A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) Quem é e porque foi condenado Mumia Abu Jamal

From worker-ainfos@lists.tao.ca
Date Wed, 16 Feb 2000 19:51:37 -0500


 ________________________________________________
      A - I N F O S  N E W S  S E R V I C E
            http://www.ainfos.ca/
 ________________________________________________

Nota do Editor: Descobrimos finalmente um site com notícias em português sobre Mumia! Assim vamos publicando dia alguns
dos itens. Para os ler todos vá a http://www.geocities.com/CapitolHill/Embassy/6317/index.HTML


Aos 15 anos começa a militar no Partido dos Panteras Negras, secção de Filadélfia, sendo nomeado responsável pelas
questäes de imprensa. Depois trabalha como jornalista na rádio, tornando-se popularmente conhecido como "a voz dos que
não têm voz", denunciando a brutalidade policial e o racismo. Defende o MOVE, grupo de revolucion rio negros, alvo de
feroz perseguição policial. Em 1980, com 26 anos, é eleito presidente da Associação de Jornalistas Negros de Filadélfia.
Em 9 de Dezembro de 1981, quando trabalhava como taxista à noite (o vigor das suas denúncias fizera com que fosse
expulso das rádios), viu o seu irmão a ser espancado por um polícia. Sai em seu socorro armado de um revólver. É
encontrado mais tarde, prostrado no chão, gravemente ferido com uma bala no peito, disparada pelo polícia. Este
encontra--se morto, atingido por disparos de uma arma de calibre diferente da sua. É acusado de homicídio com base no
testemunho dos polícias que dizem terem-no ouvido confessar o assassínio enquanto o transportavam para o hospital. Sem
dinheiro para pagar a um advogado, é-lhe recusado o direito de ele próprio assegurar a sua defesa, impondo-lhe o
tribunal um advogado oficioso, conhecido pelo hábito de dormir durante os julgamentos. Depois‚ expulso da sala por se
recusar a colaborar com a farsa, não prestando qualquer depoimento até‚ ter um julgamento justo; as testemunhas de
acusação revelam, mais tarde, ter deposto instruídas pela polícia e sob chantagem; prova-se que são ocultadas provas
periciais que contrariam a versão da polícia; são ignorados os testemunhos que afirmam ter visto um outro homem armado a
fugir do local, etc.
E se dúvidas houvesse sobre o carácter persecutório e político do julgamento, a utilização pelo tribunal, como prova
incriminatória "justificativa da pena de morte", das mais de 800 páginas do processo do FBI sobre Mumia, é por demais
reveladora. Ficou-se a saber que o FBI perseguia Mumia desde os 14 anos, que tinha os seus telefones sob escuta, que
investigava os seus amigos, colhia informaçõess junto dos professores, etc. Chegou-se ao grotesco, com o acusador
p£blico a perguntar a Mumia se ele alguma vez dissera que "o poder está na ponta da espingarda". Ao que este respondeu:
"Essa‚ é uma citação de Mao Tsetung. Os EUA roubaram a terra aos indígenas, e não o fizeram com sermäes cristãos e
civilizados. Os EUA demonstraram que essa citação‚ é verdadeira".
A sentença de morte foi acolhida por Mumia com as seguintes palavras: "A verdade‚ é que para os negros, para os pobres,
os porto-riquenhos e os indios que sobreviveram ao genocídio, a justiça‚é uma mentira. Estou inocente das acusações por
que me julgaram. Pesem as confabulações de Sabo, McGill e Jackson para me negarem o direito de eu mesmo me defender, de
dispor do meu próprio assessor, de me pronunciar sobre os jurados, de interrogar as testemunhas e de fazer alegações no
início e no fim do julgamento, estou inocente. Estou inocente apesar do que vocês os 12 pensam! A verdade me libertará
!"



                       ********
               The A-Infos News Service
      News about and of interest to anarchists
                       ********
               COMMANDS: lists@tao.ca
               REPLIES: a-infos-d@lists.tao.ca
               HELP: a-infos-org@lists.tao.ca
               WWW: http://www.ainfos.ca
               INFO: http://www.ainfos.ca/org

 To receive a-infos in one language only mail lists@tao.ca the message
                unsubscribe a-infos
                subscribe a-infos-X
 where X = en, ca, de, fr, etc. (i.e. the language code)


A-Infos
News