a luta e a re-
sistência dos povos! Ação Direta é a arma que nós temos! Prosseguimos no
trabalho cotidiano, prosseguimos na nossa Outra Campanha.

A Luta com os movimentos populares no 18o Grito dos Excluídos”:
Nessa 18o edição do “Grito dos Excluídos”, a Avenida Presidente Vargas, no Rio
de Janeiro, foi ocupada por dezenas de bandeiras de luta. Mesmo com um “Sol
de inverno” de 35o, centenas de militantes de movimentos sociais, sindicatos
e organizações políticas marcaram presença. Este ano, o “Grito” contou com
uma grande mobilização dos movimentos sociais. Estiveram reunidos, ombro
a ombro, o Movimento dos Trabalhadores Desempregados “Pela Base!” (MTD
Pela Base! – RJ), a Organização Popular, o bloco musical Se Benze Que Dá, o
Movimento das Comunidades Populares (MCP), a Frente Internacionalista dos
Sem-Teto (FIST), entre outros grupos e companheiros. A proposta da Outra
Campanha foi divulgada durante o ato com panfletos informativos, junto com o
jornal Socialismo Libertário, da Coordenação Anarquista Brasileira (que integra-
mos) e o nosso periódico, o LIBERA.

3a Feira do Livro Anarquista de Porto Alegre: Durante os dias 16, 17,
18 de novembro ocorrerá uma grande propaganda do anarquismo na Usina
do Gasômetro. Lá será realizada a 3a Feira do Livro Anarquista de Porto
Alegre. Haverá oficinas, debates, filmes e muitos livros!

3o Feira Anarquista de São Paulo: A cidade de São Paulo se prepara
para mais um evento anárquico no mês de Novembro, dessa vez acontecerá
no Parque da Água Branca, a 3o Feira Anarquista de São Paulo. No dia 4 de
Novembro, das 10 às 20 horas, ocorrerão atividades culturais, bancas de li-
vros e periódicos libertários e, a presença de companheiros de todo o Brasil
e do Mundo.A entrada é franca.

Colóquio Internacional de Educação Libertária - 100 Anos da
Escola Moderna de São Paulo: De 5 a 9 de Novembro, na Faculdade
de Educação da USP na cidade de São Paulo haverá um encontro de come-
moração aos 100 anos da Escola Moderna de São Paulo. Haverá debates e
apresentações de trabalhos sobre o tema educação libertária e afim. Esse
encontro também acontecerá aqui no Rio de Janeiro, na sede do SINDSCO-
PE em São Cristovão, no dia 12 de Novembro. Para mais informações sobre
o evento acesse o site: coloquioeducacaolibertaria@wordpress.com.
==========================================
* FARJ - Anarchist Federation of Rio de Janeiro - Member of the Coordination Organization Anarchist Brazilian
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center