A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) Irlanda: o governo proíbe a manifestação da Rede de Organizações de Base de Dublin - protesto no GPO* às 18:00 de Sábado (en)

From "Dublin Grassroots Network" <grassrootsdublin@yahoo.com>
Date Fri, 30 Apr 2004 16:07:13 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

OS ORGANIZADORES CONDENAM A PROÍBIÇÃO DA MANIFESTAÇÃO DO 1º DE MAIO; É A
PRIMEIRA VEZ QUE UMA MANIFESTAÇÃO É PROÍBIDA DESDE A INDEPENDÊNCIA EM
1922!O grupo organizador da manifestação, Dublin Grassroots Network (Rede
de Organizações de Base de Dublin), que se devia dirigir a Farmleigh House
às 18:00 de Sábado, condenou as medidas da polícia, anunciadas ontém à
tarde, que se traduzem pela proíbição da manifestação. Apelaram a toda a
gente que está interessada nas liberdades civis a reunir-se no GPO*, em
vez do ponto inicialmente previsto, para um comício de protesto pela
proíbição. O portavoz Laurence Cox disse que "O que nos foi dito é que os
manifestantes serão impedidos de se agruparem e que o esquadrão
anti-distúrbios estará presente na Parkgate Street. Por outras palavras,
qualquer um que apareça no ponto de concentração, estará em sério risco.
Também percebemos que os manifestantes serão impedidos de descer os South
Quays e que aqueles que o fizerem serão empurrados para ruas laterais".
As medidas foram anunciadas num programa de notícias da tv, Prime Time,
ontém à noite e não foram desmentidas pelo ministro dos assuntos euroepeus
Dick Roche. A portavoz da organização convocante da manifestação, DGN,Aileen O'Carroll afirmou que "Os nossos planos foram sistematicamente
revelados aos media desde há um mês. Distribuimos cerca de 50 000
panfletos. Embora estejamos a apelar para um evento em alternativa, não há
maneira de fazer chegar a informação às 5 - 10 000 pessoas que esperávamos
participassem na manifestação.
"Portanto, estamos a falar de uma situação em que vai haver um largo
número de pessoas isoladas, tentando chegar ao ponto de concentração
inicial, Parkgate Street, encontrando pela frente a polícia de choque.
Temos vindo a denunciar que o governo, a polícia e a média têm feito uma
campanha de intimidação, descrevendo a manifestação de Farmleigh como algo
destinado a causar distúrbios. Agora estamos preocupados por as medidas
que eles tomaram irem justamente causar tal situação."
A organização convocante, DGN, apelou para que todas as pessoas
preocupadas com as liberdades públicas venham ao comício ao ar livre em
frente do GPO às 18h. de Sábado, para que a sua voz seja ouvida.
O portavoz Cox também condenou as tentativas de criar medo, convencendo os
donos de lojas a fecharem no 1º de Maio. Referindo-se às minutas de uma
reunião que se realizou na sede da polícia em Store Street com um
dirigente da Associação dos Comerciantes do Centro (foram publicadas no
indymedia) e a testemunhos oculares de que comerciantes tinham sido
visitados por polícias e aconselhados a baizar os estores das suas lojas
no dia Primeiro de Maio, disse que todas estas acções tinham como
objectivo criar pânico.
"Apelamos às pessoas a permanecerem calmas e a não entrarem em pânico.
Notemos que é a primeira vez que uma manifestação é proíbida na Irlanda
desde a greve de Dublin de 1913. Pela primeira vez, na Irlanda
independente, o Estado proíbiu um protesto em nome da democracia europeia.
Apelamos a todos os que estão interessados em defender as liberdades
elementares de reunião e de opinião a se juntarem a nós no GPO, Sábado, às
18:00 em defesa do nosso direito de protesto."
[*Nota= GPO é o histórico edifício dos Correios onde foi proclamada a
República da Irlanda em 1922, local habitual de concentrações da esquerda
anti-autoritária]
http://struggle.ws/eufortress
---------
traduzido para A-Infos por M.B.



*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center