A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) A PLEBE nº 30/Outubro de 2.003

From "profosp" <profosp@bol.com.br>
Date Mon, 13 Oct 2003 16:15:19 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

A PLEBE nº 30/Outubro de 2.003
Órgão de divulgação do núcleo
pró-Federação Operária de São Paulo/Confederação
Operária Brasileira (COB-ACAT/AIT)
profosp@bol.com.br

CONTRA AS REFORMAS DO FMI!

Depois de 25 anos de ditadura militar, de termos
derrubado Collor, agüentado Itamar e caído no Real
desde 94, quando só aí tiraram 40% do poder de compra
do salário – com a desculpa de passar para URV pela
média dos 6 meses anteriores e não pelo valor de face
do holerite recebido em janeiro de 94 – muitos
trabalhadores acreditaram que com a chegada de Lula e
do PT ao poder, finalmente, a classe trabalhadora
poderia começar a recuperar as perdas acumuladas. Não
adiantou a experiência de poder nas prefeituras e
governos de Estado conquistados pelo PT nesse meio
tempo, que já mostravam que na prática nada mudava –
como logo perceberam os funcionários municipais e
estaduais que os tiveram por patrões.

Mas não! De cara, já reclamando da herança maldita
que o governo anterior lhe deixou (então já começou
imitando FHC)) jogou a taxa de juros para as nuvens,
com a desculpa de combater a inflação. Com isso, na
prática, premiou os especuladores punindo a produção e
o comércio. Depois deu um aumento de 1% aos
funcionários federais, sem aumento há 10 anos,
enquanto – com a reforma da previdência destrói
direitos históricos da classe trabalhadora. Com isso
sinaliza para a patronal a política a seguir.

Assim a cada novo dia Lula e o governo petista
mais e mais se assemelham ao governo do PSDB. Se ainda
há esperança em Lula, há também muito medo e
frustração, além de desemprego e do arrocho salarial
histórico. Assim ele segue o receituário do FMI, avança
os acordos sobre a ALCA, vai liberando os trangênicos,
etc... E tome discurso!

Para conseguir o que Sarney chamou
de “governabilidade” o PT usa dois importantes pontos
de apoio internos, além de procurar manter boas
relações com Bush e o FMI no plano externo. Um deles
são os partidos políticos e os “500 pilantras do
Congresso”, que vivem das migalhas do poder: PL, PTB,
PMDB, PP, PQP, etc... Foram deles que vieram os votos
necessários para a aprovação das reformas. E afinal,
eram as reformas que eles queriam mesmo!

Outro importante ponto de apoio para o governo
petista são os sindicatos oficiais. Não a toa Lula foi
ao Congresso da CUT/PT! Atrelados ao Estado e dominados
por partidos políticos são corporativos, verticais e
assistencialistas, mantendo a desorganização da classe
trabalhadora. Tudo para garantir a docilidade obreira!
Quando o movimento dos trabalhadores ameaça sair de seu
controle eles correm a por panos quentes na situação,
para no final considerar vitória a negociação. Foi
assim com a greve nacional dos funcionários federais
contra a PEC-40 – que já deveria ter tido solidariedade
ativa de toda a classe trabalhadora!

Hoje, é até patético ver os meios de comunicação
de massa divulgarem a “campanha salarial unificada da
CUT e da Força Sindical”, em que eles finalmente dizem
que vão lutar contra o desmprego. Para isso eles
chuparam nossa proposta de REDUÇÃO DA JORNADA DE
TRABALHO SEM REDUÇÃO SALARIAL, o que mostra nosso
acerto em ter lançado essa bandeira há mais de 10 anos
e de estarmos mantendo a campanha há mais de 3 anos
consecutivos.

Sim, o caminho é esse! Como já vimos defendendo: a
redução de 30% da jornada de trabalho para 30 hs
semanais – associada a uma Reforma Agrária Radical e
Imediata -, é a única alternativa para um combate
efetivo as atuais taxas de desemprego e a chave para a
recuperação econômica do país. Esses pelegos da CUT/PT
e da Farsa Sindical/PTB ao defenderem um redução de 10%
da jornada, apenas adaptam o atual nível tecnológico de
produção. A saída para os operários da FORD e da Volks
é: redução da jornada de trabalho para 30 hs, sem
redução salarial, JÁ! NÃO ACEITAMOS NENHUMA DEMISSÃO!

No fundo esses dirigentes sindicais, aprendizes de
políticos profissionais, só querem negociar! Tomar
cafezinho, dar entrevista e sair de herói, afinal CUT e
FARSA são ninho para candidato a candidato nas eleições.

Se eles quisessem luta o que tinha que ser feito
agora era uma grande GREVE GERAL contra as reformas
populares, que estão sendo votadas em fase de conclusão
no Congresso! Mas isso nunca se dispuseram a fazer! Em
vez disso acabaram de abandonar os trabalhadores dos
Correios isolados em sua greve de caráter nacional, o
que levou a derrota do movimento.

Isso tudo só mostra que a CUT/PT é a FARSA
SINDICAL!

A única saída é a auto-organização a partir de
cada fábrica, oficina, escritório, escola, loja, etc...
se interligando regionalmente inter-categorias. Tudo
isso mantendo os políticos profissionais à distância e
com todas as decisões sendo tomadas em Assembléias,
diretamente pelos interessados. Se for para lutar que
seja para valer, para vencer!

- CONTRA O DESEMPREGO E PELO DIREITO AO TRABALHO!
- PELA REDUÇÃO DA JORNADA DE TRABALHO PARA 30 HS
SEMANAIS (6 HS DIÁRIAS),SEM REDUÇÃO SALARIAL!
- REFORMA AGRÁRIA RADICAL E IMEDIATA!
(Com a COLETIVIZAÇÃO da Produção)
- CONTRA A REPRESSÃO AOS TRABALHADORES AMBULANTES E
CLANDESTINOS!
- LIBERDADE AOS TRABALHADORES PRESOS POR MOTIVOS
FORJADOS!
- PELA LIBERDADE DE ORGANIZAÇÃO, MANIFESTAÇÃO E
INFORMAÇÃO!
- PELA REORGANIZAÇÃO DA CONFEDERAÇÃO OPERÁRIA
BRASILEIRA (COB/AIT)!
- FORA LULA, O DESEMPREGO, O ARROCHO, O CAPITALIMO E
TODAS AS MISÉRIAS!
- CONTRA A GLOBALIZAÇÃO DO CAPITAL INTERNACIONALISMO
PROLETÁRIO!

PROFOSP/COB-ACAT/AIT




*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center