A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages _The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) 7º Dia Internacional de Luta Contra a Brutalidade Policial (15 março de 2003)

From "cldvulg" <cldvulg@bol.com.br>
Date Mon, 23 Dec 2002 07:51:06 -0500 (EST)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
              http://ainfos.ca/index24.html
     ________________________________________________



          O dia 15 de março 2003, marca o sétimo ano  
deste dia internacional de protesto e solidariedade 
contra a brutalidade da polícia. Iniciado em 1997 como 
uma iniciativa do 'Coletivo Bandeira Preta', na Suiça, 
com a ajuda do "Coletivo de Opposé la Policière de 
Brutalité" (COBP-MONTREAL). Desde seu primeiro ano, o 
Dia Internacional Contra Brutalidade Policial(IDAPB) foi 
um êxito. Esta data foi escolhida porque em 15 de
Março de 97, duas crianças, com 11 e 12 de idade, foram 
espancados pela polícia Suiça. 

         Este dia é também uma oportunidade de criar e 
de fortalecer-se uma indispensável solidariedade 
internacional contra a colaboração crescente entre 
forças globais e da polícia. O IDAPB é um passo para por 
fim ao isolamento de grupos e indivíduos que, empenhados 
nesta luta, estão sujeitos a repressão diária. 

         A polícia, o braço direito do Estado, abusa de 
seu poder numa base diária de violência num exercício 
com impunidade total. Dentro da corporação policial, a 
cumplicidade do silêncio desarraiga a possibilidade de 
inocência de um oficial da polícia. Em toda parte eles 
continuamente transgridem as mesmas leis que eles 
supostamente deveriam sustentar. A polícia verifica 
documentos de identidade sem razão, bilhete, atormenta, 
rouba, espiona, bate, deporta, apreende, prende, tortura 
e mata. Seus alvos primários são "o indesejáveis da 
sociedade": o pobre, as pessoas desabrigadas, as pessoas 
de cor, imigrantes e pessoas com estado irregular (" 
imigrantes ilegais e as pessoas que trabalham sob-a-
tabela), trabalhadores de sexo, ativistas sindicais e 
estudantis, os marginalizados, trabalhadores 
organizados, ativistas de gênero chamados de esquisitos 
ou de feministas e as pessoas que são interrogadas e não 
aceitam a legitimidade das autoridades. 

         Em resposta a extensão e profundidade das 
demonstrações da globalização de anti-capitalistas que 
se opondo a fortaleza do capitalismo, que alargando a 
lacuna entre os rico e os pobres, o aprofundar da 
pobreza, a miséria generalizada e a deterioração das 
condições de vida, os governos investem em suas forças 
de polícia, para manter, a qualquer custo, a ordem 
social para 'paz social'. 

         A segurança dos reacionários enlouqueceu após o 
11 setembro e os acontecimentos no E.U.A. deram reino 
livre a governos mundiais para criar novas leis racistas 
de anti-terrorista, fascistas, e anti-imigração. 
Vigilância sistemática de todos os meio de comunicação, 
controles mais ásperos de fronteira (se não seu 
fechamento) e poderes arbitrários totais a toda força 
policial força que afetam diretamente todos 
os "indesejáveis" (a classe perigosa'). 

         Para encarar um estado policial global, nós 
temos a responsabilidade de  agir e apoiar todas vítimas 
da força Estatal. Nós urgentemente convidamos todos a 
participar no Dia Internacional Contra Brutalidade de 
Polícia (IDAPB). Até agora, este acontecimento aconteceu 
em várias formas: teatro de rua, murais, publicações, 
demonstrações, conferências, posters, oficinas, 
exibições, rádio e televisão mostra e outros
acontecimentos culturais. Alguns grupos organizaram mais 
de uma atividade enquanto outros formaram uniões. Todos 
os indivíduos e coletivos decidem em o que tipo de ação 
irão se envolver, dependendo do clima político de seu 
país, da energia e boa vontade das pessoas para 
organizar um evento, os recursos disponíveis, etc. A 
coisa chave é a imaginação e a criatividade das pessoas 
envolvidas. 

A POLÍCIA = TERROR LEGAL! 
ABAIXO A POLÍCIA DECLAREMOS EM TODA PARTE!
ORGANIZE O DIA INTERNACIONAL CONTRA BRUTALIDADE 
POLÍCIAL! 


Algumas sugestões e necessidades:

* Se você não pode organizar nada durante o 15 de março, 
tente organizar algo perto da data tanto quanto 
possível. 
* Se você não pode nem quer participar, passe adiante e 
ajude a divulgar esta mensagem. 
* Necessitamos mais linguagens, então qualquer tradução 
da mensagem será muito apreciada. Pode por favor emviar 
as traduções ao endereço de email no pé da mensagem, de 
modo que possamos publicá-los em nosso websites. 
* Se você organizar qualquer coisa, pode por favor nos 
deixa saber, para fortalecer-se solidariedade e ser 
capaz de construir uma publicação sobre este 
acontecimento mundial. 
* Para perguntas, comentários, ou saber mais sobre COBP-
Montréal e COPB-Vancouver por favor entrar em contato 
conosco ou visite nosso websites. 



O COBP-Montréal e COPB-Vancouver
Os contatos:
Caixa correio de Caramujo: 
c/o The Alternative Bookshop
2035 St-Laurent, 2nd floor
Montreal, Quebec
H2X 2T3

E-mail: idapb2003@yahoo.ca

Websites:
COBP-Montréal:http://www.tao.ca/~cobp/index.html
COPB-Vancouver:http://resist.ca/~copb-van



*******
                                ********
            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)


A-Infos Information Center