A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�_ The.Supplement

The First Few Lines of The Last 10 posts in:
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Trk�
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006 | of 2007

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) 3° Acampamento Anarquista na Suíça, de 13 a 22 de julho de 2007: Viver sem patrões!

Date Thu, 5 Jul 2007 19:10:27 +0200 (CEST)


A experiência dos outros acampamentos e encontros libertários vem
demonstrando quanto tem sido importante criar um espaço onde as pessoas
possam reencontrar-se regularmente, para juntar a teoria e a prática
anarquista, e poder passar juntos um tempo em alegria.

Somos sabedores que um acampamento libertário, limitado no tempo,
assemelha-se um pouco a um retiro em uma ilha. Por isso mesmo criamos um
espaço livre ou fora da cotidiana normalidade social e assumimos a
possibilidade de viver e desenvolver as nossas idéias sobre a convivência
sem o domínio dos patrões. O acampamento anarquista é uma possibilidade
para estudar e experimentar o modo no qual queremos/desejamos viver, à
parte da luta cotidiana contra a autoridade, contra as provocações
sexicistas e de direita, e muitas outras repugnâncias que, infelizmente,
são manifestadas nesta sociedade onde vivemos. Reconhecer e superar esta
condição de domínio nas nossas vidas todos os dias devem ser tematizadas e
discutidas.

O consenso fundamental é que a liberdade em uma ?comunidade autônoma? não
é compatível com o sexicismo, o racismo e um comportamento patriarcal.
Discriminação de nenhum gênero não serão toleradas e as pessoas que têm um
outro ponto de vista não têm nada o que fazer no acampamento. Temos
consciência de que isto se trata de uma liberdade relativa em uma
?comunidade autônoma?, dado que todos/as nós trazemos no nosso íntimo os
mecanismos deste sistema feito pelos patrões. Esperamos que todos/as se
manifestem caso um comportamento como este venha a ser reconhecido, seja
com um conhecido/a, ou seja com qualquer outra pessoa. Esperamos que
todos/as nós, juntos/as, façamos de tudo para permitir que a nossa
convivência aconteça sem que haja nenhum domínio, de nenhum gênero. A
possibilidade de enfrentar as questões relativas às condições de domínio e
as suas conseqüências devem ser garantidas sempre.

Preparar um acampamento não significa deixá-lo acontecer sem que se faça
nenhuma crítica, em um sentimento de ?solidariedade a cena?. É importante
fazer notar as incoerências e as contradições, é importante criticar, só
assim poderemos aprender um/uma com o outro/a e refletir sobre os nossos
comportamentos. E também é legítimo divergir! Ao divergir juntos/as
durante um acampamento anarquista é fundamental que as relações sejam
baseadas sobre a solidariedade e o respeito recíproco, inclusive acentuar
as diversas formas de pensar e de agir.

Variação autônoma 1 - Organização

A equipe de organização se constitui só e até o início do acampamento.
Depois disso dependerá de todos/as os/as participantes se tudo funciona,
se há a possibilidade de divertir-se, e até que ponto seja possível
realizar as nossas utopias. Ainda que a gente tenha a iniciativa de
preparar o acampamento (procuramos um lugar adequado, organizamos a
divulgação e procuramos organizar a infraestrutura adequada), é claro que
sem as pessoas que ajudam a levantar e a desmontar o acampamento,
organizando a cozinha, adquirindo os gêneros alimentícios, cozinhando,
arrumando, organizando a assistência coletiva para as crianças etc., um
acampamento do gênero não é possível. Temos consciência que o nosso
privilégio sobre as informações possam formar uma certa hierarquia e por
isso durante o acampamento procuraremos transmitir a todos/as as
informações do modo mais transparente possível, com a esperança que outras
estruturas de organização, que tenhamos criado juntos/as, assumam essa
função em primeiro plano.

Como esperamos que participem do acampamento também muitas pessoas de
língua francesa e italiana, queremos realizar as assembléias, as
informações e as discussões de forma poliglota.

Variação autônoma 2 - Workshop e cultura

À parte a convivência e a troca de idéias durante o acampamento, haverá
também workshops. Alguns estão em "intenção" e outros já estão organizados
(a lista atual se encontra no site www.acamp.ch.vu). À parte isto,
imaginamos que todos/as os/as participantes do acampamento possam
organizar workshops segundo as suas necessidades e interesses. Estes
workshops devem ser colocados no site acima citado, ou mesmo
desenvolver-se espontaneamente durante o acampamento anarquista.

As propostas de workshops possam ser assim diversas e variadas, como os
interesses dos/as participantes: de workshops sobre construção de
banheiros responsáveis, como subir em árvores, como fazer um jornal, ou
mesmo montar uma rádio, até o teatro mambembe; da discussão
anarco-sindicalista, antimilitarismo, os fundamentos do anarquismo,
trabalho, ao viver em uma comunidade, a pedagogia/antipedagógica, até o
anti-semitismo, homossexualismo, crítica a ?relação romântica a dois?...

Agora que somos muitos/as a anunciar que coisas queremos fazer, sabemos
que tudo isso, em cada caso, depende de coisas preparadas e organizadas; A
variedade do acampamento se desenvolve somente se, na prática e na teoria,
quem está em casa se ocupa de um tema, prepara um workshop e o executa no
acampamento anarquista. Se quiser tocar uma música, propor a realização de
um café com espetáculo de variedade (cabaré), ou mesmo um teatro ou mesmo
tiver uma outra idéia para fazer numa noite, entra em contato com a gente.

No acampamento também terá lugar para os jogos e para a dança, traga
simplesmente os materiais necessários.

Para poder opor resistência ao império e a opressão em todo o mundo e
ligá-la ao acampamento anarquista devemos procurar conectar o A-camp as
discussões concretamente políticas. Por isso é positivo que haja pessoas
envolvidas nessas discussões e que possam transmitir no acampamento a sua
fala e um planejamento. Agora, ativa as tuas conecções com outros
acampamentos ou caravanas libertárias, as relações com pessoas de outros
países e organizações anarquistas, assim o primeiro passo em direção ao
acampamento será também um passo em direção a uma rede libertária.

Mais infos, local, programação: www.acamp.ch.vu
E-mail: acamp.ch@gmx.net

Tradução: Tahia


agência de notícias anarquistas-ana
_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center