A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003 | of 2004

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) Com a CGT-Ensino reforça-se a FESAL - E (it)

From a-infos-pt@ainfos.ca
Date Tue, 20 Apr 2004 17:17:21 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

Em Madrid, de 23 a 25 de Janeiro, realizou-se o congresso da CGT- Ensino.
Estes dias foram de intensa discussão em torno dos problemas que se
agravam cada vez mais em todas as partes da Europa: o ataque à escola
pública e ao carácter laico do seu ensino, a desregulamentação e as
privatizações. A forte sintonia entre as análises que emergiu no decorrer
do debate com a posição da Unicobas l'AltrascuolA de Itália, confirmam a
importância da procura de estratégias comuns, de acções comuns para dar
uma resposta clara, forte, unitária por parte de tod@s aquel@s que
consideramos possível uma alternativa sem comprometimentos, com @s
participantes.Na saudação que enviámos à CGT fizemos notar com ênfase a
importância de encontrar vias que criem uma alternativa concreta à
política unitária de todos os ministros europeus da educação que, em
Setembro, em Berlim, subscreveram conjuntamente com o sindicato único
europeu C.E.S. (ao qual aderem a CGIL, CISL e UIL), uma aberração digna
de ditaduras, a entrada plena das empresas na escola e os “testes tipo
concurso” como instrumento de avaliação.
Enquanto sindicatos alternativos europeus, respondendo ao convite da CGT,
participamos no relançamento da Rede Sindical Europeia em Outubro em
Barcelona, uma rede capaz de colocar-nos em diálogo com entidades tão
diversas como SUD Education e CNT, francesas, e SUDCantão de Vaud da
Suíça. Um passo significativo foi avançado no congresso em direcção à
adesão da CGT Ensino ao projecto FESAL - E, uma coordenação aberta e não
burocrática, nascida a partir de documentos subscritos em 1998 e em 2002
em Granada , para promover a luta e a reflexão entre tod@s @s que
consideram indispensável trabalhar pelo primado irrenunciável dos saberes
críticos na Europa, lançando as bases de uma verdadeira alternativa à
CES, sem compromissos, nem maximalismos verbais, o que se traduz por
colocar um “não” sem ambiguidades aos métodos que conduzam à associação
com as lógicas dominantes.Recordámos @s companheir@s da CGT como
ocorreu o nascimento da FESAL – E, que o seu ingresso era desejado e como
hoje cada vez maior número de docentes e de estudantes se reconhecem na
FESAL –E, pois ela é um projecto de sindicalismo alternativo, não a mera
soma de sujeitos sindicais. Há nesta, sectores importantes de SUD
Education França, de Unicobas l'AltrascuolA, de CGT Ensenanza, do
Colectivo Fesal - E francês,
do Coletivo Fesal - E suíço, SISA (Sindicato Independente
de Estudantes e Aprendizes suíços), Associação
Cultural e Juvenil "altrascuola" do Cantão de Ticino, grupos de
estudantes italianos, e o mais importante sindicato de base italiano na
universidade. É possível: Há um reconhecimento comum em todas estas
pessoas num empenho pela liberdade e pelos direitos sindicais. A vontade
de reflexão e de acção já se está tornando evidente com o seu cunho de
novidade e a importância do exemplo na convenção e manifestação europeia
realizadas em Bellinzona no passado dia 3 de Dezembro. O projecto da
FESAL – E está sempre a recolher maior interesse, também na Europa do
Norte e em nações como a Turquia e a Grécia.
Foi bom termos marcado encontro em Julho, em Espanha, tentando organizar
conjuntamente a nossa participação na segunda edição do Fórum Europeu da
Educação, que reivindica, com razão, a sua autonomia relativamente ao
Fórum Social Europeu. Será um encontro em que os membros da FESAL - E
irão reflectir em conjunto sobre o trabalho desenvolvido e sobre as novas
etapas a realizar: será sobretudo uma ocasião para conjugar as forças
que, em Granada, subscreveram os documentos em 1998 e em 2002. Estamos
convictos que a FESAL - E, devido à sua natureza aberta e não
burocrática, crescerá vigorosamente em participantes e apoiantes, porque
a paixão e o Roma, 27 de janeiro de2004
O Secretário Nacional de Unicobas l'AltrascuolA
Stefano d'Errico

O Responsável das relações Internacionais de Unicobas
l'AltrascuolA
Davide Rossi




*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center