A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Brasil, forgscob@yahoo.com.br] FARSA SINDICAL

Date Tue, 29 Nov 2005 23:22:01 +0100 (CET)


FARSA SINDICAL: DEPOIS DE DESTRUIREM A VOZ
DA COB/AIT,AGORA ESTÃO DESTRUINDO A CELEBRAÇÃO
DA MEMÓRIA

www.unesp.br/destaques/240505a.php
do DIA 27/11/2005

ESTÃO NOS ROUBANDO A CELEBRAÇÃO DA MEMÓRIA: DEVOLVAM O PATRIMONIO DA COB/AIT!

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Evento para comemorar, em 2006 os 100 anos da COB

"O evento também foi o ponto de partida para comemorar, em 2006, os 100
anos da COB ..." afirmou Felício, da CUT.


Reprodução UNESP recebe novo acervo de memória sindical brasileira
Documentos relatam evento de 1913, organizado pela Confederação Operária
Edição de 1º de maio de 1913 do
Jornal da Confederação Operária Brasileira
24/05/2005 O Centro de Documentação e Memória (Cedem) da UNESP recebeu os
microfilmes com a documentação da Comissão Organizadora do II Congresso da
Confederação Operária Brasileira (COB). O ato de entrega ocorreu nesta
segunda-feira, 23 de maio, no Auditório da CUT (Central Única dos
Trabalhadores), em São Paulo. A entrega ocorreu durante o seminário
"Estrutura Sindical no Brasil: memória, atualidade e perspectivas",
promovido pela CUT e pela UNESP, com apoio da Fundação Friedrich Ebert. O
conjunto documental da COB é referente à organização do Congresso
realizado de 8 a 13 de setembro de 1913, no Rio de Janeiro. Trata-se do
principal acervo preservado referente ao trabalho do movimento sindical no
início do século XX. "Foram realizadas três cópias. Uma fica no Arquivo
Geral da Cidade do Rio de Janeiro, outra no Arquivo Nacional e uma
terceira com a CUT, que a repassou para o Cedem para que esteja disponível
a um número maior de pesquisadores", afirmou a historiadora Beatriz
Kushnir, diretora-geral do Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. O
material microfilmado é constituído por correspondências, inscrições de
delegados, convites para o Congresso e relatórios enviados por entidades
de todo o Brasil sobre a situação do operariado e do movimento sindical
nas suas respectivas cidades e Estados. "Participaram do encontro 62
entidades com 117 delegados. Os temas abordaram desde condições de
trabalho a antimilitarismo", descreveu Beatriz. A documentação foi
localizada pelo Centro de Documentação e Memória Sindical (Cedoc) da CUT
no Arquivo Geral da Cidade do Rio de Janeiro. Graças a uma parceria entre
as duas entidades e o Arquivo Nacional, os documentos foram organizados e
microfilmados. "Nossa cópia será depositada no Cedem. Queremos incentivar
a preservação de documentos produzidos no mundo sindical. Os sindicatos,
além de cuidar de emprego e salário, precisam preservar a sua história",
afirmou João Antonio Felício**, secretário-geral da CUT. O Seminário
buscou incentivar atividades que estimulem o pensamento retrospectivo, a
memória e a preservação de documentos, num esforço para que a história
sindical brasileira seja colocada no centro das reflexões da sociedade e
da comunidade universitária. "Nesse sentido, o Cedem conta com um
importante acervo sobre a história do movimento sindical na Europa e,
principalmente no Brasil", afirmou Gervasio Bechara, responsável pela
Assessoria de Relações Externas (Arex) da UNESP, que representou, na
cerimônia, Anna Maria Martinez Corrêa, coordenadora do Cedem. Diretor do
Arquivo Nacional e professor de Arquivística da Universidade Estadual do
Rio de Janeiro, Jaime Antunes da Silva, lembrou que está em andamento,
junto ao Gabinete Civil da Presidência da República, a criação de um
Centro de Referência sobre o período da Ditadura Militar (1965-1995).
"Será uma instituição virtual para concentrar dados e facilitar o acesso
às fontes já existentes e organizadas, como o Cedem da UNESP e o Cedoc da
CUT. Também buscará formas de financiamento para pesquisas na área,
funcionando como ponto de intercâmbio de coleta de dados", comentou.
Durante os debates, o historiador João Tristan Vargas, doutor em História
pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Unicamp,
ressaltou que, graças à pesquisa em documentos históricos, concluiu que
não existia, ao contrário do que se pensa, uma repressão organizada do
governo da Primeira República ao movimento operário. "Ocorria sim uma
relação muito próxima, marcada por propinas e por influência política,
entre os proprietários de empresas e a polícia. Isso determinava o local e
a intensidade da ação policial", afirmou. O historiador Michael Hall*,
professor do IFCH e um dos primeiros a ter acesso à documentação do COB,
apontou que a legislação sindical brasileira, embora tenha diversos
elementos oriundos da Itália fascista em relação aos direitos dos
trabalhadores, incorpora também conceitos presentes em documentos de
Bismarck, em 1880, para frear o socialismo na Alemanha nascente. "Para se
chegar a conclusões nessa área, é preciso incentivar estudos que comparem
documentos nacionais com internacionais sobre legislação sindical e
trabalhista", ressaltou. Para o sociólogo Artur Henrique da Silva Ramos,
secretário de Organização da CUT, antes de se pensar numa reforma
trabalhista no Brasil, é necessário fazer uma reforma sindical. "Somos
contra o imposto sindical compulsivo e contra as taxas confederativas.
Defendemos uma organização sindical por ramo de atividade, que evite a
atual pulverização, que permite a existência de aproximadamente 18 mil
entidades sindicais, muitas meramente cartoriais ou de carimbo", criticou.
Os participantes do Seminário concordaram que a parceria firmada entre o
Arquivo da Geral da Cidade do Rio de Janeiro, o Arquivo Nacional e o Cedem
é de extrema importância. "O evento também foi o ponto de partida para
comemorar, em 2006, os 100 anos da COB e os 25 anos de realização da 1ª
Conferência Nacional da Classe Trabalhadora", afirmou Felício, da CUT.
"Para nós é uma honra participar dessa parceria, ainda mais se lembrarmos
que o acervo do Cedem, que conta boa parte da história sindical
brasileira, será muito importante nas celebrações dos 30 anos da UNESP, no
próximo ano", completou Bechara. Oscar D'Ambrosio

A matéria indica que no ano de 2006 acontecerão eventos dessa natureza
patrocinados pela CUT - Central Única de Trabalhdores (central
reformista controlada pelo governo, igreja e os partidos)

*Michael Hall - trotskista.

**João Antonio Felicio - secretario da CUT que tem o Marinho (escandalo
sexual na Alemanha) como Ministro do Trabalho do Governo Lula (escandalo
do mensalão)._______________________________________________
A-infos-pt mailing list
A-infos-pt@ainfos.ca
http://ainfos.ca/cgi-bin/mailman/listinfo/a-infos-pt

A-Infos Information Center