A - I n f o s
a multi-lingual news service by, for, and about anarchists **

News in all languages
Last 30 posts (Homepage) Last two weeks' posts

The last 100 posts, according to language
Castellano_ Català_ Deutsch_ English_ Français_ Italiano_ Português_ Russkyi_ Suomi_ Svenska_ Türkçe_ All_other_languages
{Info on A-Infos}

(pt) FASCISTAS EM AÇÃO

From ANA <m_reboucas@yahoo.com>
Date Fri, 21 Apr 2000 08:07:16 -0400


 ________________________________________________
      A - I N F O S  N E W S  S E R V I C E
            http://www.ainfos.ca/
 ________________________________________________

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS ANARQUISTAS- ANA

NACIONALISTAS FAZEM DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL FASCISTA
NA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SANTOS (UNISANTOS)

“POLÍTICA NEOLIBERAL IMPOSTA PELO FMI AUMENTA O ABISMO
ENTRE POBRES E RICOS”, “CARECAS DO BRASIL, FENÔMENO DA
INSURGÊNCIA JUVENIL CONTRA A PODRIDÃO DAS DROGAS E A
EXPLORAÇÃO SOCIAL”, “PRÉ-REVOLUÇÃO EM MARCHA”, “NOSSO
PATRIOTISMO”, “QUEM SÃO OS INIMIGOS DO NACIONALISMO”,
“SALVE NOSSO FUTURO, DENUNCIE UM TRAFICANTE”, “CASA DE
PLÍNIO SALGADO”, “SOLIDARIEDADE AO BRIGADEIRO WALTER
BRAUER”, “BRASILISMO É O NOME DO NACIONALISMO
BRASILEIRO”, “MST E A NOVA ORDEM DO IMPERIALISMO
DOURADO”.

Estes são alguns dos títulos impressos no tablóide
“Ação Nacionalista”, de oito páginas, distribuídos na
última sexta-feira, dia 14 de abril, no Campus da
Pompéia da UNISANTOS. Segundo um estudante do curso de
história, os elementos que estavam distribuindo o
jornaleco possuíam características de skins heads;
eram jovens, fortes, usavam botas e suspensórios.No
próprio jornal há propaganda de um CD do grupo careca
“Voluntários”, lançado pela OI! Brasil Records (100%
nacionalista).

Suspeita-se que esses elementos estejam por trás
dessa campanha. Aliás, há mais de um ano tem aparecido
na cidade de Santos cartazes de um tal “Centro de
Estudos Históricos e Políticos –CEHP”, divulgando
mensagens de cunho nacionalista e integralista.
Segundo algumas informações esse grupo é pequeno, mas
já possui uma sede para reuniões e recebe apoio de
grupos da capital.

O jornal é editado a cada dois meses, em São Paulo.
Endereço: Largo do Paisandu,72 – Conj. 1102 – CEP
01031-902 São Paulo-SP. Editor Rômulo Augusto Romero
Fontes –MT/DRT-SP N 16.644.

A publicação segue uma linha marcadamente
nacionalista,moralista e reacionária. Um dos textos
diz: “o nacionalismo pelo qual lutamos não é
incompatível com a democracia, ao contrario ele é
democrático e espiritualista e tem como ideário a
trilogia: Deus, Pátria e Família!”. Outros artigos
atacam o MST, EZLN e organizações indígenas afirmando
que quem controla esses grupos é a Casa de Windsor, da
Inglaterra.

Estudantes da faculdade de história já estão
planejando um ato público para esclarecer a comunidade
universitária do que realmente está por trás desse
discurso nacionalista.

########################################################################################################################
############################################

SKIN ACUSADO DE MATAR ADESTRADOR É ESPANCADO POR
PRESOS EM DISTRITO POLICIAL DE SÃO PAULO

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, edição do dia 08
de março, um dos 18 acusados pela morte do adestrador
de cães Edson Neris da Silva, foi espancado por outros
presos, na carceragem do 74 Distrito Policial.

O supervisor de segurança Vanderley Cardoso de Sá,
havia sido interrogado na última quinta-feira, no
processo que trata da morte de Silva, ocorrida no dia
6 de fevereiro, na Praça da República (centro de São
Paulo).

Ele está internado desde domingo no hospital de
Taipas, com hematomas pelo corpo, uma perfuração nos
pulmões e com suspeita de ter quebrado costelas.

Apenas ontem, um dos acusados da morte do adestrador,
Luis Felipe Marcondes Machado, comunicou o
espancamento de Sá, durante interrogatório de outros
cinco suspeitos no 1 Tribunal do Júri.

“Eles estavam grilados com o Vanderley. Quase o
mataram”, disse Machado, chorando, ao presidente do 1
Tribunal do Júri, José Ruy Borges Pereira.

No inquérito que trata da morte de Silva, Sá foi
reconhecido por uma testemunha como a pessoa que deu o
último chute na vítima.

O delegado titular do 74 DP, Marcel Truziano, disse
que o inquérito policial do caso já foi instaurado.
“Pode ter sido um problema de relacionamento interno
na cadeia”, afirmou Truziano.

A cela em que Sá estava tem capacidade para seis
presos, mas abriga cerca de 40, segundo Truziano. Além
de Machado, prestaram depoimento ontem Regina Saran,
Davi Alves dos Santos Júnior, Luciano Pereira Teixeira
Júnior e Adriano Sobral Rodrigues.

Todos negaram ser skinheads ou pertencer ao grupo
Carecas do ABC. Os cinco disseram que não participaram
da morte do adestrador, na praça da República.

P.S. - Para quem não sabe, em 05 de fevereiro deste
ano, um grupo de 18 Carecas do ABC assassinou a socos
e pontapés um homossexual na praça da República, em
São Paulo. A ação nazista repercutiu muito na
imprensa, por isso, talvez, os elementos foram presos
no mesmo dia e continuam reclusos esperando
julgamento.





                       ********
               The A-Infos News Service
      News about and of interest to anarchists
                       ********
               COMMANDS: lists@tao.ca
               REPLIES: a-infos-d@lists.tao.ca
               HELP: a-infos-org@lists.tao.ca
               WWW: http://www.ainfos.ca
               INFO: http://www.ainfos.ca/org

 To receive a-infos in one language only mail lists@tao.ca the message
                unsubscribe a-infos
                subscribe a-infos-X
 where X = en, ca, de, fr, etc. (i.e. the language code)


A-Infos
News