A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) IIIº ENCONTRO DE SINDICALISMO ALTERNATIVO, BARCELONA, 3,4 E 5 OUTUBRO DE 2003

From a-infos-pt@ainfos.ca
Date Sun, 12 Oct 2003 23:40:22 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

Este Encontro contou com a participação de delegações de sindicatos e
confederações seguintes: ESK (País Basco); CUB (Itália); USI (Itália) ;
UNICOBAS (Itália); SUD (França); CNT (França); École émancipée (França);
ORSA (Itália); SAC (Suécia); SUD-SP (Suíça); SU (Estado Espanhol) e a
organização anfitriã CGT (Estado Espanhol). Além destas delegações,
estiveram presentes activistas sindicais da Turquia, Marrocos e Portugal.
No que respeita aos trabalhos, estes dividiram-se em sectoriais (no dia 3)
e transversais (no dia 4), assim como sessões plenárias que culminaram com
a aprovação de um documento síntese, o qual deverá ser ratificado pelas
organizações presentes dentro do prazo de dois meses.Os sectores representados foram diversos: Educação, Função Pública,
Correios, Ferroviários, Metalurgia, Comunicação, Saúde, Banca e Seguros.
As conclusões dos grupos de trabalho sectoriais identificavam os
principais desafios aos quais os trabalhos das respectivas organizações
nacionais ou regionais se confrontavam. Em todas as conclusões sectoriais
se nota que o grande capital e os Estados, seguindo o modelo neo-liberal,
confrontavam os trabalhadores e as populações com medidas muito
semelhantes, apesar das diversas modalidades de aplicação de país para
país. Nomeadamente, os processos de desregulamentação do quadro das
relações laborais, a chamada "flexibilização", acompanhada ou precedendo a
etapa de privatização de sectores inteiros, com reflexos muito negativos
para as populações pelo facto de irem tocar aspectos essenciais da sua
sobrevivência e bem-estar social.Verificou-se que todos os sectores tinham em curso processos levando ao
aumento da precariedade, sendo notório que essa precariedade não se
limitava já ao vínculo laboral, para se estender sobre múltiplos aspectos
das condições de existência.Dada a sua grande importância e transversalidade, foram tratados em quatro
reuniões de trabalho separadas os temas da mulher, da imigração, da
precariedade e da protecção social (reformas, segurança social, subsídios
de desemprego, apoios na doença, etc) e com particular incidência na
questão das reformas.Além do diagnóstico comum, nas conclusões gerais ressaltam os seguintes
pontos:- ficaram encarregues pelo próximo encontro as organizações italianas
presentes, tendo também sido decidido que estes encontros passariam a ter
lugar anualmente.- vai continuar a realizar-se uma coordenação autónoma por sectores, que
se deverão alargar.- vai realizar-se um debate entre organizações com vista a esclarecer como
levar a cabo essa tarefa de coordenação por sectores, nos próximos três
meses. Conta-se desde já com o convite da CGT de Espanha para uma reunião
de trabalho a realizar na Primavera de 2004.- foi proposto criar quatro áreas de trabalho permanentes: a) mulher; b)
imigração; c) reformas e despesa social; d) precariedade. Os/as
companheiras/os que participaram nos trabalhos destas áreas neste
encontro, poderão continuar a sua tarefa.- a área das reformas e despesas sociais será objecto de uma iniciativa
conjunta. Esta campanha terá lugar entre Novembro deste ano e o 1º de Maio
2004, com os contributos materiais e militantes das organizações
sindicais, com uma larga difusão do que já foi realizado pelos diversos
sindicatos até agora, a confecção de textos, panfletos, cartazes comuns,
trabalho de sistematização por forma a ter-se uma percepção geral desta
campanha e seu reflexo nos média; acções propostas para uma data comum,
possivelmente no princípio de Fevereiro.- também se fará uma dinamização e alargamento da coordenação do trabalho
sobre imigração que está sendo realizado em várias iniciativas concretas
no terreno, sendo garantida a distribuição horizontal de informação.Num plano geral, sentiu-se a necessidade de dar a conhecer noutros países
as lutas travadas e as mobilizações realizadas por estes sindicatos.
Também se aprovou um documento de solidariedade com Laura Riera,
arbitrariamente mantida em prisão sem julgamento durante dois anos, com
uma acusação de colaboração com o terrorismo ‘etarra’ sem base concreta
nenhuma (Laura, depois de terminado o encontro, foi a julgamento, tendo
ficado claro neste que não havia nenhuma prova para incriminá-la), assim
como uma moção de solidariedade para com os diversos centros sociais de
Barcelona, contra tentativas de expulsão da Casa de la Montanya que
funciona desde há 12 anos e outra moção em solidariedade com os
trabalhadores de Marrocos e de outros países, fonte de grande parte da
mão-de-obra super-explorada dita "ilegal".Durante o encontro houve uma forte manifestação de solidariedade com os
diversos centros sociais de Barcelona em risco de serem expulsos (cerca de
3 a 5 mil manifestantes), tendo vári@s d@s presentes no encontro
participado no desfile.Quanto ao funcionamento do encontro, houve um grande empenhamento da
organização que nos recebeu, a CGT catalã e o comité local de Barcelona,
tendo conseguido organizar com bastante sucesso um serviço de tradução
simultânea em Castelhano – Francês – Inglês , durante as diversas sessões
plenárias (nas reuniões sectoriais e transversais, os próprios
participantes dos grupos de trabalho asseguravam a tradução simultânea).
O serviço de apoio assegurou a rápida reprodução dos documentos que saíam
das diversas reuniões, assim como traduções provisórias dos mesmos.
Tivemos saborosos e alegres momentos de convívio, nas refeições
(confeccionadas com esmero por companheir@s do sector de hotelaria da CGT
catalã) a meio dos dias das jornadas e na festa organizada no Sábado à
noite.O ambiente geral foi de uma grande vontade de convergência e espírito
construtivo, tanto mais necessária quanto estes sectores sindicais
alternativos representam nos seus países respectivos e na Europa em geral,
quase a única visível resposta organizada à ofensiva neo-liberal, em
contraste com o sindicalismo de acompanhamento, reformista e comprometido
com a burocracia da U.E., da "CES" (Confederação Europeia de Sindicatos).Os sindicatos e confederações presentes em Barcelona são organizações
erguidas desde as bases e onde estas permanecem as instâncias com
verdadeiro poder decisório (basta ver que todos os documentos aprovados
neste encontro carecem de ratificação nas organizações dos diversos
países, para serem considerados posições oficiais); muito implicadas em
lutas por vezes muito duras, como foi o caso das recentes greves do sector
da educação em França, ou das greves e mobilizações em Itália;
organizações que têm tido um crescimento notável nos últimos anos e
capazes de desencadear e apoiar mobilizações importantes de forma
autónoma em relação a confederações de sindicatos burocráticos.Por estes motivos e porque o diagnóstico e as propostas concretas têm
muito que ver com a nossa realidade, tem todo o interesse que se alargue o
conhecimento e a troca de informações entre tais organizações sindicais de
base e alternativas e indivíduos e correntes presentes no terreno das
lutas sociais em Portugal.
por Manuel Baptista para A-Infos e "A Batalha"




*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center