A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) Comunicado da União Popular Anarquista (UNIPA) - Hoje os povos do mundo viram seus olhos para o acirramento da luta de classes no oriente.

Date Sat, 18 Oct 2014 17:54:21 +0300


Se no leste europeu deputados comunistas da nova república de Lugansk aprovam leis homofóbicas (dois anos de prisão para "prática pública de atos homosexuais"), em Kobane trabalhadoras e trabalhadores se unem em milícias para enfrentar o Estado Islâmico do Iraque e Levante (EIIL). ---- Após a invasão dos EUA no Iraque, a política do imperialismo passa pelo redesenho e a divisão de todo oriente médio. O desmantelamento do Iraque aumentou a resistência à ocupação com grupos vinculados a rede da Al Qaeda. Composto por Jihadistas de várias partes do mundo, esse grupo criou o EIIL patrocinado pelos EUA. Os rebeldes da Frente Al Nursa e do EILL são vinculados as forças paramilitares patrocinadas e treinadas pela OTAN. Não por acaso, romperam com Al-Qaeda para se concentrar na luta pela formação desse Estado que compreende o Nordeste da Síria e quase todas a regiões de maioria árabe sunita do Iraque.

As disputas entre esses dois blocos (EUA, Israel e Arábia Saudita, e outros VS Irã, Hezbolla e Assad) e a ação imperialista que favoreceu o jihadismo global, que se concentra agora na formação do EILL, não favorece a classe trabalhadora desses países. Como afirmamos no jornal Causa do Povo n 70 de julho 2014 "Todos esses Estados se colocam ao lado da classe dominante. Aos trabalhadores não cabe a defesa de um dos dois blocos políticos, a formação de um Estado controlado por determinados grupos políticos. É necessária a construção do autogoverno dos trabalhadores que passa pelo resgaste do internacionalismo e da revolução socialista".

Essa tarefa se materializa na construção das milícias em defesa de Kobane no Curdistão e no papel importante que a Ação Anarquista Revolucionária (DAF) da Turquia vem tomando na região, na defesa do direito de autodeterminação do povo Curdo, pelo direito a sua terra e na luta contra o machismo na prática, com mulheres combatendo na linha de frente.

As milícias armadas de trabalhadoras e trabalhadores servem de exemplo para todos os povos do planeta. Kobane será libertada pela força do povo em armas!

MORTE AO IMPERIALISMO!
MORTE AO EIIL!
PELA AUTODETERMINAÇÃO DOS POVOS!
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://lists.ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center