A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) (MST) JUSTIÇA É COMPLACENTE COM ASSASSINOS

From worker-ainfos@tao.ca
Date Wed, 1 Mar 2000 08:19:35 -0500


 ________________________________________________
      A - I N F O S  N E W S  S E R V I C E
            http://www.ainfos.ca/
 ________________________________________________

Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra - MST/PA

www.mstpa.org.br

JUSTIÇA É COMPLACENTE COM ASSASSINOS

A Juíza Helena Sarag, que atua na 17ª vara criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Pará, resolveu acatar recurso
reitegrando aos quadros da polícia militar os 10 policiais que haviam sido afastados dia 08.05.98, por participarem dos
assassinatos dos dirigentes do MST, Onalício Araújo Barros ("Fusquinha) e Valentim da Silva Serra ("Doutor"), ocorridos
em 26.03.98.

Os assasinatos ocorreram no ato de desocupação da fazenda Goiás II, no município de Parauapebas, ocupado por 300
famílias de sem terra, apesar da liminar de reitegração de posse estar recheada de dúvidas, os trabalhadores resolveram
sair pacificamente. A operação de despejo ocorreu após um churrasco em uma das fazendas do mandante do crime, Carlinhos,
vulgo "Carlinho da Casa Goiás" e contou com a participação de fazendeiros, pistoleiros e policiais que escondiam as
tarjas de identificação.

Ainda no recurso a juíza ordena que todos passem a atuar diretamente no 2º Batalhão em Belém - capital do Estado.

A atitude da juíza Helena soma-se ao vasto rosário de violência e impunidades em nosso Estado, tal como a absolvição dos
oficiais assassinos do massacre de 17 de abril, os assassinatos de João Batista, Paulo Fonteles e a autorização para o
capitão Almendra se ausentar do Pará, acredite senhores para fazer "um curso de aperfeiçoamento de oficial". Então o que
dizer da nossa "justiça"?, a não ser que a sociedade paraense se encontra abandonada a própria sorte, pois os
magistrados de nosso Estado que deveriam cuidar de nossos direitos são complacente e coniventes com a impunidade no
Para!.

O MST não dará tréguas enquanto os bandidos que mataram nossos companheiros não estiveram atraz das grades, faremos
atos, protestos, caminhadas, ocupações e realizaremos uma campanha para mostrar a sociedade nacional e internacional a
complacência da justiça com os senhores da terra destruidores de sonhos esperança.

Belém, 16 de Fevereiro de 2000

Direção Estadual do MST/Pa
http://conjuntos.fortunecity.es/social/6/so43.htm



                       ********
               The A-Infos News Service
      News about and of interest to anarchists
                       ********
               COMMANDS: lists@tao.ca
               REPLIES: a-infos-d@lists.tao.ca
               HELP: a-infos-org@lists.tao.ca
               WWW: http://www.ainfos.ca
               INFO: http://www.ainfos.ca/org

 To receive a-infos in one language only mail lists@tao.ca the message
                unsubscribe a-infos
                subscribe a-infos-X
 where X = en, ca, de, fr, etc. (i.e. the language code)


A-Infos
News