A - I n f o s

a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **
News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts Our archives of old posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Catalan_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Francais_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkurkish_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_
First few lines of all posts of last 24 hours

Links to indexes of first few lines of all posts of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014 | of 2015 | of 2016 | of 2017 | of 2018 | of 2019

Syndication Of A-Infos - including RDF - How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups

(pt) [FAT-GO] POR UMA GREVE CLASSISTA E COMBATIVA NA REDE ESTADUAL DE GOIÁS! Por Federação Autônoma dos Trabalhadores (FAT), filiada à FOB.

Date Wed, 6 Feb 2019 08:54:10 +0200


O governo de Goiás segue sua política de ataques contra a população. O "novo episódio" é o não pagamento dos salários do mês de dezembro para os servidores estaduais. A sem-vergonhice estatal é enorme, propondo parcelamento dos salários e pedindo para que farmácias e mercados façam "fiado" aos trabalhadores. Um absurdo atrás do outro, considerando que nos locais de trabalho existe acúmulo de funções, cobranças constantes e o trabalho não é feito em "parcelas". ---- Um dos setores mobilizados é o da educação. As categorias seguem paralisadas, mesmo diante das pressões do governo e das posturas recuadas e entreguistas do SINTEGO. Prova disso é a relação do sindicato com os trabalhadores contratados/temporários, que estão sofrendo perseguições e ameaças de demissão. O SINTEGO reforça que esses trabalhadores não são de sua responsabilidade, que não existe política para protegê-los e que as medidas de demissão vão ocorrer de qualquer jeito. Absurdo!

Um dos pontos fundamentais de qualquer mobilização política é a garantia de não retaliação daqueles que lutam. Reivindicar o pagamento imediato e combater a perseguição contra os trabalhadores são pautas indissociáveis. Por isso é importante romper com as posições da burocracia sindical e reforçar os laços de solidariedade e luta entre os trabalhadores da educação. Ou seja, construir a greve na rede estadual pelo pagamento imediato do mês de dezembro, retorno do auxílio-alimentação, não retaliação dos trabalhadores, entre outros. Sem ilusões com a institucionalidade e suas falsas promessas. Só um movimento classista e combativo é capaz de garantir vitórias.

PELO PAGAMENTO IMEDIATO DOS SALÁRIOS E RETORNO DO AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO

CONTRA AS PERSEGUIÇÕES AOS TRABALHADORES

FORA SINTEGO PELEGO!

PARA A BARRAR A PRECARIZAÇÃO E GREVE NA EDUCAÇÃO!

https://lutafob.wordpress.com/2019/02/01/fat-go-por-uma-greve-classista-e-combativa-na-rede-estadual-de-goias/
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center