A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Chile] Comunicado de imprensa ante a prisão de 6 jovens anarquistas e acosso a uma casa ocupa da

Date Wed, 27 Sep 2006 22:07:33 +0200 (CEST)


Frente aos últimos fatos ocorridos durante o mês de setembro, e
especialmente o ataque repentino e detenção de seis jovens na madrugada do
dia 26, a Plataforma pela Liberdade dos/as Presos/as Políticos/as do 26-S,
declara o seguinte:

1.- Rechaçamos a repressão e amedrontamento que hoje somos objeto como
Anarquistas, as investigações ocultadas e a maquinaria crime-militar
orquestrada desde o Ministério do Interior e sua polícia secreta, a
Agência Nacional de Inteligência, ANI, como assim mesmo, a investigação
arbitrária empreendida pelo Delegado Chefe da Unidade de Crimes Menores,
Leonardo do Prida.

2.- Hoje somos criminalizados só por ser Anarquistas, por expressar uma
opinião política diferente, num país onde paradoxalmente se fala de
democracia e de liberdade de expressão. A polícia utiliza os mesmos
métodos violentos, os ataques repentinos, torturas, encarceramentos,
montagens e perseguição que foram utilizadas na ditadura de Pinochet. A
ANI, a polícia secreta chilena, como método de justificar a repressão
policial coloca uma bomba incendiária na porta da sede do Partido
Socialista, o que curiosamente é achada pela polícia antibombas. O
governo, respondendo às pressões do empresariado e a direita política,
fabrica uma montagem, um show midiático, preparando um cenário para a
imprensa, mostrando garrafas vazias e serragem, livros e cartazes como
prova da atividade subversiva. As únicas provas que pesam sobre nós são
conjeturas. Todo este cenário midiático serviu ao governo para desviar a
atenção numa situação de Greve Nacional.

3.- Chile se encontra hoje ante um cenário caótico, diante de uma crise
que se manifesta por uma desigualdade nas rendas nunca vistas na história
chilena, uma vergonha para um mundo civilizado, onde um setor minoritário
da população, os políticos e empresários, vivem na opulência, gozando seus
milhões e os privilégios do capitalismo neoliberal, enquanto a maioria
trabalha escravizadamente para levar salários de fome até seus lares.

4.- Apesar de seus anúncios e boas intenções, os políticos e empresários
mostraram sua incapacidade para resolver as necessidades mais básicas do
povo, mergulhando à maioria do país no desespero, na miséria, excluindo e
segregando as pessoas por sua situação econômica, sem ser capaz de
perceber desde suas mansões e departamentos de luxo as carências em que
vivem milhões de chilenos/as produto de uma organização de Estado que
privilegia o gasto militar e os benefícios empresariais sobre o bem estar
da população.

5.- É por isto que os/as Anarquistas temos voltado outra vez a nos
manifestarmos, levantando a bandeira da LIBERDADE, da emancipação da
maioria do/as marginalizado/as, por uma sociedade sem Estado, políticos,
patrões, exércitos ou hierarquia eclesiástica: uma sociedade organizada
desde a base, nos bairros, populações e comunas, federativamente,
exercendo a democracia direta, sem representantes nem intermediários, e
que mediante a autogestão produza uma convivência baseada no apoio mútuo e
na solidariedade ativa, em lugar da caridade egoísta que justifica e
promove as diferenças classistas.

6.- Fazemos um chamado a todo/as os/as libertários/as, do Chile e do
mundo, e à população em geral para que se solidarize com os/as presos/as
político/as que se encontram hoje na Cárcere de Alta Segurança, CAS, e no
Centro de Orientação Feminina, COF.

PELA LIBERDADE DE TODO/AS OS/AS PRISIONEIROS/AS POLÍTICOS/AS E A
ELIMINAÇÃO DOS CÁRCERES DO CAPITALISMO.

PLATAFORMA PELA LIBERDADE DOS/AS PRESOS/AS POLÍTICOS/AS DO 26-S

Carregamos um mundo novo nos nossos corações... Esse mundo cresce neste
instante...

Nota do tradutor: acompanhe os últimos acontecimentos efervecentes no
Chile, com relatos, fotos da armação policial, em: www.hommodolars.cl



agência de notícias anarquistas-ana

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center