A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 40 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ Nederlands_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) Rio de Janeiro: Informe do ato do dia 04/04 contra a guerra

From zumbi@riseup.net
Date Mon, 7 Apr 2003 22:50:24 +0200 (CEST)


______________________________________________________
A - I N F O S S e r v i ç o de N o t í c i a s
http://www.ainfos.ca/
http://ainfos.ca/index24.html
________________________________________________

Na última Sexta-feira, dia 04/04, estava marcado um ato contra a Guerra
no Rio de Janeiro. Esse ato foi puxado pelo Comitê Rio Pela Paz, que
conta com a participação do Comitê FSM, Viva Rico, partidos de
"esquerda" e outras entidades. Seguindo a lamentável tradição desse
comitê, que já tinha feito os memoráveis atos na praia em frente ao
Meridien e na Lapa, numa Sexta à noite; o último ato tinha sido tirado
de ir da candelária à cinelândia. Lá, o ato iria "começar", com
discursos de políticos e "lideranças" sindicais (leia-se burocratas).

Poucas pessoas entenderam e muito menos concordaram com essa orientação.
Qual a justificativa de uma manifestação que estava bem cheia (devia ter
umas 2000 pessoas, coisa difícil de se conseguir por aqui) parar para
ouvir discurso enquanto o Consulado dos EUA ficava só alguns metros à
frente. Essa posição só mostra mais uma vez a tendência conciliadora,
autoritária, burocrática e oportunista daquele comitê.

Por outro lado, alguns setores do movimento no RJ, insatisfeitos com as
diretrizes do Comitê do Viva Rio, vínhamos puxando algumas reuniões e
atividades com um caráter classista e combativo contra a guerra. Entre os
coletivos que participam dessa mobilização, estão FLP, Comitê de
Solidariedade aos Povos em Luta, Comitê de Solidariedade ao povo
Palestino, alguns colaboradores do CMI, MUP, MEP etc. Na Quarta-feira,
dia 02/04, fizemos uma atividade de grafitagem que foi muito
interessante. E decidimos participar no ato do dia 4, mas com uma linha
própria, sem nos
subordinarmos à diretriz do Comitê Pela Paz e, sem dúvida teríamos que
seguir até em frente ao consulado.

Foi assim que no dia da manifestação seguimos com a passeata pela Av. Rio
Branco, mas quando os partidos e a burocracia pararam na Cinelândia, nós
seguimos junto com muit@s outr@s compas (pelo menos uns 500) até o
consulado, convocando com o nosso (precário) carro de som. Lá, fechamos a
rua e fizemos uma manifestação aguerrida e alegre, com a galera gritando
o que queria e o microfone aberto, diferente dos carros de som da
burocracia, que têm o seu acesso restrito e controlado por truculentos
cães de guarda. Foi engraçado ver a passeata rachando e tanto partidos
"reformistas" como PSB e PC do B, quanto partidos "revolucionários",
como o PSTU, orientarem seus rebanhos a não irem para o consulado.

Como pudemos ver, há muitas pessoas insatisfeitas com essas manifestações
pelegóides no Rio. É possível levar manifestações independentes, com um
conteúdo mais radicalizado, anticapitalista e antiimperialista e não
apenas ficar pedindo "PAZ" no vazio e soltado pombas brancas, que podem
ser atingidas por uma bala perdida ou por um Tomahawk. Muitas pessoas
dizem que devemos "unificar" as lutas, participando do Comitê. Essa é
uma polêmica vazia, pois nenhuma luta tem que ser centralizada em um
único fórum. Qualquer iniciativa que surja contra a guerra é legítima,
assim como é legítimo os diferentes coletivos se expressarem da forma
que acharem mais coerente. Pretendemos dar prosseguimento a esse tipo de
ação, fortalecendo a vigília que está em frente ao Consulado e
articulando outras ações.

Nossa próxima reunião será na Quinta feira, dia 10/04, às 19h no Senge.
Quem puder, dê uma passada na vigília antes para confirmar o local.

Saudações,
Z.

PAZ ENTRE OS POVOS, GUERRA AOS OPRESSORES!






*******
********
****** Serviço de Notícias A-Infos *****
Notícias sobre e de interesse para anarquistas

******
ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
WWW: http://www.ainfos.ca/org
INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
a mensagem seguinte:
unsubscribe a-infos
subscribe a-infos-X
onde X= pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)

A-Infos Information Center