A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages _The.Supplement
{Info on A-Infos}

(pt) Apelo à acção – Copenhaga 2002 (fr)

From Worker <a-infos-pt@ainfos.ca>
Date Sun, 1 Dec 2002 07:54:53 -0500 (EST)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
              http://ainfos.ca/index24.html
     ________________________________________________


A arte de ficar calado.

Lamentavelmente não é da actualidade o estar-se em descordo com
a classe dirigente.
Mesmo organizações que deveriam estar em oposição à ordem
capitalista mundial estão ocupadas a convencerem-se a si
próprias e ao Estado, em particular, que elas não constituem
nenhum problema real à ordem estabelecida. Elas apenas desejam
mudar « alguns detalhes menores » aqui e ali. A causa deste
indigno estado de espírito reformista pode encontrar-se num
receio muito profundo de ser qualificado de “radical” ou mesmo
pior , de “terrorista”.  
O Estado inventou um novo termo : " terrorwar " (guerra
anti-terrorista). Este concewito,
abstracto e ainda não concretizado, é usado como pretexto para
deitar os direitos do Homem e o bom senso comum  ao lixo. Quando
criticadas, as pessoas que cometem tais actos referem-se à sua
guerra sagrada contra o terrorismo, enquanto criminalizam e
deitam as suspeitas para grupos que não têm absolutamente nada
que ver com o terrorismo real.
 E aqueles que deveriam gritar  " STOP ! " com toda a força,
colocam-se escondidos atrás da sombra do Big Brother, guardando
a sua boca hermeticamente fechada.  
A arte de de ficar calado tem também prejudicado os protestos
contra as cimeiras. Quando os dirigentes da União Europeia se
reúnem para nos aproximar ao máximo dos estados unidos da
Europa, com os EUA como modelo, deveriam ser confrontados a uma
resistência massiva por parte dequeles/daquelas que não desejam
viver num super Estado europeu corrupto e não democrático. Mas
isto não acontece. 
 Não nous deixemos envolver pela histeria do pacifismo e da
inacção dominantes partilhados por uma grande parte do movimento
de esquerda. Nós temos o direito de protestar contra a nova
ordem mundial; temos o direito de gritar o nosso desprezo nas
caras gordas daqueles que estão a levar o nosso mundo
directamente para o esgoto. 
E não, não queremos dialogar com os políticos. É uma perda de
tempo. A parte mais importante do trabalho dos políticos
consiste em « dialogar” com pessoas que estão em desacordo com
eles.
Eles inclinam a cabeça, sorriem e dizem :
" sim, claro, vamos naturalmente estudar isso " E finalmente não
farão absolutamente
nada em relação aos problemas aos quais foram confrontados.
Cpomo é que se pode esperar dialogar com pessoas que contratam
peritos dos média, os ditos " spin doctors(1) ", para lhes
ensinar a aumentarem a eficácia das suas mentiras junto do
público?
É impossível mudar o sistema desde o interior; tudo o que podeis
esperar obter  é de prolongar um pouco o sofrimento. Esta a
razão porque não queremos diálogo. O que queremos é fazer um
protesto maciço contra a União Europeia.
Abaixo uma pequena lista da algumas actividades que terão lugar
durante a cimeira.
Podem-se encontrar informações mais detalhadas no nosso endereço
: www.resist2002.dk.

Quinta-f. 12 Dezembro : acção Reclaim the Streets 19h30.  
Sexta-f. 13 : dia de acção e manif contra o racismo 17h 
Sábado 14 : manif international 11h Christiansborg
Manif contra o estado policial europeu 13h30 Vesterbro Torv.

A FA apoia Reclaim the Streets (NT: "Reapropriemo-nos da rua")
e  esperam  que as pessoas aparecerão e utilizarão a sua
criatividade durante esta
jornada de acção.
 

Além disso organisamos um bloco anarquista/sindicalista para a
manif internacional de
Sábado. Se participa num grupo que deseja integrar este bloco,
convidamo-los vivamente a entrar em contacto com:
info@resist2002.dk.

Não queremos participar no comício público organizado por "Stop
Volden" (NT: « Paremos a violência») Sábado á tarde. Em seu
lugar,
encorajamos as pessoas a participarem na manif contra o estado
policial
europeu, que é organizada por diversos grupos anarquistas e de
esquerdas
radicais de Copenhaga.
A razão porque boicotamos o "Stop Volden" é estarem de acordo em
trabalhar  em coordenação com a polícia. Através desta
cooperação
está a contribuir para a representação criada pelas autoridades
da
« má » e da « boa » manif. Do nosso ponto de vista, 
isto significa que "Stop Volden" está a ocultar o interesse e os
fins da 
contra Cimeira e constrói uma imagem falsa dos contestatários,
indo assim ao encontro dos ignorantes que pensam que as causas
da violência policial se podem encontrar nos títulos da média
burguesa
sobre " bandos de anarquistas  hooligans vestidos de negro
vandalizando". 
Os poderosos têm um enorme interesse em tornar os protestos
contra eles
Dos mais difíceis e perigosos e é exactamente este género de
propaganda
De que precisam para alcançarem os seus fins. As pessoas que não
acreditam 
nisto, estão simplesmente tão cegas que gostariam que nós todos
o fossemos
também. 

Então quando eles estiverem todos reunidos em Copenhaga de 12 a
14 Dezembro,
Nós devemos lá estar, nas ruas, poderão ver com seus próprios
olhos que não
podem assustar o povo com os seus discursos de terror e guerra.


Até Dezembro. 

Federação Anarquista - Dinamarca.

(1)	NT: Não há tradução exacta. Spin quer dizer rodopiar
rodar, voltear. O seu significado será portanto de especialista
da desinformação.

texto original de Den Anarkistiske Føderation - Danmark
<info@resist2002.dk>

Traduzido para A-infos-pt a partir da tradução em francês da FAF


*******
                                ********
            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)


A-Infos Information Center