A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) [Portugal, panfleto de colectivo carbonaria_anarca] Não te deixes atrelar! Defende a tua liberdade! Não à alienação! Não às várias drogas!

From Carbonaria_anarca@hotmail.com
Date Wed, 7 Jul 2004 11:47:12 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

JOVEM: O prazer que se pode obter, inicialmente; com o consumo de drogas
(heroína, cocaína, etc.), não compensa. Aliás, é o prazer que as drogas
propiciam aos seus consumidores, no começo do consumo, que constitui a
armadilha, o engodo. Se bem que no início, gozem e brinquem com a droga,
os seus consumidores acabam inelutavelmente por se tornar ESCRAVOS dela.
Além das graves doenças e dos horríveis sofrimentos, físicos e psíquicos,
que origina, a droga transforma indivíduos humanos em seres totalmente
desprovidos de vontade própria, de auto-estima e de respeito por si
próprios. Constituindo uma vacina contra a natural rebeldia humana, a
droga despersonaliza, por completo, os seus consumidores. É patente que os
toxicodependentes se assemelham muito uns aos outros. Até parecem
fotocópias uns dos outros. Tem-se falado muito, ultimamente, nos perigos
da "clonagem", omitindo-se que o teatro inerente ao atual consumismo
mercantil, um consumismo de ilusões e de imagens falsificadas da
realidade, está a transformar a humanidade num autêntico REBANHO. Já
tínhamos o gado patriótico-militar e o gado eleitoral. Agora, temos também
o GADO MERCANTIL. Sendo o efeito, os toxicodependentes constituem a parte
visível da miséria humana inerente à droga, isto é, a parte de uma
execrável realidade social que os veiculadores das mentiras políticas e
mercantis não conseguem encobrir. É isto que explica o fato de os
toxicodependentes constituírem o alvo preferido dos comportamentos
irracionais anti-droga, alguns dos quais, de multidões comandadas por
políticos de campanário, que, embora vociferem contra a droga e os
drogados, não se mostram esquisitos no que se refere à origem dos "cacaus"
dos patrocinadores das suas campanhas eleitorais. É claro que os
toxicodependentes, os "calhaus com olhos" na boca de certos espertalhaços
que vendem droga, desempenham o papel de bodes expiatórios do crime
organizado, isto é, do crime fomentado e protagonizado pelas forças
capitalistas dominantes, que neste domínio da sua atividade mercantil,
como noutros, contam, como toda a gente sabe, com bons apoios no seio do
Estado dito de Direito. O "mundo da droga" é, sob todos os seus aspectos,
uma realidade social ABOMINÁVEL E NOJENTA. A sua existência exprime bem o
estado de DECADÊNCIA, de PODRIDÃO, a que chegou a sociedade humana, sob o
domínio do Estado e do capitalismo. JOVEM: Não é a "vida" de droga que
constitui a alternativa à droga de vida atual. Como a procura dos paraísos
celestes, prometidos pelas religiões, a "vida" de droga é uma FUGA
ILUSÓRIA desta sociedade de ILUSÕES. Não existem paraísos celestes nem
terrestres. A verdadeira VIDA é uma luta incessante, uma REBELDIA
PERMANENTE. Aliás, é a REBELDIA HUMANA contra o curso natural das coisas
que constitui a essência da cultura. Alternativa à droga de vida atual,
uma "vida" de misérias várias, uma "vida" sem grandeza, desprovida de
valores e sentimentos elevados, uma "vida" sem intensidade nem variedade,
monótona, de tédio, só pode ser um combate por um IDEAL de dignificação e
de engrandecimento da pessoa humana, um IDEAL baseado nas qualidades
humanas das quais os próprios seres humanos se despojaram, atribuindo-as
aos deuses, celestes e terrestres. Alternativa à merda de vida atual, uma
"vida" em que os mentirosos de "cima" acreditam nas mentiras que veiculam
e em que os enganados de "baixo" procuram, por meio do consumismo
mercantil, imitar os comportamentos teatrais das várias vedetes sociais,
em que uns e outros abdicam, por conseguinte, da sua individualidade, só
pode ser uma luta social que tenha como base e motivação o indivíduo
humano, considerado não como uma abstração, mas sim como um ser único e
multidimencional, como ser inconfundível e dotado de uma dimensão
ético-social. Alternativa à droga de vida atual, só pode ser uma luta que
vise substituir a sociedade podre por um NOVO MEIO SOCIAL, uma REVOLUÇÃO
SOCIAL que, suprimindo o Estado e o capitalismo, crie as condições sociais
que permitam que cada ser humano concreto seja, de fato, LIVRE, isto é, um
ser auto-ativo, autocriativo e dotado de uma vontade própria. Só o
pensamento anarquista, que não se baseia em conceitos coletivos, aponta o
caminho da LIBERDADE INDIVIDUAL, a base e a essência de uma VERDADEIRA
VIDA.
NÃO À ALIENAÇÃO! NÃO ÀS VÁRIAS DROGAS! VIVA A LIBERDADE! VIVA A ANARQUIA!


Email:: Carbonaria_anarca@hotmail.com






*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center