A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) manifestação anarquista contra a guerra

From Centro de Cultura Libertária <ateneu2000@yahoo.com>
Date Wed, 31 Oct 2001 04:15:21 -0500 (EST)


   ______________________________________________________
      A - I N F O S  S e r v i ç o  de  N o t í c i a s
                  http://www.ainfos.ca/
     ________________________________________________

A concentração estava marcada para as 17h30m no Largo
do Chiado. Pouco 
a 
pouco, foram-se juntando algumas dezenas de pessoas.
Havia vários 
panfletos 
a serem distribuídos e pouco depois foram abertas
algumas faixas: uma 
com a 
bandeira dos EUA com cifrões em vez de estrelas, uma
da AIT-SP “Luta 
social 
contra s guerras do capital! Não à NATO!”, outra
do Círculo de 
Estudantes 
Anarquistas “Guerra à guerra: Insubmissão,
Greve, Deserção.” e mais uma 
simplesmente dizendo “Guerra não!”. A
presença de polícias à paisana 
era 
notória, se bem que nestas coisas muitas vezes o
pessoal deixa-se levar 
um 
pouco pela paranóia. Bófias fardados só alguns
elementos da polícia de 
trânsito (2 ou 3) que insistiam em querer saber para
onde ia a 
manifestação. 
As respostas eram sempre evasivas. À boa maneira
subversiva o percurso 
da 
manif foi improvisado no local após discussão entre @s
companheir@s e 
quando 
começámos a ter pessoal suficiente partimos em marcha.
Cerca de 150 
pessoas 
desceram a Rua Garret gritando não à guerra. Aí fomos
confrontados por 
alguns parasitas que queriam saber para onde íamos,
que isto não podia 
ser 
assim e que por acaso até estávamos a caminhar no
sentido inverso do 
trânsito. Após um breve impasse, predominou a garra
revolucionária e 
ignorámos os senhores de azul ao som de
“Repressão policial: terrorismo 
oficial!”. A partir daí caminhámos pela Rua do
Carmo ao som de “ A 
guerra é 
terrorismo”. Ouviram-se clássicos como
“Militares para o desemprego” 
seguidos de “...e polícias também!” entre
outros. Por essa altura as 
ruas da 
Baixa ainda estavam repletas de transeuntes, muitos
dos quais saudaram 
as 
nossas mensagens com palmas e grito de apoio. Ao
entrarmos no Rossio, a 
presença da bófia já se fazia sentir mais. Caminhámos
com cada vez 
mais 
garra até perto do Teatro D. Maria. Aí reflectimos
mais uma vez sobre o 
rumo 
a dar à manif, visto que uma carrinha da bófia passou
por nós para se 
posicionar mais à frente e que a zona dos
Restauradores é mais escusa e 
propícia à chegada de reforços e a carregamentos
policiais. Rapidamente 
mudámos o rumo da manif e voltámos por onde viemos,
atravessámos a 
estrada à 
maluca, o que nos valeu uns sermões paternalistas de
alguns bófias, e 
seguimos em direcção à Rua Augusta. Nisto, uma série
de bófias 
começaram a 
correr para defender as instalações do
McDonald’s mais à frente. Numa 
pausa 
para nos reagruparmos resolvemos que o melhor seria
mesmo começar a 
correr 
atrás deles. Aí foi a loucura total. Era ver a bófia
em pânico a correr 
para 
o MacDonald’s. O pessoal da esplanada a fugir
para dentro do Mac e a 
rua a 
esvaziar-se. Optámos por ignorar o MacDonald’s e
continuámos a correr 
até 
mais à frente. Os bófias ficaram tão estupefactos que
desde então 
nunca 
mais conseguiram apanhar a manif. De seguida, após
algumas risadas e 
gritos 
de “1,2,3, foram baldados outra vez”
entrámos da Rua do Ouro e fomos na 
direcção do Metro da Baixa/Chiado. No Metro, os gritos
de “Guerra não, 
nem 
Estado nem Religião” ecoaram estrondosamente
deixando os transeuntes 
estupefactos. Acabámos por sair pela saída do Largo do
Chiado 
regressando ao 
sítio de onde havíamos partido. A partir daí a manif
dispersou-se e 
cada um 
foi para seu lado.

A nosso ver e de muit@s companheir@s, esta foi a
melhor manif 
anarquista dos 
últimos anos. O facto de não ter sido comunicada ao
Governo Civil 
deu-nos 
muita mais liberdade de movimento e garra. Esta correu
muito bem, para 
a 
próxima teremos de continuar a utilizar a imaginação
para continuar a 
surpreender.
Saúde e anarquia companheir@s!


            ****** Serviço de Notícias A-Infos *****
         Notícias sobre e de interesse para anarquistas

                                ******
                 ASSINATURAS: lists@ainfos.ca
                 RESPONDER: a-infos-d@ainfos.ca
                 AJUDA: a-infos-org@ainfos.ca
                 WWW: http://www.ainfos.ca/org
                 INFO: http://www.ainfos.ca/org

Para receber a-infos numa língua apenas envie para lists@ainfos.ca
 a mensagem seguinte:
                    unsubscribe a-infos
                    subscribe a-infos-X
onde X=  pt, en, ca, de, fr, etc. (i.e. o código de idioma)



A-Infos
News