A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Brasil] Cinema Anarquista durante a Guerra Civil Espanhola na Casa do Lago na UNICAP

Date Sun, 28 May 2006 12:58:33 +0200 (CEST)


http://www.preac.rei.unicamp.br/casadolago/prog.htm
de 05 a 14 de junho Ciclo Anarquista
14h, 16:30h e 19h Cinema Anarquista durante a Guerra Civil Espanhola Dia
05/06
"Aragon trabaja y lucha" (16', 1936)
Direção: Manuel P. de Somacarrera
Filme documental sobre a vida de vilas na região de Aragon ocupada pelas
forças anarco-sindicalista procedentes da Catalunha. Mostra escaramuças na
frente de batalha e atividades libertárias da retaguarda. "Aurora de
esperanza" (60',1937)
Produção: Antonio Sal
Barcelona, 1935. Filme de ficção no qual Juan é um modesto trabalhador
que, ao voltar com sua família de suas férias, encontra sua fábrica
fechada e tinham despedidos a todos os operários. Para evitar a fome e a
miséria envia sua família para uma vila e começa a procurar trabalho,
iniciando aí uma tomada de consciência junto com outros trabalhadores. Dia
06/06
"Em la brecha" (18', 1937)
Direção: Ramón Quadreny
Um dia na vida de um operário militante da CNT e as ideais que este
sindicato manteve sobre a organização da produção em uma sociedade
revolucionária. "Barrios bajos" (94', 1937)
Direção: Pedro Puche
Um jovem advogado, que somente defende os direitos dos trabalhadores,
surpreende sua mulher com outro homem, e com ciúmes, mata o amante com um
tiro. Foge e se esconde em um bordel onde vive um amigo seu, um estivador
chamado " El Valencia", que o acolhe e o protege não somente da polícia
mas também das circunstâncias do lugar. A película é inspirada em um
realismo poético, com marca da solidariedade e da amizade. Dia 07/06
"La silla vacía" (18', 1937)
Direção: Valentiín R. González
Mistura de filme documental com ficção. Mostra a história de um jovem
sentando na varanda de um café que, comovido al ver mutilados de guerra se
alista nas milícias que lutam na frente de batalha de Aragón. "Nuestro
cuplable" (87', 1937)
Direção: Fernando Mignoni
Comédia muito delirante com números musicais que ironiza as relações entre
a justiça e a sociedade burguesa. Um simpático ladrão, "El Randa", entra
em uma mansão de um banqueiro e é descoberto pela amante do banqueiro.
Cada um então resolve partir com seu butim, mas El Randa, em uma festa que
organiza em seu bairro, como uma espécie de distribuição do botim, é preso
pela polícia. Sua passagem pela prisão aproxima do surrealismo de Buñel. O
filme questiona o poder, a autoridade, denuncia a ganância capitalista e
ridiculariza a justiça burguesa. Dia 08/06
"Carne de fieras" (68', 1936) - Sessões: 14:00/16:30/19:00
A montagem desse filme não foi finalizada no período, e filme foi
recuperado pelo cineasta e restaurador Ferrán Alberich, para a Filmoteca
de Zaragoza, mantendo o roteiro original. Um filme raro do cinema de
ficção, com momentos de grande lirismo, que propõe rupturas de valores,
tabus e convenções. A trágica investigação sobre a história posterior dos
participantes dessa película introduz um elemento dramático da vida real
na narrativa ficcional. Talvez seja a mais importante produção do período.
O diretor original, Armand Guerra, havia fundado em Paris, em 1913, a
cooperativa Cinéma du Peuple e também realizado um filme sobre a Comuna de
Paris. O filme começa com o salvamento de um menino de rua que cai em um
lago, e é salvo por um boxeador, que leva o pequeno para recuperar-se em
sua casa, mas ele esta vivendo uma crise matrimonial. Na ação de
salvamento conhece rapidamente uma jovem, a que lhe chama a atenção para o
menino se afogando. O boxeador freqüenta circo e em um dos espetáculos seu
olhar é atraído por uma linda jovem que passeia nua entre os leões (cena
de extremo lirismo poético e sensualidade), e ele percebe que é a mesma
mulher do parque. Um desmaio da jovem perante os leões aguça ainda mais
seu ímpeto de aproximação com o objeto do desejo. Dia 09/06
"Barcelona trabaja para el frente" (23', 1936)
Direção: Mateo Santos
Documentário sobre as atividades do Comitê Central de Abastos e os
trabalhos de preparação de provisões em Barcelona, e também a Frente de
Aragón durante os primeiros meses da guerra. "Nosotros somos así!" (31",
1936)
Direção: Valentin R. Gonçalvez
Insólita comédia musical protagonizada por crianças, declamada em versos.
As crianças refletem os valores adultos, enfrentam a autoridade e
organizam sua própria assembléia política. "El frente y la retaguardia" (
22', 1937)
Direção: Joaquín Giner
Filme de propaganda que mistura imagens documentais de produção industrial
e agrária com cenas de ficção na frente de batalha de Aragón. "La última"
( 15', 1937)
Direção: Pedro Puche
No começo do filme é anunciado como uma "abordagem jocosa-séria", que
mostra com humor e de forma didática, os problemas do excesso de consumo
de álcool. Dia 12/06
"Otro futuro" (160', 1989) - Sessões 14:00/19:00
Direção: Richard Post
A partir de imagens de arquivos e de depoimentos de sobreviventes da
Guerra Civil Espanhola, emerge um fascinante documentário sobre a aventura
libertária na Espanha. O filme explora a experiência auto-gestão dos
anarquistas e mostra as diferenças com o comunismo ortodoxo e com os
valores do franquismo: abolição do dinheiro propiciando troca de
mercadorias e serviços, aborto livre e gratuito dentro do processo de
libertação das mulheres, educação laica, etc. Reapresentação
Dia 13/06 - Sessões 14:00/16:30 OBS; Jogo da copa.
"Carne de fieras" (68', 1936)
"Aurora de esperanza" (60',1937)
19:00 horas - "Otro futuro" (160', 1989)
Dia 14/06 - Sessões 14:00/16:30 ( não haverá sessão às 19:00).
"Nuestro cuplable" (87', 1937)
"La silla vacía" (18', 1937)_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt

A-Infos Information Center