A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Brasil] Ato em Porto Alegre em Solidariedade a Oaxaca

Date Sat, 11 Nov 2006 12:28:24 +0100 (CET)


[de anarkismo.net ]
O início deste processo data de 22 de maio, durante manifestações de
professores que exigiam aumentos salariais, entre elas uma marcha de 70
mil pessoas. Em resposta à reivindicação da categoria, o governador Ulises
Ruiz adotou a tática da repressão contra os professores, causando imensa
indignação no povo de Oaxaca. Camponeses e indígenas aderiram aos
protestos e formaram a Assembléia Popular dos Povos de Oaxaca (APPO),
exigindo a destituição de Ulises. Barricadas, marchas que reúnem multidões
e rádios comunitárias vão formando um potente movimento que marca um
caminho de emancipação para toda América Latina.

Não parou por aí, a APPO reivindica que Oaxaca seja gerida pelo próprio
povo, através de assembléias populares. A repressão só aumenta a cada dia,
tendo assassinado muitas pessoas, entre elas Brad Will, jornalista do
Centro de Mídia Independente (CMI), na tentativa de silenciar o que a
grande mídia não divulga

. O presidente mexicano Vicente Fox e o governador Ulises Ruiz estão
dispostos a acabar com o movimento popular de Oaxaca com mais violência,
enviando soldados para o Estado. Desde o dia 29 de outubro a Polícia
Federal Preventiva (PFP) comanda uma operação para destruir as formas de
poder popular que vão construindo os povos de Oaxaca. Se contam dezenas de
desaparecidos e presos políticos.

Oaxaca não se entrega, é exemplo vivo de que nenhuma opressão é
permanente. Que se pode quando se luta. Que o direito de rebelião dos
povos contra a tirania é autodeterminação.

SOMOS TODOS OAXACA!!!

Levante Popular da Juventude - Via Campesina - Resistência Popular - MST -
Movimento dos Catadores (MNCR) - MTD - Juventude Revolucionária do
Alegrete - CMI Porto Alegre - Mateando com a Resistência Sta Isabel FM
91,7 - ABRAÇO/RS - Movimento Hip Hop/RS - Sindicato dos Municipários de
Cachoeirinha - AMAPAG
_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt
http://ainfos.ca/pt


A-Infos Information Center