A - I n f o s

a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **
News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts Our archives of old posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Catalan_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_
First few lines of all posts of last 24 hours

Links to indexes of first few lines of all posts of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017

Syndication Of A-Infos - including RDF - How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups

(pt) Alternativa Libertaire Nantes: O direito argentino ela renouerait com suas práticas malignas, eliminando os militantes e ativistas revolucionários? (ca, en, it, fr) [traduccion automatica]

Date Sat, 2 Sep 2017 10:03:16 +0300


Santiago Maldonado desapareceu depois de sua prisão pelo argentino Gendarmaria Nacional, 01 de agosto, em um comício em apoio à causa do povo mapuche para reivindicar suas terras ancestrais contra os latifundiários. Quando ele foi visto pela última vez, ele montou em um caminhão da Gendarmerie Nacional. Seus amigos e familiares estão sem notícias dele por quase um mês. ---- Pressione a coordenação de grupos anarquistas na Argentina: ---- "O desligamento forçado eo desaparecimento do anarquista Santiago Maldonado revela mais uma vez a brutalidade do Estado e sua opressivo, violento e seu papel central na defesa das desigualdades sociais, o capitalismo cimento. ---- Santiago negado e desafiou o Estado argentino e do capitalismo, ao mesmo tempo que ele pôs os pés na terra da comunidade Mapuche. Ele trouxe à luz que os povos originais diários ao vivo destas terras. de pessoas que viram-se uma e outra vez invadida por colonos e os amantes da exploração estatal e capitalista.

Agustín Santillán, Hugo Delgado, Roberto Frías e prenderam 18 das pessoas Wichí. feridas miséria, perseguição, repressão, a bala. A cela úmida escura e a greve de fome é a única forma de resistência e denúncia.

Facundo Jones huala, ativista mapuche, foi baleado pelo Estado chileno - depois de ter sido bloqueado na luta, para organizar, para ser Mapuche e opor-se grandes proprietários de terras, que usurparam terras ancestrais.
É óbvio que o estado usa violência e repressão para evitar todas as formas de resistência à invasão e exploração. Argumentamos que os povos indígenas como os outros têm a liberdade de ser libertário!
Para o aparecimento de SANTIAGO MALDONADO ALIVE!
PARA A LIBERDADE DE FACUNDO JONES huala!
LIBERDADE E Agustín Santillán MILITANTS.ES Wichí POVOS!
TERRA E liberdade para o povo original!
NÓS NÃO parar!
Estado terrorista! "
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center