A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) Relatório da reunião FESAL-E de Lisboa, Setembro 05 [it ,fr]

Date Tue, 27 Sep 2005 23:47:09 +0200 (CEST)


No momento em que passava o 2º aniversário do nascimento da FESAL-E,
realizou-se em Lisboa um momento importante da organização do nosso
sindicato europeu ; além disso, aproveitámos a ocasião ara apoiar na sua
construção de uma estrutura alternativa e de base os camaradas coordenados
por Manuel Baptista, promotor do Colectivo FESAL-E Portugal.

Junto com os portugeses, na Biblioteca Museu da República e Resistência,
estavam presentes Emili Cortavitarte pela CGT Ensino (Espanha), Stefano
d'Errico, Davide Rossi e Emlio Sabatino por l'Altrascuola Unicobas
(Itália), Leo Schmid pela SISA (Suiça).


Primeiro, procedeu-se à aprovação dos estatutos da FESAL. incluindo as
modificações propostas pela CGT Ensino de Espanha. Em particular, os
camaradas espanhóis propuseram a integração do artigo 7 no artigo 1, para
evitar incompreensões e problemas e clarificar o facto de que, até novos
desenvolvimentos concretos e significativos, a intenção de todos é de
fazer coincidir a FESAL com a FESAL-E, chamando a atenção de novo, se
necessário fosse, sobre o facto da sigla FESAL ser de momento e em todos
os sentidos equivalente da sigla FESAL-E (ver o artigo 1 dos estatutos
aprovados).


Estes estatutos deverão ser ratificados no primeiro congresso da FESAL
(ver documento anexo).

Conserva-se o mandato de JF Fontana e Y Bonin para levarem a cabo a
verificação dos procedimentos jurídicos necessários ao registo de uma
organização europeia, dos quais se espera uma resposta.


Em conformidade com os estatutos em vigor, foi decidido:
- convocar a assembleia anual da FESAL para os dias 29 e 30 de Abril em
Locarno na Suíça no Palagiovanni em simultâneo com o primeiro congresso do
Sindicato europeu (serão dadas em breve indicações para aí chegar,
sabendo-se que os aeroportos de Milão são os mais próximos do local)
- mandatar o SISA e o SIP para organizarem o congresso
- lembrar que o direito de voto no congresso pertence à organização, grupo
ou colectivo nacional, sendo porém desejada a participação mais ampla e
encorajada a presença do maior número de delegados.
- estar atentos que o esforço principal será de garantir a presença para
cada uma das organizações aderentes.
- atribuir, de maneira transitória até ao congresso, a tesouraria da FESAL
ao SISA
- constatar que a tesouraria dispõe actualmente de 150? fornecidos pelo
colectivo português.
- Encarregar o SISA e o SIP de preparar até antes de 30 de Dezembro um
orçamento dos custos previsíveis do congresso.







ORGANIZAÇÃO DO CONGRESSO DA FESAL (LOCARNO, 29 E 30 ABRIL 2006)

No momento presente, a ordem de trabalhos global do congresso é a seguinte:


Sábado de 29 Abril de manhã:
Chegada, instalação e inscrição
Das 15h às 19h :
Abertura do congresso
Saudações, intervenção de Davide Rossi ? intervenção de cada uma das
organizações aderentes, que terão a possibilidade de explicar as lutas que
levam a cabo nos seus países e as razões da sua adesão à FESAL.
19 horas
Refeição livre (se quiserem comer juntos, é desejável dizê-lo mais tardar
antes do princípio do congresso para se poder organizar a tempo).

Domingo 30 de Abril
De 8h30 às 10 h., saudações dos convidados
10 h. às 12h30 : discussão dos documentos, ratificação dos estatutos e
aprovação dos calendários de lutas
12h30 às 13h30 refeição convívio no Palagiovanni
13h30 - 15 h : conclusão dos trabalhos


Lembremos que no dia seguinte (1º de Maio) estamos convidados a participar
nas iniciativas organizadas pelos camaradas suíços (e portanto, de
qualquer maneira, todos os camaradas podem participar no congresso até ao
fim porque existe um dia e meio para o regresso) ; para a tarde de 30 está
previsto um desafio de foot para inaugurar os T-shirts FESAL-E já
confeccionados e talvez um concerto no castelo Montebello em Bellinzona
que introduza com música a festa dos trabalhadores.

