A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) BRASIL: NOS 100 ANOS DA C.O.B. AS MULHERES NA VANGUARDA DA LUTA SOCIAL.

Date Thu, 9 Mar 2006 08:48:36 +0100 (CET)


No dia Internacional das Mulheres queremos lembrar também, nesta
homenagem, um grupo de valentes Mulheres Jardineiras que atendendo aos
apelos dos Sindicatos (Trade-Unions) de Manchester, em 20 de agosto de
1833, aderiram ao movimento que exigia as oito horas de trabalho, na
Inglaterra e que marcou como objetivo a data do dia 1º de março de 1834,
para entrar em vigor as 48 horas de trabalho semanais para os menores de
nove a 16 anos.


BRASIL: NOS 100 ANOS DA C.O.B. AS MULHERES NA VANGUARDA DA LUTA SOCIAL.

CELEBRANDO TODAS AS MULHERES PRECURSORAS DO DIA 8 DE MARÇO NOS MAIS DE 400
ANOS DE LUTAS PELA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO

No dia Internacional das Mulheres queremos lembrar também, nesta
homenagem, um grupo de valentes Mulheres Jardineiras que atendendo aos
apelos dos Sindicatos (Trade-Unions) de Manchester, em 20 de agosto de
1833, aderiram ao movimento que exigia as oito horas de trabalho, na
Inglaterra e que marcou como objetivo a data do dia 1º de março de 1834,
para entrar em vigor as 48 horas de trabalho semanais para os menores de
nove a 16 anos.
A redução da jornada de trabalho para as 8 horas diárias, melhorias nas
condições de trabalho e a autonomia sindical vieram a ser conquistadas
mais tarde após a Greve Geral de 1886, apesar da violência policial,
estatal e patronal do Governo e da Justiça dos Estados Unidos naquela
época.

História do 8 de março

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na
cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam
a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais
como, redução na carga diária de trabalho para dez horas as fábricas
exigiam 16 horas de trabalho diário, equiparação de salários com os homens
(as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para
executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente
de trabalho.

A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram
trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130
tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.

PARA JAMAIS ESQUECERMOS NESTA DATA DOS CRIMES DA BURGUESIA PATRONAL.

QUEM NÃO MATA NA PISTOLA OU NO FUZIL, MATA DE FOME NA LINHA DO TRABALHO
ESCRAVO E SEM DIREITOS SOCIAIS!

VALE LEMBRAR O PAPEL DAS MULHERES NA VANGUARDA DA LUTA PELAS CONQUISTAS
SOCIAIS DOS TRABALHADORES

100 ANOS DA CONFEDERAÇÃO OPERÁRIA BRASILEIRA NA CONQUISTA DOS
TRABALHADORES DO BRASIL

NOS 120 ANOS DE CONQUISTA DAS OITO HORAS DE TRABALHO NO MUNDO, EM MAIS DE
400 ANOS DE REIVINDICAÇÕES PELA REDUÇÃO DA JORNADA, POR MELHORES CONDIÇÕES
DE TRABALHO E AUTONOMIA SINDICAL.

NOSSA LUTA CONTINUA PELA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PARA AS TRINTA
HORAS SEMANAIS E SEIS DIÁRIAS, SEM REDUÇÃO SALARIAL.

TRABALHARMOS MENOS, PARA TODOS TRABALHARMOS!

VIVA O INTERNACIONALISMO PROLETARIO!

VIVA A ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DOS TRABALHADORES!

VIVA A CONFEDERAÇÃO OPERÁRIA BRASILEIRA!

VIVA O TRABALHADOR REVOLUCIONÁRIO SINDICALIZADO!

VIVA O SINDICALISMO REVOLUCIONÁRIO!

SINDIVARIOS DE PORTO ALEGRE, FORGS-COB/ACAT/AIT
APOIO FEDERAÇÃO ANARKISTA DO RIO GRANDE DO SUL


Email:: forgscob@yahoo.com.br

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center