A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Polski_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) ATO PELO VOTO NULO HOMENAGEIA ANARQUISTA BAHIANO

From Walt.Bequers <cldvulg1917@yahoo.com.br>
Date Mon, 12 Aug 2002 16:27:25 -0400 (EDT)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
     ________________________________________________


O DIA EM QUE A TERRA PAROU


13ª HOMENAGEM A RAUL SEIXAS
Nosso Inesquecível Maluco Beleza

CONTRA TODAS AS MISÉRIAS, CONTRA A FARSA ELEITORAL!
VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA!
O DIA EM QUE A TERRA PAROU!
21 DE AGOSTO – QUARTA

16 hs CONCENTRAÇÃO
Nas Escadarias do Teatro Municipal

18 hs Saída Da PASSEATA
Até a Praça da Sé.

20 hs TRIBUTO com SOM
Em frente a Catedral da Sé (Até as 22 horas)

Apoio & Contatos:

RAUL ROCK CLUB (www.raulrockclub.com)
CONSULADO DO ROCK (na Galeria do Rock)
PROFOSP/COB-AIT (fospcob1906@yahoo.com.br)
Fã-Clube "Caminhos do Raul" (do Piauí)
"LUAR ROCK LASER"- Fã-Clube (de Itaquera/SP)
"Grupo Alternativo:OUÇA MAIS UMA DO RAUL" (de
Caieiras/SP)
IMAGICK
GRUPO VOTO NULO
A.P.R.O.F.T.
O COLETIVO LIBERTÁRIO/SP (cldvulg@bol.com.br)
(Caixa Postal - 1.917/CEP - 01059-970/SP-SP)

@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@@


       Quem no Brasil não conhece o grande Raul
Seixas?
Nascido na Bahia em 28 de junho de 1945, veio ao mundo
junto com a bomba atômica, para equilibrar um pouco a
coisa. Na década de 50 já versado em baião, xote e
xaxado pela influência de seus pais, tomou contato com
Elvis Presley e o Rock’n’Roll e desde então não parou
mais. Dos “Relâmpagos do Rock”, passando
pelos “Panteras” até estourar em carreira solo com
“Let
me Sing my Rock’n’Roll” e “Ouro de Tolo” em 1973,
plena
ditadura militar, gestão Médici. Não a toa foi preso,
torturado e expulso do país no início de 74. Com a
posse
de Geizel, após a chuva de votos nulos nas eleições de
1974, é convidado a retornar ao país – no que seria o
primeiro ato da política de “Abertura Gradual”
idealizada pelo general Golberi. Chega ao Brasil a
tempo
de receber seu primeiro disco de ouro, pelas vendagens
do LP “GITA” e participar do primeiro “Hollywood
Rock”,
onde é aclamado pelo público que canta a plenos
pulmões “VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA”.

       Em 1977, quando se reiniciam as greves e as
primeiras passeatas estudantis desde as manifestações
de
68, lança o LP “O DIA EM QUE A TERRA PAROU”. A música
conta um sonho de que um dia ele acordou e o planeta
inteiro tinha entrado em greve geral onde “nem o
ladrão
saiu de casa prá roubar, pois sabia que não ia ter
onde
gastar...”. Canta a revolução espanhola no “POR QUEM
OS
SINOS DOBRAM” em 1979. No ano seguinte satiriza a
corrupção dos políticos e seus partidos com o “
ABRE-TE
SÉSAMO”, onde ironiza o trem da alegria do governo
itinerante de São Paulo, do então governador Paulo
Maluf. No 1984, ano que Orwell simbolicamente
consagrou
ao império do Grande Irmão/Big Brother, Raul lança
pela
SOM LIVRE o “METRÔ LINHA 743” onde ele dá “...um
conselho sério...cuidado com os canibais de cabeça que
pensam...”

       O ano de 89 é especial e deverá ser melhor
detalhado. Um dado interessante é que foi ano de
eleições em que Lula despontava como favorito até
Collor
passar na frente, e, e nesse ano de 2002 estamos vendo
a
volta dos que não foram com Lula novamente de favorito
aliado com os antigos aliados de Collor e com a volta
de
Collor agora na chapa de Ciro, como candidato a
governador por Alagoas. Debaixo do sol não há nada de
novo!