Quanto ao preço da dormida num quarto (o Palagiovanni é um hotel
confortável) + pequeno almoço + refeição por 50 euros. Para quem dorme com
saco-cama + pequeno almoço + refeição, o preço é de 20 euros.

O SIP e o SISA estabeleceram contactos que permitem ter garantia de uma
cobertura rádio em directo de todo o congresso.


Sábado 29 de Abril, manhã (horário a determinar) no Palagiovanni de
Locarno, irá realizar-se uma conferência de imprensa de apresentação do
congresso; as organizações que desejem participar devem dá-lo a conhecer e
tomar as disposições necessárias para estar presentes. Nos dias
anteriores, os camaradas suíços irão estabelecer os contactos necessários
com a imprensa.

Lembramos por fim que o horário das refeições (8 h., 12h30 e 19 h.)
poderão parecer um pouco difíceis para os camaradas espanhóis mas serão no
entanto respeitados, sob risco de não haver nada para comer (os suíços são
assim!).

Foi igualmente estabelecida uma série de datas antes do congresso as quais
todos são vivamente solicitados a respeitar:

- 15 de fevereiro - date limite para dar a conhecer a sua participação no
congresso. As organizações aderentes deverão fornecer o NÚMERO e o NOME
(para a preparação dos passes) dos participantes.
- As três organizações aderentes de Itália, Altrascuola unicobas, Si Può
ORSA Università et FESAL ? E Studenti (à qual se juntaram os encarregados
de educação de Milão) assim como o SISA e o SIP terão de especificar quem
são os seus delegados participantes que ficam para dormir (quarto ou
saco-cama) e aqueles que regressam dormir a casa (tendo em conta a
proximidade).
- Faremos um apanhado da lista de organizações e de pessoas a convidar ao
congresso, onde os organismos locais tiverem propostas a fazer que as dêem
a conhecer o mais rapidamente possível. De modo a evitar mal-entendidos,
antes de difundir os convites, iremos enviar essas propostas a todas as
organizações aderentes para garantir que não resultarão situações
delicadas. Quando houver acordo sobre a lista dos convidados, efectuaremos
o envio dos convites. Tanto para os convidados como para os delegados,
terão obrigatoriamente de dizer se ficam para dormir ou se regressam a
casa. Como no caso dos delegados ? salvo casos excepcionais razoáveis e
justificados (como por exemplo o caso desejável da presença de um
representante do liceu auto-gerido de Oslo) ? os convidados deverão
assegurar as suas despesas de hospedagem e alimentação.
- Para a imprensa, isto será feito no que diz respeito à imprensa suíça e
italiana, onde existem meios de informação (em papel e em linha) que se
deseja sejam contactados pelo SISA e o SIP, enquanto responsáveis da
organização pedimos para assinalar os endereços e coordenadas (telefone
e-mail) o mais cedo possível. Também para a imprensa, serão fornecidas
credenciais a retirar com o passe e a tarjeta de identificação, tal como
para os delegados e convidados.
- As nossas iniciativas sendo sempre públicas e abertas, o congresso
propriamente dito será aberto a todos os que desejem assistir, desde que
se registem como público.

- 15 de Março - data limite para fazer chegar, via mail, as propostas de
documentos a discutir no congresso e as hipóteses de modificações dos
estatutos. Todas as propostas que vierem serão aceites para discussão, não
há selecção prévia, no entanto, como é necessário um tempo para dispor de
antemão de uma cópia e se possível de uma tradução á disposição de todos
os delegados, tacitamente, dizemos bem tacitamente, os documentos e
propostas devem chegar antes de 15 de Março, toda a proposta chegada após
essa data não será recebida, a não ser por motivos extraordinários
unanimemente reconhecidos.

