A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) ENTREVISTAS - OCUPAÇÃO ZUMBI DOS PALMARES - RIO

From a-infos-pt@ainfos.ca
Date Thu, 28 Apr 2005 23:57:14 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

Entrevistas com Bárbara Sinedino, estudante de Ciências Sociais da UFF, e
Maria de Lurdes, camelô e integrante do Movimento Unificado dos Camelôs
(MUCA). Elas representam diferentes setores da sociedade que apoiam a
Ocupação Zumbi dos Palmares, e mostram que seguir o caminho da luta por
transformação social significa união e solidariedade, qualidades
normalmente esmagadas pelo sistema sócio-econômico do lucro.
Bárbara Sinedino, de 18 anos, é estudante de Ciências Sociais da UFF e
permaneceu durante toda a manhã de terça-feira em frente a ocupação Zumbi
dos Palmares.
--- Como você ficou sabendo da ocupação (a mídia ainda não havia divulgado)?
Eu conheço pessoas ligadas ao movimento, que participam comigo do MEL
(Movimento de Educação Libertária).
--- Por que você apóia a ocupação?
Eu apóio a luta dos trabalhadores e toda a forma de resistência popular.
Lugar para morar é o mínimo. Apóio a vida e os seres humanos. Com as
condições desumanas a que eles são submetidos, não tem por quê não
ocuparem um prédio que está vazio.
--- Como você acha que pode ajudar?
Primeiro, dar apoio no que for necessário, fazendo sempre uma troca. Eu
não tenho vivência popular, não sou das camadas populares, então acho
importante ter esta troca. Acredito que tenho algo a acrescentar e
gostaria de ver como isto pode ser canalizado na luta deles, e eu me
inserir nesta luta por transformação social.
-----------------------

Maria de Lurdes é uma liderança no MUCA – Movimento Unido dos Camelôs – e
também esteve em frente à ocupação, apoiando no que fosse preciso. Nas
ruas, é conhecida como Maria dos Camelôs.
--- Como se formou o MUCA?
Quando falo movimento, gosto de voltar lá atrás. Tenho um filho de dois
anos. Assim que meu bebê nasceu, estava trabalhando operada e acabei
apanhando de um guarda na rua. Eles me agrediram e os pontos se abriram.
Neste dia fiquei revoltada, busquei a CUT (Central Única dos
Trabalhadores) e nós nos organizamos e formamos o movimento dos camelôs.
Depois desta época, a gente só tem levado porrada. Hoje há três camelôs
presos, um é o Rodrigo. A família dele vai ter que vir pra cá daqui a
pouco, porque ele está preso há quatro meses. Os guardas o prenderam no
dia 30 de dezembro. Bateram muito nele e foi preciso drenar os dois
pulmões. Ele está no hospital penitenciário.
--- No MUCA se discute sobre as ocupações?
Aqui na ocupação, há camelôs que moravam em favelas ou na Baixada e não
conseguem pagar o aluguel, porque não conseguem trabalhar. Esses prédios
estão aí vazios, acho temos mesmo que ocupar. Até porque é o nosso
dinheiro que está aí…





*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center