A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Greek_ 中文 Chinese_ Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007 | of 2008 | of 2009 | of 2010 | of 2011 | of 2012 | of 2013 | of 2014

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) France, Alternative Libertaire AL #243 - Leia Gaetano Manfredonia, "World History of anarchy" (en, fr) [traduccion automatica]

Date Wed, 26 Nov 2014 14:45:19 +0200


A cada ano, como o Natal se aproxima, as prateleiras das livrarias enfeitar de "belos livros" volumoso e caro, a rica iconografia é o argumento essencial. É nesta categoria que classifica a história do mundo de anarquia, co-publicado pela Editions Arte e Textual. França, Itália, Espanha, Rússia, EUA, Argentina, Japão, Coréia... é uma viagem eclética, mas ainda bem documentado que nós convidamos o historiador Gaetano Manfredonia, com texto nítido e uma série de belas fotografias em parte de seus arquivos pessoais. ---- Quem conhece o trabalho do anarquismo coreano, a partir da luta armada contra o imperialismo japonês? Em 1924, o Manifesto da revolução coreana Shin Chae-Ho, que ligava libertação nacional e de transformação social, assinou seu verdadeiro ato de nascimento. Os anarquistas, em seguida, participou de uma vasta experiência de auto-organização camponesa na Manchúria, mas logo teve que lutar em duas frentes, contra ambos os stalinistas chineses contra os fascistas japoneses.

Quem se lembra que havia um traço libertário nas 1957-1959 guerrilheiros cubanos? Algumas semanas após a queda do ditador Batista, anarquistas, no entanto, denunciou a aquisição de Fidel Castro e da virada autoritária da revolução. Em 1960, por se opor a reformas estatais na agricultura, eles foram perseguidos pelo novo regime e por último, a maioria tomar o caminho do exílio. Vamos ter uma visão geral desses episódios, e muitos outros ao longo do livro cuja capa, infelizmente desprovido de originalidade, não um tributo para o conteúdo.

William Davranche (AL Montreuil)

Para mais informações: www.anarchie-lelivre.com

Gaetano Manfredonia, Mundo História da anarquia, Textuel / Arte Editora, 2014, 288 páginas, 45 euros.
_________________________________________
A - I n f o s Uma Agencia De Noticias
De, Por e Para Anarquistas
Send news reports to A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
Subscribe/Unsubscribe http://lists.ainfos.ca/mailman/listinfo/a-infos-pt
Archive http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center