DATAS INTERNACIONAIS INSCRITAS NO CALENDÁRIO

Sem dúvida, o ano escolar é longo, e ? em simultâneo com as lutas que cada
um de nós conduz no seu território nacional (a Altrascuole Unicobas e a
CIB Unicobas estão envolvidas numa greve não apenas da escola mas também
inter-categorias para 21 de Outubro) ? há também datas internacionais
inscritas no calendário dos próximos meses:


- Córdoba (Espanha) 29 de Outubro- 1º Novembro
Fórum Ibérico da Educação, com manifestação a31 de Outubro á tarde e
documento final a 1/11 de manhã. Perante o convite da CGT ensino, o SIP
suíço e Unicobas de Itália farão os seus possíveis para estarem
presentes.

- Paris. Encontro da Rede Sindical Europeia
Estava previsto para Novembro, parece ser reportado para
Janeiro/fevereiro.; lembremos que através de l'Altrascuola Unicobas somos
responsáveis do grupo Escola e Universidade, aconselhamos portanto aos
camaradas de Paris a acorrerem em grande número a esta reunião.

- Roma - Sábado 14 e Domingo 15 de Janeiro de 2006
Reunião do grupo promotor do Fórum Europeu da Educação, organizado por
Unicobas. É o momento de fazer um balanço após o 2º Fórum que teve lugar
em Bergen (Maio 2005) e para decidir onde e como continuar com esta
iniciativa, estando o próximo encontro de Ministros da Educação
programado para Londres em 2007. Vai-se discutir entre outros temas, se
deve ser feito o Fórum durante os mesmos dias que os ministros e no mesmo
local ou não.

No mês de Abril, Davide Rossi irá como previsto ao encontro dos estudantes
noruegueses em Oslo para intervir na apresentação da FESAL e para
estabelecer contactos com o liceu auto-gerido de Oslo, uma das mais
importantes experiências de pedagogia libertária na Europa, que funciona
desde 1967.

Ainda em Abril, haverá em Atenas o Fórum Social Europeu, nós sabemos que o
pequeno grupo que gere em benefício de si próprio o FSE não nos irá
autorizar qualquer forma de intervenção, mas como foi demonstrado em
Londres 2004, isto constitui uma ocasião importante para encontrar nos
corredores e nos locais numerosos estudantes e pessoas interessadas pelo
nosso projecto; a Altrascuola Unicobas estará portanto presente para
promover os nossos argumentos, muito para além dos círculos restritos do
debate oficial.

Falando de novo em conclusão do Congresso da FESAL, lembramos que ele
deseja ser a oportunidade e momento de lançamento da nossa
mobilização/manifestação junto do parlamento europeu inicialmente prevista
para Outubro 2006, convidamos as organizações e começar a discutir ao
nível local, avaliando as possibilidades de participação e as palavras de
ordem de chamada e compromisso, com base, como sempre, numa escola vivida
como instrumento de liberdade e da exigência impossível de ignorar dos
direitos sindicais a começar pelos direitos de greve e de reunião.

Juntamos (noutro ficheiro) o relatório das Jornadas de Lisboa produzido
pelos camaradas portugueses. Este relatório estará dentro de pouco tempo
em www.fesal.it, enquanto se espera pela activação de www.fesal.eu como
ficou combinado em Fevereiro, lembramos que o sítio fesal.it é de facto o
sítio europeu e fornece informações de todas as lutas conduzidas na Europa
pelos nossos grupos e organizações, sem problemas de línguas e sempre
multilíngua; convidamos portanto todos a enviarem para
fesalscuola@libero.it as iniciativas ou documentos que desejem ver
colocados no sítio e isso será feito nos prazos mais curtos.

Obrigado a todas e todos, bom trabalho e luta ! Viva a FESAL-E!!!

_______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt


A-Infos Information Center