A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Dutch_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) Declaração dos/as libertários da Colômbia

From <a-infos-pt@ainfos.ca>
Date Wed, 12 Mar 2003 09:47:49 +0100 (CET)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
              http://ainfos.ca/index24.html
     ________________________________________________

Agência de Notícias (A) em 2002-03-06
Rechaçamos a escalada na guerra que representa o fim das
negociações entre o governo e a guerrilha. Igualmente rechaçamos
a versão oficial de que esta se "deveu" ao sequestro de uma
senadora, já que há provas de que essa escalada estava planejada
há algum tempo atrás.
O Plano Colômbia necessitava desta escalada como pretexto para
que o Estado pudesse consumar seus negócios bélicos com os
capitalistas norteamericanos.
Consideramos que a resposta adequada reside numa oposição
radical a guerra, que reconheça que esta não diminuirá sem
concessões por parte do Estado.
Esta oposição incluirá a resistência civil, baseada em:

- Ação Direta/Deserção dos exércitos
- Campanha de Não Pago contra a guerra do Estado e da burguesia
contra a população. Por exemplo: Recusar a pagar a fatura dos
serviços públicos.
- Paro e greves, inclusive uma greve política pela paz.

Rechaçamos a maneira em que políticos e prefeitos como A. Mockus
apoiam a "resistência civil" quando eles mesmos aprovam medidas
anti-populares.
Denunciamos a maneira descarada em que a mídia e especialmente
os noticiários televisivos utilizam as imagens de atos
terroristas para criar na população desinformação e idiotices,
como métodos de ampliar o "rating" e obedecendo a uma política
de parcialidade.
Reivindicamos uma revolução social que não tenha que esperar até
o "depois da guerra" - e que não significa uma vanguarda armada,
e sim, onde todos participem.
Historicamente está demonstrado que uma oposição autoritária,
hierarquizada só cria uma nova elite de carrascos, onde a
opresão e a exploração, persistem apesar da maquiagem.
Consideramos importante nos opormos a esta guerra centrando
nossas análises em suas causas: a defesa a todo custo dos
benefícios que o Estado colombiano e o capital nacional e
estrangeiro obtém da exploração da grande maioria dos
colombianos. Isto inclue vendedores de armas, narcotraficantes,
políticos, mídia, grandes proprietários e financeiros; e todos
aqueles que de região em região lucram com a guerra, com o
sangue da população, e o sofrimento de um número cada vez maior
de colombianos.

Assinam:

Revista El Horizonte
El C.A.S.O. (Medellín)
Colectivo Anarcopunk Contracorriente
Colectivo Los Amigos de Lopez
Colectivo Los Rodillones
Taller de Estudios Anarquistas


Agência de Notícias Anarquistas-ANA
A árvore, quando está sendo cortada, observa
com tristeza que o cabo do machado é de madeira




*******
                                ********
            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)

A-Infos Information Center