A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) Repressão e morte: EZLN declara novo alerta vermelho

Date Fri, 5 May 2006 18:20:08 +0200 (CEST)


Hoje, 4 de maio, todos os caracóis e as Juntas de Bom Governo zapatistas
amanheceram fechados devido ao alerta vermelho. O alerta foi pronunciado
ontem, quarta-feira, pelo Subcomandante Insurgente Marcos (Delegado Zero)
do EZLN (Exército Zapatista de Libertação Nacional) devido a forte
repressão ao grupo Frente dos Povos em Defesa da Terra(FPDT) - da cidade
San Salvador Atenco - que é aderente da Sexta Declaração da Selva
Lacandona e da Outra Campanha. As atividades da Outra Campanha também
foram suspensas.

No início da semana, pouco antes da chegada do Delegado Zero com a Outra
Campanha na Cidade do México, forças policiais foram até o mercado
Belisario Dominguez hostilizar e provocar os/as trabalhadores floristas da
FPDT. Na terça-feira(02), se realizou uma manifestação de apoio aos
floricultores e também em prol do lugar que foi vendido à multinacional
Walmart. Em resposta ao ato, na manhã da quarta-feira(03), o governo
deslocou forças policiais ao local reprimindo-os e cerca de 3
floricultores foram detidos, sob alegação de não terem permissão para
vender, e dezenas feridos a bala. A repressão chegou até a tarde e às 17
horas foi confirmada a morte de um garoto de 14 anos no confronto.

Após esses fatos, o EZLN entrou em alerta vermelho e convocou todos/as
os/as participantes da Outra Campanha a realizarem bloqueios e protestos
contra a repressão. A cidade San Salvador Atenco e a cidade vizinha
Texcoco amanheceram hoje(04) com bloqueios e mobilizações. Cerca de 4 mil
policiais foram deslocados para área de Atenco. Devido a repressão
governamental já há uma lista de desaparecidos e o número de detidos dos
dias de manifestação passam de 200. Em solidariedade, há mobilizações nas
cidades Puebla, Tijuana, Guadalajara, Tlaxcala, Morelia, Tabasco, San
Cristóbal de las Casas (Chiapas) e Yucatán. O grupo de solidariedade
zapatista italiano Associação Ya Basta! realizou ações de apoio pela
Itália e amanhã (sexta-feira) está programado um protesto em frente ao
consulado mexicano em Nova Iorque.

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center