A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005 | of 2006

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Egipto] Comunicado sobre o massacre no Cairo [it,en,ca]

Date Tue, 3 Jan 2006 18:49:03 +0100 (CET)


[de pt.indymedia.org]
Comissão Antiracista da Federação Anarquista Italiana - FAI
¡CONTRA OS ESTADOS, CONTRA AS FRONTEIRAS!
¡LIBERDADE PARA TODOS E TODAS!
Na madrugada de 30 de dezembro na cidade egípcia
do Cairo a enésima matança do Estado. Milhões de agentes das
forças especiais antidistúrbios arrasaram brutalmente o
acampamento levantado pelos imigrantes sudaneses que há três
meses reivindicavam a autorização para poder sair do país. A
polícia feriu gravemente a trinta pessoas e assassinou dez (entre
elas, uma menina de quatro anos). Tudo isto ocorreu em frente
a sede egípcia da ACNUR que, finalizando sua ajuda aqueles que
haviam solicitado o status de refugiado, deixou o caminho aberto
para a repressão, negando legitimidade as demandas dos fugitivos.

A burocracia da ONU diferencia claramente entre aqueles que são
perseguidos por motivos políticos no próprio país a aqueles que
"simplesmente" sofrem problemas de sobrevivência em função de sua
própria fuga da dita perseguição. Em sua opinião, os sudaneses
assassinados no Egito não mereciam ser defendidos, apesar de
estar em uma situação gravíssima: esta omissão de socorro tem
significado uma condenação a morte para todos.

Expressamos nossa dor e nossa raiva solidária as vítimas dos
feitos do Cairo.
Denunciamos o papel assassino da ONU e de suas comissões, que
se autodenominam de direitos humanos e ainda assim deixam campo
livre a violência mais desenfreada.
Não esquecemos, assim mesmo, que a ACNUR havia já se distinguido
por sua mediação repressiva durante os sucessos do barco Cap
Anamur (quando 37 sudaneses foram conduzidos ao CPT -centro de
detenção - de Agrigento com a aquiescência expressa de Laura
Boldrini) nem que legalmente podem passar livremente a ditos
centros de detenção.
Recordamos que o massacre do Cairo é só a última de uma larga
série de matanças nas quais os imigrantes, os exilados, os
refugiados, são vítimas da repressão estatal que se desencadeia
em todas as fronteiras do mundo cada vez que a humanidade
reivindica seus desejos de vida e de liberdade.

¡CONTRA OS ESTADOS, CONTRA AS FRONTEIRAS!
¡LIBERDADE PARA TODOS E TODAS!

Comissão Antiracista da Federação Anarquista Italiana - FAI

http://www.federazioneanarchica.org/antirazzista
fai-antiracism@libero.it

Traduzido para o português por Juvei

Comunicado em castelhano
http://www.ainfos.ca/ca/ainfos07033.html

Comunicado em italiano e inglês:
http://www.anarkismo.net/newswire.php?story_id=2082

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center