A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2015 | of 2016

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) France, Alternative Libertaire AL - Córsega: O estado de emergência tolerar ataques racistas! (en, it, fr) [traduccion automatica]

Date Sun, 3 Jan 2016 12:56:55 +0200


Certamente, o governo "socialista" usa a emergência de forma muito selectiva: enquanto o estabelecimento de um estado de emergência após o assassinato de 13 de Novembro tinha servido como pretexto para proibir inúmeros eventos e para suprimir ativistas durante a COP 21, uma manifestação abertamente racista ameaçando represálias capita coletivos es uma área popular de Ajaccio não só é tolerada, mas apoiaram e filmados por todas as televisões. E hospeda um projeto pogrom, em seguida, são recebidos pelo prefeito! ---- Nós não endossamos a agressão dos sapadores bombeiros, cujas missões são de interesse público, mas não podemos aceitar essa explosão racista e islamofobia que culminou com a pilhagem de um lugar de culto muçulmano. A luta pelo reconhecimento dos direitos do povo da Córsega é legítimo, mas as organizações políticas e sindicais devem liderar essa luta, como alguns têm feito, denunciar e combater com firmeza desvios xenófobos que distorcem sua luta.

Estes eventos mostram que estávamos certos em denunciar o estado de emergência, que nada mais é que uma arma política com geometria variável. A polícia eo arsenal repressivo judicial é reforçada por um objetivo: calar a revolta popular que troveja contra a política anti-social de um governo a serviço dos ricos e poderosos, contra a operação diária do local de trabalho e contra o desemprego. Este mesmo governo agora está planejando incluir na Constituição a privação da nacionalidade para binacional, medindo diretamente extraídas do programa FN, o que só reforça o estigma e preconceito contra imigrantes-es.

É por isso que participar ativamente do coletivo "estado de parada de emergência" e é por isso que estamos na rua durante o primeiro fim de semana em fevereiro de chamada para o levantamento imediato do estado de emergência. Liberdade e igualdade: a luta continua.

Libertaire Alternativa, 29 de dezembro de 2015

http://www.alternativelibertaire.org/?Corse-L-etat-d-urgence-tolere-les
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://lists.ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt
A-Infos Information Center