       Em 1989, após uma turnê por todo o país com
mais
de 50 shows, e na véspera de lançar o “PANELA DO
DIABO”
é encontrado morto por Dalva, sua governanta, na manhã
de uma segunda-feira: 21 de agosto. A partir de então
a
medida que a notícia se espalhava uma comoção tomou,
inicialmente, a cidade de São Paulo, tomando
rapidamente
todo o país que acompanhou por todos os canais de
televisão as notícias dramáticas que vinham de SP: sem
que a notícia tivesse sido dada oficialmente pelos
meios
de comunicação o corpo teve que ser retirado do
Velório
do Cemitério de Vila Alpina, devido a um afluxo de
mais
de 5000 pessoas; a partir de 13:00 hs as rádios e TVs
anunciam a morte de Raul e que a partir das 16:00 hs o
velório seria realizado no Palácio de Convenções do
Anhembi, aberto ao público; a partir das 14 horas
milhares de pessoas começavam a se concentrar nos
gramados no Palácio de Convenções em um ritual que não
se encerrou até o momento em que o caixão foi levado
para o aeroporto de Congonhas; assim foi até por volta
das 6:00 hs da terça-feira, 22/08, dezenas de milhares
de pessoas passaram para dar um último adeus a
Raulzito
com muita emoção deixavam recados riscados na tampa e
nas laterais do caixão, a certa altura quebraram o
vidro
que permitia ver o rosto de Raul e cada um que passava
dava um beijo em sua testa, muitas pessoas ficavam de
passsagem, outras não conseguiram agüentar a emoção e
eram retiradas desmaiadas, mas a maioria não arredava
pé
cantando as músicas do Maluco Beleza, os meios de
comunicação falavam em 30.000 pessoas no velório; por
volta das 4:00 horas correu a notícia de que iriam
retirar o caixão para levar para o aeroporto em um
carro
fúnebre, as pessoas se revoltaram pois achavam que
depois da pompa com que Tancredo tinha sido enterrado
o
mínimo que Raulzito merecia era o mesmo tratamento,
assim foi que o povo se organizou e assumiu o controle
de todas as entradas e saídas se entrincheirando no
interior do prédio e exigindo um caminhão do Corpo de
Bombeiros para levar o caixão de Raul coberto pela
bandeira brasileira e seguido por um passeata com o
pessoal em cortejo de homenagem, se não fosse assim
ninguém ia tirar o caixão de lá!, a Polícia Militar
tentou intimidar a galera com ameaças e com um cerco
do
local por tropas do batalhão da Tropa de Choque,
inclusive com cães; mas nada demoveria aos
raulseixistas
e as seis da manhã coberto pela bandeira brasileira e
a
de fã-clubes o caixão foi levado ao caminhão do Corpo
de
Bombeiros que saiu com as sirenes ligadas e seguido
por
dezenas de milhares de fãs acompanhados de perto pelos
PMs até a subida da Av. 23 de Maio onde o caminhão
aproveitou o corredor livre e acelerou sem poder ser
alcançado pela passeata, no que se torrou a PRIMEIRA
PASSEATA/TRIBUTO A RAUL SEIXAS, nosso inesquecível
Maluco Beleza. Tudo isso está documentado em vídeos
no “RAUL ROCK CLUB – Oficial fâ-Clube”.

       Assim foi que todo ano desde então, no dia 21
de
agosto tem sido realizada em São Paulo as já
tradicionais PASSEATAS/TRIBUTOS com a participação de
milhares de rockers e populares em homenagem a Raul
sempre mantendo o mesmo itinerário, como uma
iniciativa
de vários fã-clubes, dentro do espírito da poesia e
música de Raul Rock Seixas. Para esse ano o lema é: “O
DIA EM QUE A TERRA PAROU”.

       É importante ressaltar que essa homenagem não é
algo isolado no tempo e/ou no espaço: insere-se numa
série de manifestações que se iniciam nas vésperas do
28
de junho, aniversário de Raul, com festas de
aniversário
em várias cidades. Fato que se repete no 21 de agosto
com manifestações no Piauí, Ceará, Pernambuco, Rio
Grande do Sul, além de São Paulo. Essas manifestações
prosseguem até o início da primavera com o também
tradicional TRIBUTO/HOMENAGEM A RAUL SEIXAS NA CONCHA
ACÚSTICA DE CAIEIRAS.

13º PASSEATA/TRIBUTO A RAUL ROCK SEIXAS
21 DE AGOSTO DE 2.002
O DIA EM QUE A TERRA PAROU
CONTRA TODAS AS MISÉRIAS E A FARSA ELEITORAL!
VIVA A SOCIEDADE ALTERNATIVA!!!


Programação:

- desde o início da manhã ponto de encontro na GALERIA
DO ROCK (Av. São João em frente ao Largo do
Paissandu),
com performáticos, covers e fã-clubers onde estarão
dando informações e entrevistas, tendo como ponto de
referência o “CONSULADO DO ROCK” no primeiro andar.

- 16:00 HS CONCENTRAÇÃO NAS ESCADARIAS DO TEATRO
MUNICIPAL
Com perfomances, música e poesia.

- 18:00 HS SAÍDA DA PASSEATA RAULSEIXISTA
Com carro de som com as músicas de Raulzito, saindo da
Praça Ramos de Azevedo e seguindo pelo Viaduto do Chá,
Praça do Patriarca, Largo do São Francisco até a Praça
da Sé.
Esse trajeto consagrado é tradicional para as
manifestações raulseixistas desde 1990.

- 20:00 HS TRIBUTO A RAUL SEIXAS NA PRAÇA DA SÉ
Com música ao vivo com a participação de músicos
populares, bandas de garagem e covers mantendo erguida
a
bandeira raulseixista anti-conformista e mostrando que
Raul Vive!! em nós: “...os homens passam, as músicas
ficam!..”

       O encerramento está previsto para as 22:00 hs
para que o pessoal possa se dirigir aos bairros, onde
dezenas de outros eventos ocorrerão.

CONTRA O VOTO OBRIGATÓRIO!
DIGA NÃO AOS DROGAS!
VOTE NULO OU NEM VÁ VOTAR!
VOTE NULO!
NÃO SUSTENTE PARASITAS!


*******
                                ********
            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)


A-Infos
News