A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Portugal] "Luta Social" N.2: Crónica da Guerra de Classes*

From luta_social@sapo.pt
Date Thu, 21 Apr 2005 16:42:55 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

PARADISO na Rua do Passadiço, Lisboa, foi desocupado na madrugada de 15 de
Abril pela PSP, Policia Municipal e PJ. Seus ocupantes foram detidos e
encaminhados para a esquadra na Praça do Comércio, em Lisboa. Ao que
parece, a desocupação foi feita de forma ilegal, já que não apresentaram
nenhuma ordem judicial para o despejo. Enfim, nesta nossa sociedade, cada
vez mais a liberdade está ameaçada pelos donos da democracia.
30% DOS TRABALHADORES NEM CONTRATO TÊM . 30 por cento dos trabalhadores da
restauração e bebidas nem contrato têm; 75 por cento cumprem horários
excessivos e em quase todos os estabelecimentos faltam condições de saúde
e segurança no trabalho.O trabalho dito "clandestino" e as jornadas de trabalho superiores a 40
horas semanais significam lucros fáceis para o patronato, significam
sobre-exploração.
TRANSPORTES- NOVOS AUMENTOS EM MAIO... em cerca de 3, 7 por cento anunciou
o governo. O argumento é sempre o petróleo e os governos não sabem
governar sem aumentar os preços, que é o mais fácil e qualquer um faz,
quando se vê apertado... “o povo que pague, que não tenho dinheiro”.

MUNICÍPIO DE LISBOA-TRABALHADORES EXIGEM INSTALAÇÕES DE SAÚDE DIGNAS
Depois de se terem feito obras para adaptar um edifício na Alameda das
Linhas de Torres para sede da DSHS, o executivo municipal anuncia a sua intenção de instalar os serviços do DSHS noutro edifício, na Quinta
do Lavrado, Picheleira. Esta nova opção do Executivo da CML, traduz-se
num claro retrocesso quanto às condições a observar para a instalação
deste tipo de serviços, como aliás é comprovado por um parecer técnico do
Serviço de Higiene e Segurança. As razões da luta dos trabalhadores da
DSHS são as razões de luta de todos os trabalhadores da CML, pois são os
nossos direitos adquiridos à saúde no trabalho que estão a ser postos em
causa.
AVEIRO: YASAKI QUER DESPEDIR 500 TRABALHADORAS. Esta empresa é apenas
mais uma onde ocorre um processo de deslocalização. A resposta eficaz a
estas políticas neo-liberais implicaria uma resistência activa, com
ocupação dos locais de trabalho, tomada de controlo dos stocks de produtos
e matérias-primas, etc... para fazer recuar patrões e o governo coligados.
Como noutros casos, o sindicato limitou-se a pedir as “melhores”
condições de passagem das trabalhadoras para o desemprego.
PORTUGAL- MUITO TRABALHO E POUCO DINHEIRO . Os trabalhadores portugueses
são dos que mais horas extraordinárias fazem, no âmbito da Europa dos 15.
Um estudo revela que cerca de 300 mil portugueses trabalham mais de 60
horas semanais, mais 12 h. que as permitidas pela lei geral do trabalho. É
o terceiro país com mais horas extra, só estando atrás do Reino Unido e da
Irlanda. Em contrapartida, num estudo sobre gastos laborais, Portugal é o que tem
mais baixos salários, sendo o salário nacional médio de 18889 €, contra
28269 €, da média da Europa dos quinze.
* Actualização constante pelo blog:
http://luta-social.blogspot.com/



*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center