A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages _The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) Espanha: anarquistas na mira do poder

From "Moésio_Rebouças" <mr.ana@terra.com.br>
Date Thu, 31 Oct 2002 16:06:42 -0500 (EST)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
              http://ainfos.ca/index24.html
     ________________________________________________


Nos últimos meses na Espanha, os tentáculos do Estado, mídia, polícia 
e fascistas de plantão, estão acossando indivíduos e grupos 
do “movimento” anarquista espanhol, usando das mais diversas táticas 
de persuasão. Em setembro foi descoberto um esbirro que atuou por 
cinco anos infiltrado em grupos libertários de Madrid, como a Cruz 
Negra Anarquista (em breve matéria especial sobre esse caso); em 
Valencia a onda repressiva é grande, com ocupações sendo desalojadas, 
companheiros presos e sofrendo torturas, residências de anarquistas 
sendo invadidas e fichadas.  Dias atrás o Ateneu Libertário de Jerez 
de la Frontera foi sabotado por fascistas. Em Sevilha casas ocupadas 
também estão sendo desocupadas com violência pela polícia. E é cada 
vez maior o número de policiais nas ruas de diversas cidades 
espanholas.

A seguir, um comunicado do “Coletivo Libertário Ovelha Negra”, de 
Corunha (Espanha), que revela mais uma tática do sistema de 
desprestigiar e criminalizar o “movimento” anarquista.

Em meio a uma frenética campanha contra o naci-onalismo, em pleno 
auge do estado policial e da consolidação do capitalismo mais besta, 
Tele 5 (porta-voz do sistema) acaba de emitir um reportagem contra @s 
dissidentes anticapitalistas, especialmente contra @s anarquistas... 
Quererá dizer algo?

Que panorama se aproxima? Quanto medo tem de nós para que façam 
campanhas como essa? Será que têm medo do crescimento do anarquismo?

Sempre dizemos: "temos o inimigo em casa", e esse inimigo é a 
televisão!

Na quinta-feira, dia 29 de agosto, os jornalistas - facínoras do 
sistema - emitiam uma reportagem sobre o que chamavam "@s violentos" 
antiglobalização.

Mas qual foi nossa surpresa - relativa surpresa - é que os 
protagonistas deste documentário éramos nós. Coletivo Libertário 
Ovelha Negra, um coletivo anarquista, anticapitalista, violento e 
com “cabeças”... segundo el@s.

Isso nos acontece por sermos como somos. Há na porta de nosso local 
da C/Falperra 81 (no bairro operário de “Los Mallos”) um cartaz que 
diz: "sábados a partir das 7:30: assembléias abertas a todo o mundo". 
Ou seja, que pode ir, opinar e decidir quem quiser ir.

Nós não temos afiliad@s e muito menos “cabeças”. Tele 5 – para 
variar – mente. Tampouco, por suposto, nos dedicamos a 
organizar “altercados”, nem coisas que se pareçam: qualquer um que 
nos conheça poderá ratificar tudo.

Na reportagem, aparecia um companheiro mostrando o material que íamos 
levar à manifestação antiglobalização de Compostela. Material que, se 
deixou bem claro aos jornalistas, era para autodefesa. Muitas vezes 
lhes foi dito que nós não pretendíamos armá-la. Não somos tont@s. 
Contávamos que iriam milhares de policiais para menos de um milhar de 
manifestantes. Mas isso não quiseram passar na TV... rompia sua 
teoria dos grupinhos maus, maldosos, “cabeças explode manifestações”, 
e demais sandices... 

Ainda assim, é certo, a Compostela foram os violentos. Mas esses não 
éramos nós, e sim @s 4000 mercenári@s pagos, armados até os dentes e 
com pulgas muito más que gostam de chamar-se com o aterrador nome 
de “Policiais”.

Ovelha Negra não é um coletivo violento, é um coletivo ANARQUISTA!

Nós defendemos determinadas idéias, nós não somos vândal@s, mas 
pessoas que lutam por uma vida digna, contra a tirania que os 
polític@s, jornalistas e os empresari@s chamam 
mentirosamente “democracia".

Tampouco somos um grupo de pacifistas. E somos menos ainda um bando 
de imbecis. Um par de meses antes dessa manifestação de fevereiro em 
Compostela, nessa mesma cidade, @s violent@s (polícias) reprimiram 
BRUTALMENTE os estudantes anti-LOU sem razão alguma.

