A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004 | of 2005

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Portugal] Luta Social n.2: Editorial

From a-infos-pt@ainfos.ca
Date Wed, 20 Apr 2005 19:55:58 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

Um colectivo anti-autoritário só poderá legitimamente definir-se como tal
se desenvolver o pensamento crítico de seus membros e de todas as pessoas
que entram em relação com ele.É graças a tal pensamento que cada qual
constrói a interpretação da sua realidade social. Somente um pensamento
crítico permite fugirmos à mais totalitária das mentiras dos nossos
tempos: a de que vivemos num mundo de liberdade, de múltiplas
oportunidades de escolha, etc. É ele indispensável para haver
distanciamento em relação aos não-valores do deus-consumo, que esta
sociedade nos tenta a todo o momento impor.Porém, não se “ensina” o
pensamento crítico, nem faria sentido tal coisa. Mas podemos colocar
elementos da realidade, não distorcidos ou manipulados, debaixo dos olhos
das pessoas. Elas poderão fazer sua avaliação de quanto é passado sob
silêncio, no meio de uma algazarra de futilidades e discursos ocos.
Tomando conhecimento dos factos da luta social, da autêntica “guerra de
classes” levada a cabo na sociedade capitalista presente, podemos
compreender até que ponto somos mantidos numa espécie de bolha
informativa que diz muito, para não dizer nada de verdadeiramente
significativo. Não se trata de inculcar a nossa ideologia ou visão do
mundo, embora não tenhamos qualquer pretensão de sermos “neutros”, mas
antes de permitir outra leitura da realidade e de tornar conhecidas e
susceptíveis de solidariedade, as lutas sociais do presente. O 1ºde Maio é luta!Concentração às 14h. Praça de Alvalade, Lisboa
(à saída do metro)



*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center