A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
First few lines of all posts of last 24 hours || of past 30 days | of 2002 | of 2003

Syndication Of A-Infos - including RDF | How to Syndicate A-Infos
Subscribe to the a-infos newsgroups
{Info on A-Infos}

(pt) GRÉCIA: MANIFESTAÇÕES EXIGEM LIBERDADE PARA OS 7 DE TESALÔNICA

From "cldvulg" <cldvulg@bol.com.br>
Date Tue, 18 Nov 2003 22:29:22 +0100 (CET)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
http://ainfos.ca/ http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

As mobilizações anarquistas -em muitas
diferentes cidades do país- para lembrar os 30 anos da
repressão contra a rebelião dos estudantes da
Politécnica durante a ditadura militar(1973), tiveram o
caráter de solidariedade aos 7 prisioneiros das
demonstrações contra o fórum de União Européia de
Thessaloniki e o espírito da luta continua contra a
ditadura "democrática" moderna e do terrorismo Estatal
globalizado e do Capitalismo.

- ATENAS. O Bloco Negro Anarkista, com uma bandeira
exigindo a libertação imediata dos 7 prisioneiros de
Thessaloniki. Os @ mantiveram reunidas 2.000-3000
pessoas, numa demo com 15.000 pessoas ao todo.

Foram detidas aproximadamente 40 manifestantes, a
maioria deles antes da manifestação ou das revoltas e
enfrentamentos começarem. > Destas 40, 10 pessoas foram
penalizadas e serão levadas a promotoria hoje
(18/11/03).

- THESSALONIKI. De 1.500-2.000 pessoas participaram na
manifestação anarquista exigindo a libertação dos 7. As
revoltas ocorridas na área das universidades, com
demonstradores jogando coqueteis molotov à polícia de
choque e controle de revolta. Uma pessoa foi detida na
demonstração. Até tarde da noite as pessoas ocupavam o
prédio da Faculdade Teológica ("Theologiki") exigindo
liberdade para os sete.

- PATRAS. O Bloco Negro saiu com 500 camaradas tendo a
frente a bandeira "Solidariedade com os Detidos em
Greve de Fome, Liberdade Para os 7 de Thessaloniki". No
começo da demo houve alguns choques com a juventude do
Partido Socialista.

- HERAKLION. Com 300 camaradas Bloco Preto Anarkista
com lemas de simpatia para os Sete de Thessaloniki. A
polícia (entre eles comandos especiais de polícia que
estão em Creta) tentaram cercar o Bloco @ desde o
início, depois que camaradas atacaram alguns rufiões do
Partido Socialista, mas o conjunto da manifestação se
caracterizou pela solidariedade, com o Bloco Preto
recusarem a se retirar na demo se os policiais não se
retirassem. Uma Tropa especial de Unidade-de-repressão
tentou deter um anarquista que foi abatido e está agora
no hospital.

- XANTHI. 50 Anarquistase antiauthoritarios, com a
faixa ‘Libertem os Sete, Solidariedade com os Detidos
em Greve de Fome’ formaram um bloco que marchou com o
conjunto da demo e então se separou desta, escapando do
cerco policial e reaglutinado fora da estação de
polícia da cidade, com lemas para os sete.

- A ilha de KERKYRA. O bloco anarquista, com a
faixa: "Libertem os Reféns da Democracia" e
flyers “LIBERTEM OS SETE DE THESSALONIKI” marchando com
o conjunto da demo.

- RETHYMNO. Na demo com 300 pessoas, 50 camaradas
formaram um bloco pedindo a libertação dos 7 de
Thessaloniki.

- A ilha de SAMOS. Grupos antiauthoritarios ocuparam a
Universidade de Agean e penduraram faixas com os
dizeres: "Libertem os 7 de Thessaloniki" e "Paz entre
as pessoas - Guerra entre as classes!”.

- MYTILINI. Os camaradas ocuparam durante um hora o
ministério de Aegean em solidariedade com os 7 de
Thessaloniki e então partiram para uma demonstração na
cidade.


A NOTÍCIA: A exigência da libertação temporária
imediata para os 7 já que seu julgamento/sentença não
foi dada pelos juizes até o momento. Há poucos minutos
camaradas que estão no hospital informaram que o
gerente mandado de transferência ao hospital de prisão
de Carlos e Spyros por que eles não aceitam ser
alimentados! O Fernando permanecerá no hospital de
Nikaia. Este desenvolvimento de reenviá-los de volta à
prisão, quando suas condições de saúde pioram a cada dia
é uma repressão brutal exercitada por médicos e
significa uma tentativa quebrar a determinação deles em
lutar com a arma de suas vidas pela liberdade. Houveram
outros médicos que, apesar da repressão policial,
queixaram-se fortemente em público contra os métodos
que a polícia tem usado contra nossos camaradas.

“O Coletivo Libertário” Chama à
SOLIDARIEDADE AOS SETE DETIDOS EM TELASSÔNICA
(cldvulg@bol.com.br)

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@
(Extraído de Indimedia-Atenas)
Tradução “Coletivo Capa Negra”




*******
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas
******
INFO: http://ainfos.ca/org http://ainfos.ca/org/faq.html
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
ASSINATURA: envie correio para lists@ainfos.ca com a frase no corpo
da mensagem "subscribe (ou unsubscribe) nome da lista seu@enderço".

Indicação completa de listas em:http://www.ainfos.ca/options.html


A-Infos Information Center