A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Brasil/Feira] Carta Aberta do Movimento de Luta pelo Transporte Público

Date Tue, 6 Jun 2006 22:37:57 +0200 (CEST)


[de anarkismo.net]
O Movimento de Luta pelo Transporte Público vem através desta carta
aberta, tornar pública sua posição sobre o processo que 3 companheiros,
estudantes do Colégio Modelo Luís Eduardo Magalhães, vem sofrendo por
conta de acusações infundadas e irresponsáveis do diretor da escola. O
Movimento de Luta pelo Transporte Público (MLTP) é formado principalmente
por estudantes secundaristas e universitários, e suas organizações de
luta. Tem disposição de frente única, é independente e autônomo e não está
a serviço de nenhum partido e de nenhum político. O MLTP se formou em
torno da luta contra o injusto, abusivo e injustificável aumento da tarifa
(para R$ 1,50), recentemente concedido pelo prefeito e contra o passe
legal e a limitação da meia-passagem. Contudo vem ultrapassando as
perspectivas apenas da luta contra o aumento (sendo que a redução imediata
da tarifa continua sendo a nossa principal reivindicação, até que seja
atendida!), pois acreditamos que para resolver a problemática enfrentada
pelo transporte coletivo em Feira de Santana precisamos de uma mudança
muito mais profunda, por isso nosso objetivo geral é conquistar um
transporte verdadeiramente público, que não exclua os setores mais pobres
e os trabalhadores. Além disso, nossa primeira vitória com a aprovação e
promulgação da lei n° 67/05, que garante o pagamento direto da
meia-passagem, tornando o passe legal facultativo, nos permite avançar na
luta que agora é também pelo passe livre (gratuidade nos transportes) para
estudantes e desempregados, o que já é realidade em vários locais do
Brasil e da América Latina.

Mas, vamos ao caso. No dia 18 de maio, que caiu numa quinta-feira, o MLTP
fez um dos vários atos de rua que vem realizando na cidade, e por ocasião
do percurso passou em frente ao Colégio Modelo para convocar os estudantes
do mesmo para que juntos, com os estudantes de várias outras Escolas e da
Universidade, engrossarmos o coro contra o Sincol e o prefeito, o aumento
e o passe legal. Contudo o diretor numa atitude autoritária e reacionária,
bem lembrando os atos dos diretores de escola na época da ditadura
militar, proibiu os estudantes de saírem do colégio. Atitude que só pode
ser justificada pela ligação intima ainda não esclarecida do diretor com o
prefeito. Ainda por cima, além de proibir os estudantes de participarem do
ato o diretor seguiu sua prática autoritária fazendo ameaças, distorcendo
os fatos e contando mentiras aos estudantes sobre as intenções e a
seriedade do movimento. O tratamento reacionário destas supostas
autoridades com o movimento estudantil e popular tem uma formula já
conhecida, para eles ?a questão social é caso de polícia?, por isso o
diretor processou 3 estudantes e tentou responsabilizar o Movimento e o
grêmio da Escola, por furto e agressão. Fatos que nós desconhecemos, e que
se ocorreram (claro que não da forma que foi colocada!) foram de total
responsabilidade de pessoas que não fazem e nunca fizeram parte do
Movimento provavelmente infiltradas, servindo assim à quem tem interesses
contrários aos dos estudantes.

Nosso objetivo é somar, não dividir. Atrair e não afastar, um movimento
que quer conquistar algo (como o nosso vai conquistando) tem que ter
muitas pessoas, e pessoas conscientes. Por isso as acusações do diretor
não procedem e não vão afetar a nossa luta, que vai continuar! Nem a
organização dos estudantes na escola, que de todas as formas ele tanta
impedir. Todos á luta! Estamos vencendo... e não é nenhum diretor
autoritário, amiguinho do prefeito e dos empresários, que vai fazer nossa
luta cessar. Toda solidariedade aos 3 companheiros, injustamente acusados.
Nossa resposta será a altura!

REDUÇÃO IMEDIATA DA TARIFA E PASSE LIVRE JÁ!
DERROTAR NAS RUAS OS TUBARÕES DO TRANSPORTE!
ABAIXO O SINCOL!

Movimento de Luta pelo Transporte Público

CONTATOS:
estudantes_em_luta@yahoo.com.br
SITE: afes-rebeldia.blogspot.com

http://afes-rebeldia.blogspot.com/2006_06_01_afes-rebeldia_archive.html

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center