A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) Não esquecemos do massacre de Acteal!

From Emilio Gennari <emiliogennari@osite.com.br>
Date Mon, 18 Dec 2000 07:52:24 -0500 (EST)


 ________________________________________________
      A - I N F O S  N E W S  S E R V I C E
            http://www.ainfos.ca/
 ________________________________________________

Olá,
no dia 22 de dezembro de 1997, integrantes do grupo paramilitar Mascara
Roja assassinavam com requinte de crueldade 45 refugiados que viviam na
comunidade de Acteal, Estado de Chiapas.
A três anos de distância dos acontecimentos, os culpados pelo massacre
continuam impunes. O governo do presidente Fox não dá sinais de querer a

sua punição e aposta no silêncio da sociedade civil para que o
esquecimento cumpra a sua função de apagar da história a
responsabilidade de um massacre preparado com a cumplicidade das
instituições do governo federal e estadual da época.
Atendendo ao apelo do comitê Avante Zapatistas, estou encaminhando um
modelo de carta  para que seja assinado e
enviado aos endereços abaixo indicados. É um gesto de solidariedade com
o qual pretendemos dizer ao novo governo que não esquecemos do sangue de

Acteal.
Para melhor resgatar os fatos daquele dia, anexo também um comunicado do

 divulgado no dia 26 de dezembro de 1997 .
Um abraço
Emilio

Endereços:

Presidente de la Republica
Vicente Fox Quesada
Palacio Nacional
06067
México  D. F.

Embaixada do México
S.E.S. Av. das Nações, Lote 18 Qd. 805
70412-900  Brasília - DF

Consulado Geral do México
Rua Holanda, 274
Jd. Europa
01446-030   São Paulo - SP
_____________________________________
Ao Presidente da República
Vicente Fox Quesada

Assunto: Não esquecemos do sangue de Acteal


Senhor Presidente,

Três anos depois do massacre de Acteal os culpados continuam impunes. Em

suas mãos está hoje a possibilidade de fazer justiça punindo os
paramilitares de Mascara Roja que cometeram este crime ou de se somar
aos que, com sua omissão, mancham suas mãos com o sangue indígena. A
escolha, agora, é sua.
A dor que guardamos no peito nos impede de ficarmos calados diante da
impunidade dos crimes cometidos pelos vários grupos paramilitares que
ainda agem livremente em terras chiapanecas. Por isso, ao lembrarmos de

María Pérez Oyalte (43 anos)          Graciela Gómez Hernández (3 anos)
Martha Capote Pérez (12 anos)              Marcela Capote Vázquez (15
anos)
Rosa Vázquez Luna (24 anos)                Miguel Pérez Jiménez (40
anos)
Marcela Capote Ruiz (29 anos)              Susana Jiménez Luna (17 anos)

Marcela Pucuj Luna (67 anos)               Rosa Pérez Pérez (33 anos)
Loida Ruiz Gómez (6 anos)                  Ignacio Pucuj Luna (62 anos)
Catalina Luna Pérez (21 anos)              María Luna Méndez (44 anos)
Manuela Pérez Moreno (50 anos)        Alonso Vázquez Gómez (46 anos)
Manuel Santiz Culebra (57 anos)            Lorenzo Gómez Pérez (46 anos)

Margarita Méndez Paciencia (23 anos)    María Capote Pérez (16 anos)
Marcela Luna Ruiz (35 anos)                Antonio Vázquez Luna (17
anos)
Micaela Vázquez Pérez (9 anos)             Antonia Vázquez Pérez (21
anos)
Josefa Vázquez Pérez (5 anos)              Marcela Vázquez Pérez (30
anos)
Daniel Gómez Pérez (24 anos)               Silvia Pérez Luna (6 anos)
Sebastián Gómez Pérez (9 anos)            Vicente Méndez Capote (5 anos)

Juana Pérez Pérez (33 anos)                Guadalupe Gómez Hernandez (2
anos)
María Gómez Ruiz (23 anos)                 Micaela Vázquez Luna (3 anos)

Victorio Vázquez Gómez (22 anos)          Juana Vázquez Luna (1 ano)
Verónica Vázquez Luna (22 anos)           Alejandro Pérez Luna (15 anos)

Paulina Hernandez Vázquez (22 anos)    Juana Luna Vázquez (45 anos)
Juana Pérez Luna (9 anos)                  Juana Gómez Pérez (51 anos)
Roselina Gómez Hernández (?)          Juan Carlos Luna Pérez (2 anos)
Lucía Méndez Capote (7 anos)

habitantes tzoltziles da comunidade de Acteal, assassinados no dia 22 de

dezembro de 1997, pedimos a condenação dos culpados por este crime, o
desarmamento e a dissolução de todos os grupos paramilitares.

 Atenciosamente.








                       ********
               The A-Infos News Service
      News about and of interest to anarchists
                       ********
               COMMANDS: lists@ainfos.ca
               REPLIES: a-infos-d@ainfos.ca
               HELP: a-infos-org@ainfos.ca
               WWW: http://www.ainfos.ca
               INFO: http://www.ainfos.ca/org

 To receive a-infos in one language only mail lists@ainfos.ca the message
                unsubscribe a-infos
                subscribe a-infos-X
 where X = en, ca, de, fr, etc. (i.e. the language code)



A-Infos
News