Ante este panorama decidimos não ir como cordeiros ao matadouro e nos 
organizamos para, se reprimissem, sair mais “aliviados”. Nem Deus nos 
vai impedir de nos manifestarmos, por muito medo que põe os jornais e 
a televisão de modo que nós não façamos isso, pois desde a mídia nos 
disseram, aos cidadãos, que isso seria pouco menos que um massacre! 
Nós não nos intimidamos. Continuaremos lutando por aquilo que NOS 
PERTENCE; quer dizer, por uma sociedade mais justa e livre, 
ecológica, sem homofobia, sem sexismo nem racismo: exigimos um pouco 
de respeito para com todas as pessoas e o ecossistema. Nós vamos a 
manifestações onde nos esperam com ganas milhares de policiais 
violent@s, que nos provocam e encrespam, provocando el@s muitas vezes 
conflitos. El@s, @s polícias, são os provocadores e violent@s. A 
prova disso é que em todas as manifestações que temos organizados em 
Corunha não há ocorrido incidentes algum, e isto porque nelas a 
polícia não nos provocou. 

O documentário de Tele 5  é uma mentira após outra. A grande maioria 
das coisas que são ditas em nosso local são comentários deles mesmos, 
que na montagem parece como se saíssem de nossa boca; comentários 
dignos de gatunos. Estes dois imprestáveis chegaram em nosso grupo 
dizendo que tinham a intenção de enfrentar as polícias e queimar 
bancos... A isso respondemos que não contassem conosco... mas isso 
não aparece no documentário. 

Obviamente o que queriam era ver sangue para poder vender. Na 
manifestação, ao ver que os anarquistas não estavam a favor deste 
trabalho suicida, os jornalistas infiltrados tentaram causar 
distúrbios com a polícia sem sucesso algum. Assim não puderam gravar 
o tão ansiado sangue que queriam ver. Depois atribuíram 
canalhescamente tudo isso porque os Bascos não tinha vindo! Quando 
nós lhes tínhamos dito cem vezes que o Bascos não viria em nossa 
manifestação, porque nada temos a ver com el@s, que iriam a uma 
outra, pois haviam três manifestações paralelas segundo ideologias 
diferentes! Nós não somos nacionalistas... Mas isto tampouco saiu no 
documentário. 

Uma após outra, as mentiras, as distorções, as descontextualizações e 
palavras sujas postas na nossa boca se sucediam. 

Na manifestação nós fizemos uma “carreira”. Esta é uma tática festiva 
para animar as pessoas, normal em qualquer manifestação lúdico-
reivindicativa como a qual nós fizemos em Compostela... Os facínoras 
de Tele 5 disseram que pretendíamos provocar a polícia e romper o 
cordão! Mesmo que a “carreira” parasse 100 metros antes de chegar na 
linha dos policiais. Incrível! 

Por nossa parte dizer que o movimento anarquista e a luta direta 
continuam crescendo em todo o Estado, e Corunha é uma prova disso. E 
isto deve botar medo nel@s. Suas calúnias dão-nos iguais. Mas nós 
seguiremos como sempre. 

Somos gente pacifica, @s que nos conhecem sabem bem, mas também somos 
intransigentes. Intransigentes com as injustiças e as vexações.

Seguiremos em pé, e com mais ganas e força, na luta contra o 
capitalismo, lutando por uma sociedade solidária, igualitária, 
ecológica e LIBERTÁRIA!

E nessa luta te animamos a fazer parte. Conte conosco e jamais 
desista, companheir@. El@s são pouc@s e covardes, e nossas vidas são 
muito, muito melhores.

Se desejar mais informações deste caso, ou sobre o coletivo e as 
idéias que defendemos, de nossas campanhas, atos, projetos e lutas, 
passe no nosso local (C/Falperra 81 bajo, Los Mallos). E-mail: 
clovejanegra@hotmail.com Página: http://es.geocities.com/ovejanegraweb

Saúde, Amor, Anarquia e LUTA!

Coletivo Libertário Ovelha Negra



----------------------------------------------------------------------
----------


Agência de Notícias Anarquistas-ANA

Uma árvore nua

aponta o céu. Numa ponta

brota um fruto. A lua?

Guilherme de Almeida



----------------------------------------------------------------------
----------


 

  





*******
                                ********
            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)


A-Infos Information Center